UnB deixará de adotar o SiSU como ferramenta de seleção

UnB deixará de adotar o SiSU como ferramenta de seleção

SiSUnB também não será mais utilizado, a partir dos próximos editais.

Publicado em 05/07/19

A Universidade de Brasília não vai mais adotar o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) como ferramenta para a seleção de estudantes de graduação. A mudança foi aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) em reunião no dia 27 de junho.

Outra mudança, também aprovada pelo Cepe, afetará a etapa que atualmente permite a alteração das pré-opções de curso, turno e campus via Sistema Informatizado de Seleção para os cursos de graduação da UnB (SISUnB), no Programa de Avaliação Seriada (PAS) e no vestibular.

Com a mudança, candidatos a vagas em cursos da UnB continuarão utilizando a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mas, em vez de aplicá-la na plataforma do Ministério da Educação (MEC), deverão se inscrever em edital próprio da UnB e indicar o Enem como critério classificatório. A nova seleção manterá o mesmo quantitativo de vagas que eram destinadas ao SiSU e valerá para ingresso no primeiro semestre letivo de 2020. A publicação do edital ainda não tem data prevista.

O decano de Ensino de Graduação, Sérgio de Freitas, explica que havia incompatibilidade entre o calendário acadêmico da Universidade e o que era estabelecido pelo MEC, responsável pelo SiSU. "Muitas vezes, o registro precisava ser realizado em um prazo curtíssimo, sobrecarregando as áreas técnicas e entrando em conflito com outros dos nossos processos seletivos", comenta.

Outro problema era o não preenchimento de todas as vagas oferecidas pelo SiSU, sendo necessárias várias chamadas - algo que prejudicava o início do semestre letivo. Além disso, a evasão entre os estudantes que ingressam via SiSU é maior. Após o primeiro ano na Universidade, a permanência de calouros do PAS e do vestibular é de mais de 90%. No caso do SiSU, esse índice é até 20% mais baixo.

SISUnB - Inspirada no sistema nacional, a UnB criou, em 2016, o SISUnB, que permite ao candidato do PAS e do vestibular alterar a pré-opção de curso, turno e campus ao ter acesso à nota individual, antes do resultado final da seleção. A retirada dessa etapa também valerá para o ingresso no primeiro semestre letivo de 2020.

"O uso desse sistema acabava por gerar uma grande incerteza entre os candidatos, que, muitas vezes, faziam a mudança da opção de curso de forma impulsiva e sem considerar sua verdadeira orientação vocacional", observa o decano Sérgio de Freitas.

Ele destaca que a alteração foi discutida e aprovada por unanimidade na Câmara de Ensino de Graduação (CEG) antes de ser levada ao Cepe. No colegiado superior, foi aprovada com apenas duas abstenções. "A mudança procura simplificar os processos seletivos da UnB, trazendo mais segurança à escolha inicial do curso pelos candidatos.", afirma.

OPORTUNIDADES:

Quer uma bolsa de estudo? Clique aqui e saiba como conseguir uma no Quero Bolsa






RECOMENDAMOS

Vestibular UNIP .. Vestibular Direito EPD - Você entre os melhores

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | SIMULADOS DO ENEM | GUIA DE FACULDADES | BOLSA DE ESTUDOS