Férias: como anda sua leitura de obras literárias obrigatórias?

As férias finalmente chegaram. Você já conseguiu ler todas as obras literárias dos Vestibulares que precisava?

Publicado em 17/07/13

por Marina Ogawa

As férias chegaram e as listas de leituras obrigatórias para os Vestibular de Verão já foram divulgadas. A pergunta é: você já leu todas as obras literárias que precisava para prestar vestibular?

Em uma enquete que o sejabixo! realizou, ficou constatado que mais de 60% das pessoas não leem as obras obrigatórias para as provas. Ou seja, 6 em cada 10 candidatos! Isso em um vestibular é um número muito grande.

Pense assim: a cada livro que você ler e seu "concorrente" deixar na estante, são posições a mais que você tem a frente dele, tanto nas questões de português e literatura quanto na redação, já que toda leitura é bem vinda para que uma redação seja bem escrita.

É claro que não é só por que as férias chegaram que você, que não leu tudo, vai conseguir ler todos os livros em um mês, mas que tal começar agora? Você pode não conseguir acabar com a sua lista de livros inteira, mas já estará mais acostumado com a leitura e adiantará os estudos quando o segundo semestre começar.

Alguns vestibulares costumam investir em obras literárias clássicas para suas provas como "Os Sertões", "Dom Casmurro", "O cortiço", "Iracema" entre outros, ou seja, se você não leu, é uma boa hora para começar, principalmente se eles fizerem parte da sua lista de livros.

Saiba que na prova, as universidades exigem conhecimentos sobre o livro que muitas vezes encaixam-se em questões de português ou até mesmo relacionadas aos personagens e enredo, por exemplo.

O nome "leitura obrigatória" assusta, mas de acordo com o coordenador do Vestibular da Faculdade Cásper Líbero, Antônio Roberto Chiachiri Filho, "entende-se que o aluno não tenha que lê-las por obrigação". O que interessa de acordo com o coordenador é a compreensão do texto e que a leitura seja algo agradável: "uma leitura tranquila, em que o candidato fique satisfeito com aquilo que está lendo", completa.

Um aviso que vem desde a época escolar até a época de vestibulares é a de não ler resumos.

Mesmo com muitos livros para ler e com a tentação de recorrer a grande oferta de resumos, é preciso se manter focado. "Não leiam os resumos dos livros, leiam os livros na íntegra", diz Antônio. A lista de obras literárias obrigatórias costuma ser divulgada meses antes do Vestibular, para que o aluno tenha tempo suficiente de ler todas as obras solicitadas. "Resumos de internet, orelhas de livros não vão adiantar. Não é uma questão de decorar e sim de entender a obra", completa.

Confira abaixo algumas dicas de como usar o tempo das férias a seu favor e se dar bem no vestibular:

- Resumos
Mesmo com a grande quantidade de livros para ler e a oferta, quase que irresistível, de resumos, os professores pedem que você não os leia. Seja forte! Leia os livros na íntegra!

- Decoreba
Resumos retirados da internet e orelhas de livro não vão te ajudar na hora de fazer a prova. Não adianta decorar o livro, mas entender o conjunto da obra.

- Comece agora
Sabe aquele livro que você comprou e que ainda está fechadinho na sua estante? Abra-o, tire o pó e comece a ler nas férias. Um livro por vez e você consegue dar conta.

- Faça anotações
Ao terminar de ler um livro ou até mesmo enquanto o le, faça anotações de coisas que julgar importantes, que vão desde a descrição das personagens até o clímax da história. Essas anotações podem te ajudar mais tarde quando você precisar "rever" a obra por já te-la lido há muito tempo.

Confira abaixo o vídeo com Antônio Roberto Chiachiri Filho (coordenador do Vestibular Cásper Líbero) sobre o que as instituições de ensino esperam ao divulgar listas de leituras obrigatórias para seus Vestibulares:

Veja outras dicas de prepação

Treine com simulados online

Calendário dos Vestibulares

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | SIMULADOS DO ENEM | GUIA DE FACULDADES

RECOMENDAMOS

UNIP Universidade São Francisco FIPECAFI Inatel .. EPD.. FACTO.. Unigranrio ..