Meteorologia - informações sobre mercado de trabalho e descrição da profissão Meteorologia

Meteorologia

A meteorologia compreende o estudo da atmosfera e a sua conexão com a biosfera, litosfera, criosfera, e hidrosfera.

Trata-se de uma área em rápida expansão no Brasil e deverá ocupar lugar de destaque nas grandes questões globais e de mudanças climáticas.

A capacidade de prever os fenômenos meteorológicos severos, tais como chuvas intensas, e períodos de secas e de temperaturas extremas, determinam o sucesso ou o fracasso de muitas das ações do homem. A própria ação do homem sobre o ambiente tem constituído um tema de discussão na comunidade internacional, seja em função da injeção de compostos (como os CFCs) capazes de alterar as concentrações de ozônio em altas latitudes, seja pelo gradual acréscimo da concentração de gases "de efeito estufa" (dióxido de carbono, metano) capazes de alterar as condições de temperaturas reinantes na biosfera. Para facilitar a investigação dos fenômenos atmosféricos, estes são classificados em disciplinas.

Embora essa seja uma atividade profissional importante, a meteorologia tem se desenvolvido a partir da pesquisa experimental e teórica. O bacharelado em Meteorologia da USP foi cuidadosamente desenvolvido para capacitar os futuros meteorologistas para o trabalho operacional e de pesquisa. Disciplinas de Física, Matemática e Computação são ministrados nos primeiros anos do curso de graduação, além das disciplinas introdutórias de Meteorologia. Após esse período, os alunos cruzam disciplinas específicas de Meteorologia, tais como: Meteorologia Física - termodinâmica da atmosfera, radiação solar e terrestre e nuvens; Meteorologia Dinâmica - ondulatórios e energética da atmosfera; Climatologia -clima, variação climática e dinâmica climática; MicroMeteorologia - dinâmica e termodinâmica da camada da superfície terrestre; Hidrometeorologia - estudo da água na atmosfera e na superfície terrestre; Meteorologia Sinótica, -previsão do tempo. Há também uma série de outras disciplinas que os alunos devem, e podem cursar oferecidos em vários departamentos de outras Unidades da USP. Os aluno podem também se envolver com projetos de iniciação científica, obtendo bolsas de estudos, cedidas por órgãos de fomentos estaduais (FAPESP) e federais (CNPq) sob orientação de um docente.

Atualmente há uma grande demanda por meteorologistas e empresas privadas e instituições governamentais e mistas. Algumas dessas são: INMET, INPE, EMBRAPA, INFRAERO, SIVAM, SIMEPAR, SIMERJ, SIMEGO, DAEE, USP, UNESP, UNICAMP, UFPEL, UFRJ, UFPB, UFBP entre outras entidades particulares nacionais e internacionais.

(Fonte: "A Universidade e as Profissões", catálogo da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo)

Veja o texto de outras profissões

Faça agora o teste vocacional online e gratuito!

PARTICIPE DO SIMULADÃO ONLINE E PREPARE-SE PARA O VESTIBULAR

Receba dicas desta profissão no seu email

RECOMENDAMOS

Anhembi Morumbi FMU Universidade São Francisco Redentor ISPED FECAP Univaço ITPAC Católica-TO
FAQUI FAJOP uniptan FIPECAFI Drummond Drummond Católica-TO EPD IESVAP

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | PLANO DE HORÁRIO DE ESTUDOS - PHE | DATAS DO ENEM 2017
->

DESAFIO DO DIA - SIMULADO ONLINE DIÁRIO

(ENEM 2013) Para a identificação de um rapaz vítima de acidente, fragmentos de tecidos foram retirados e submetidos à extração de DNA nuclear, para comparação com o DNA disponível dos possíveis familiares (pai, avô materno, avó materna, filho e filha). Como o teste com o DNA nuclear não foi conclusivo, os peritos optaram por usar também DNA mitocondrial, para dirimir dúvidas.
Para identificar o corpo, os peritos devem verificar se há homologia entre o DNA mitocondrial do rapaz e o DNA mitocondrial do(a)

pai.
filho.
filha.
avó materna.
avô materno.