Anotei na aula e esqueci. E agora?

Confira dicas de como otimizar as anotações que você faz durante a aula e lembrar o que elas significam depois de um tempo

Publicado em 09/10/13

Por Marina Ogawa

Você vai para a aula (escola ou cursinho) durante a semana e anota as palavras-chave daquilo que é dito durante ela. Semanas depois você pega essas mesmas anotações para reler os pontos mais importantes e vem o "problema": você se esqueceu o que aquela palavrinha tem a ver com o contexto. Você já esteve nessa situação?

É bastante comum na hora da pressa anotarmos apenas uma palavra ou outra ao invés de uma frase completa. Na hora em que você escreve a palavra parece fazer total sentido, mas depois de um tempo ela passa a ser apenas uma palavra dentre tantas outras ali, jogadas em um pedaço de papel envoltas de setinhas ou grifadas diversas vezes, o que só te ajuda a lembrar que aquilo era importante, senão você não teria anotado e destacado de alguma forma.

Para te ajudar a lembrar o que aquelas palavras "soltas" são, confira algumas dicas para os momentos antes, durante e depois de uma aula e das diversas anotações que você vai acabar fazendo:

Antes da aula:

- Tenha em mente o que você vai abordado ou qual será a matéria do dia. Isso ajuda na organização das anotações em tópicos.

Durante a aula:

- Como você já pensou previamente no que poderia ser debatido ou apresentado, as anotações já podem começar a ser divididas em tópicos. Por exemplo, se na aula será falado sobre a ditadura, regime comunista e nazismo, já saiba que para cada um desses tópicos terão palavras-chave.

- Ao escrever as palavras-chave lembre-se que você vai precisar delas mais tarde, por isso, evite abreviar uma palavra simples para uma ou duas letras. Por exemplo, se você for anotar "Regime ditatorial no Brasil", não escreva apenas "R.D. BRA". Aposto que se você escrever isso, será muito difícil lembrar depois o que aquilo realmente significa.

- Lembre-se que algumas coisas devem ser anotadas "por inteiro", mesmo que demorem um pouco mais do que abreviar.

- Destaque com sublinhado o que foi o mais importante na aula, aquilo que pode cair na prova ou que é de suma importância no tema debatido.

- Se você preferir abreviar palavras, o conselho é criar padrões. Se para você, escrever "regime ditatorial no Brasil" é muito demorado, você pode adaptá-lo para você, mas lembre de manter esse padrão para as próximas aulas, já que decorar e criar padrões de abreviação a cada aula é algo fora de questão.

Após a aula:

- Aproveite que os assuntos estão "frescos na memória" e repasse as anotações para um computador ou para seu tablet, ou até mesmo para uma nova folha de papel. Dessa vez, se preferir, pode passar as informações completas e não apenas as palavras-chave. Isso te ajudará caso você precise dessas anotações depois de uns dias ou até meses.

Veja outras dicas de prepação

Treine com simulados online

Calendário dos Vestibulares

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | SIMULADOS DO ENEM | GUIA DE FACULDADES

RECOMENDAMOS

UNIP Universidade São Francisco FIPECAFI Inatel .. EPD.. FACTO.. Unigranrio ..