Siga-nos!

Dicas de Preparação

O dia “D”

Como proceder no dia do vestibular para que nada saia errado

Publicado

em

Como proceder no dia do vestibular para que nada saia errado

14/07/2006

Depois de ter lido dicas sobre como estudar, fazer uma boa redação, manter a calma, aproveitar feriados e outras tantas que o sejabixo! disponibilizou para você, é hora de saber como agir no dia em que acontecem os vestibulares. Imagine como seria frustrante ter se dedicado o ano inteiro para a prova e, ao chegar o dia marcado para o exame, você simplesmente se atrapalhar com horários e outros fatores importantes e alguma coisa sair errada? É, ninguém quer que isso aconteça. Confira algumas dicas para não correr riscos!

Saindo da cama

Não levante muito tarde. Como você deve ter deitado cedo no dia anterior, é provável que você esteja disposto para acordar antes das 10 horas. Passar muitas horas na cama pode deixá-lo com mais preguiça e fazer parecer que você não dormiu nada a noite inteira.

Tome um banho para despertar de vez e parta para um café da manhã reforçado. Mas não coma nada muito pesado, como alimentos ricos em gordura, pois a digestão demora mais tempo para ser realizada e acaba causando sonolência.

De olho nos horários

É incrível como o tempo, em dias como esses, parece passar voando e por isso é preciso ficar sempre de olho no relógio. Programe-se para conseguir fazer tudo o que precisa em casa e ainda sair com antecedência para não correr o risco de chegar atrasado ao local de prova.

No manual do candidato as universidades divulgam os horários de abertura dos portões, do início da prova e a tolerância de atraso. A verdade é que a maioria delas não possui essa tolerância para atrasos e aí, qualquer minutinho poder ser decisivo para te tirar da concorrência.

Para chegar ao local da prova

Quem se inscreveu direitinho no processo seletivo da universidade recebeu pelo correio, ou pôde conferir pela internet, o lugar em que faria o vestibular. Não adianta ir conferir esse documento com uma hora de antecedência da prova e descobrir que o seu local é em uma cidade a duas horas de distância da sua. Era preciso ter feito isso antes.

No dia do vestibular você já deve estar preparado, com o endereço em mãos. Mesmo que a sua casa seja pertinho do local do exame, não se esqueça que você pode contar com fatores como trânsito e problemas no carro para atrapalhar. O correto, por precaução, é sair de casa com bastante antecedência.

Não esqueça os documentos

Chegar na sua sala de prova com as mãos abanando não vai adiantar nada. É preciso que você se identifique para que o fiscal tenha certeza de que fez a inscrição e está autorizado a participar do processo seletivo.

Para não passar por esse embaraço, separe alguns documentos como ficha de inscrição, carteira de identidade e CPF – há ainda algumas universidades que pedem ao candidato que leve fotos 3×4 no dia do exame. Guarde-os na mochila e só tire-os de lá quando o fiscal pedir.

Material necessário

Para prestar um vestibular o candidato não precisa de muito material. O máximo é, na verdade, o básico: lápis, borracha, apontador e caneta azul ou preta. Evite levar estojos enormes, lotados de canetas coloridas e outras coisas que não terão utilidade nenhuma.

Caso o processo seletivo que você irá prestar necessite de algum material extra, o manual do candidato indicará.

Lanchinho e roupas

Os vestibulares costumam ser demorados e passar 5 horas de prova, mais ou menos, incomodado com o que está vestindo pode atrapalhar seu desempenho. Vista roupas confortáveis, adequadas para o clima do dia.

Os lanchinhos rápidos também são outra ferramenta importantíssima. Prepare alguma coisa saudável em casa para comer durante a prova, como um sanduíche natural ou uma barrinha de cereais. E não se esqueça da água! Ficar muito tempo sem se alimentar pode até causar desmaios, o que não seria nada agradável nessas horas de vestibular, não é?

Depois desses toques, basta se organizar para que tudo saia da melhor maneira possível.

Destaque

5 dicas para se preparar para os vestibulares de inverno

Publicado

em

por

5 dicas para se preparar para os vestibulares de inverno

A necessidade de estudar e revisar tudo o que foi aprendido em cada disciplina é cada vez maior como forma de se preparar para os próximos vestibulares de inverno. Os estudantes precisam estar bastante focados e bem preparados para encarar a maratona de provas e, dessa forma, ingressar no tão sonhado ensino superior. Por outro lado, nem todos os alunos têm a oportunidade de frequentar um cursinho presencial, por conta de diversos fatores. O principal deles é o alto custo das mensalidades, horários das aulas, trajeto até o local, além de outras despesas.

