Oceanografia - informações sobre mercado de trabalho e descrição da profissão Oceanografia

Oceanografia

Como o Oceanógrafo passa mais tempo no mar do que na terra, ele é considerado um peixe fora d'água. Durante a faculdade, ele passa 180 horas debaixo d'água.

O Oceanógrafo estuda e investiga todos os sistemas e processos marinhos, buscando entender e fazer previsões sobre o comportamento do mar, de seus habitantes e sua interação com o meio ambiente. Atua na preservação da flora, da fauna e desenvolve novas técnicas para melhor aproveitamento dos recursos naturais e minerais. Planeja e organiza o cultivo de peixes e crustáceos, identifica e avalia recursos pesqueiros. Analisa a composição da água dos mares e oceanos, suas variações ao longo do tempo e nas diferentes profundidades, a interação entre as matérias orgânicas, os nutrientes nelas existentes e as substâncias introduzidas pelo homem. Coleta dados em rios, lagunas e estuários para análise em Laboratórios, Institutos de Pesquisa e Universidades. Raciocínio verbal, abstrato e espacial, atenção concentrada, exatidão, memória, iniciativa, organização, meticulosidade, gosto pelo mar e por tudo que há nele são requisitos da profissão.

Especializações: Oceanografia Biológica, Oceanografia Física, Oceanografia Química, Oceanografia Geológica.

Campos de atuação: Consultoria, Pesquisa, Gerenciamento Ambiental

Veja o texto de outras profissões

Faça agora o teste vocacional online e gratuito!

PARTICIPE DO SIMULADÃO ONLINE E PREPARE-SE PARA O VESTIBULAR

Receba dicas desta profissão no seu email

RECOMENDAMOS

Anhembi Morumbi FMU Universidade São Francisco Redentor ISPED FECAP Univaço ITPAC Católica-TO
FAQUI FAJOP uniptan FIPECAFI Drummond Drummond Católica-TO EPD IESVAP

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | PLANO DE HORÁRIO DE ESTUDOS - PHE | DATAS DO ENEM 2017
->

DESAFIO DO DIA - SIMULADO ONLINE DIÁRIO

(FAAP) Tomando por base a ideia de que a poluição ambiental é o resultado de obras e ações humanas que não levam em conta a necessidade de preservação do meio ambiente, assinale a alternativa que estabelece uma relação correta entre fenômenos naturais, ação humana e poluição ambiental.

A atividade industrial tem pequena contribuição na degradação ambiental por aproveitar ao máximo as matérias primas e os resíduos da queima do combustível fóssil.
As correntes de ar polar, por não se incluírem entre as atividades humanas, não podem ser consideradas exemplos de poluição ambiental.
O efeito estufa, a redução da calota polar e os buracos na camada de ozônio são fenômenos que normalmente não são levados emconsideração como consequências da atividade humana.
Materiais não reciclados pela ação humana acabam por se reintegrar ao meio ambiente e, em maiores ou menores prazos, acabam por se tornar matéria prima novamente.
O suprimento das necessidades materiais da parcela da população carente do planeta, pelo padrão atual da reciclagem de materiais, não traria maiores impactos ao meio ambiente.