Uma alternativa para contornar essas dificuldades são os cursos online disponíveis por meio de grandes plataformas digitais na internet, que oferecem uma educação de qualidade e bem acessível. Por meio da tecnologia, os “professores influenciadores” mais conhecidos pelo público estão reunidos em um único espaço virtual. Isso possibilita o aprendizado de uma forma fácil e prática, sem que o aluno precise sair de casa, com horários mais flexíveis, além de terem uma linguagem simples e bastante didática.

Para o professor e influenciador Michel Arthaud, da Plataforma Professor Ferretto, os preparativos feitos de forma online para os vestibulares têm vários benefícios. “As aulas online trazem diversas vantagens porque o estudante consegue fazer o próprio cronograma de estudos sem sair de casa tornando-se protagonista do seu ensino. Esse aluno conta com diversos materiais, vasto conteúdo e um grupo de professores altamente qualificados para atender a todas as matérias”, diz.

Muito ativo nas redes sociais, o professor Michel também tem o canal do Youtube Café com Química, que mantém mais de 110 mil inscritos e seguidores. Desde 2020 ele uniu forças com outros importantes docentes/influenciadores que também fazem parte do time de professores da Plataforma Professor Ferretto. Essa união ocorreu para oferecer cursos completos em um único universo virtual. Tudo isso, com qualidade e oferecendo um custo/benefício bem acessível aos estudantes com um orçamento mais apertado.

Abaixo, o professor destaca cinco dicas essenciais para que os alunos estudem online para as provas do vestibular de inverno, que acontecem no meio do ano e, sobretudo, para o ENEM que deve ser realizado em novembro:

Organize-se e crie uma rotina de estudos

Para estudar online, é fundamental que o estudante seja organizado e tenha disciplina. Para isso, é preciso que ele crie uma rotina de estudos e consiga equilibrá-la com outros compromissos e atividades, como o lazer, que também é essencial no dia a dia.

“Trace um cronograma, faça planos, definindo as tarefas de maneira específica, com data e horas de estudo marcadas para cumpri-las, e siga esse plano à risca. Eu acredito muito que, quando colocamos um prazo certo para determinada atividade, nossa produtividade aumenta”, explica o professor Michel.

Analise as condições do ambiente de estudo

O ambiente é um fator muito importante na hora de estudar. Tudo ao redor impacta na concentração do aluno e, consequentemente, no rendimento. No caso do estudo online, além de ser necessário ter acesso à internet, é preciso que o local seja tranquilo, tenha uma estrutura adequada e com boa iluminação.

“Quem estuda em casa, deve procurar um lugar reservado e combinar com seus familiares ou outras pessoas que frequentem o mesmo ambiente, para que evitem interrupções durante o horário de estudo. Além disso, nada de estudar com a TV ligada, música ao fundo, celular com o som alto e com mensagens apitando a todo instante, ou qualquer outro fator que irá tirar a sua concentração”, alerta.

Tenha foco e saiba o que cairá nas provas

Para uma rotina de estudos dar certo, além de um bom cronograma, é necessário ter muito foco e concentrar-se especificamente naquilo em que estiver revisando.

“Anote tudo, esteja com todos os materiais necessários, faça resumos e exercícios práticos enquanto estuda, se empenhe e, se for preciso, grave a matéria no celular. Além disso, deixe outras preocupações, planos e pensamentos para outro momento. Pense como toda a atenção e esforço dedicado ao aprendizado compensará futuramente”, aconselha.

Além disso, os editais dos vestibulares são um bom recurso para saber o que vai cair na prova. “Minha dica é: leia sempre o edital de um vestibular. Lá você saberá, literalmente, tudo o que vai cair na prova e, assim, poderá se preparar para o exame, estudando de maneira assertiva e efetiva”, comenta o professor.

Acompanhe seu rendimento

Quando se estuda online, ainda que o aluno passe horas e horas em frente ao computador, de nada adianta se ele não acompanhar o seu rendimento e verificar se, de fato, aprendeu ou não o que está estudando.

“Você precisa progredir enquanto estuda. Do contrário, estará perdendo tempo. Reveja o conteúdo, refaça os exercícios se for necessário, leia muito e pesquise sobre o assunto, aplicando também na prática o que aprendeu na teoria . E procure verificar sempre sua evolução”, ensina o professor Ferretto.

Planeje uma recompensa

Além de todas as dicas anteriores, o professor Michel ainda dá mais uma ideia, válida como um “bônus” para o estudante: Segundo ele, recompensar a si mesmo por cada objetivo atingido nos estudos pode ser um poderoso motivador.

“Recompensas simples, terminar os estudos 15 minutos antes ou mesmo uma checada rápida nas redes sociais – ou seja, fatores que costumam atrapalhar os estudos – podem se tornar uma motivação para que você siga em frente”, finaliza.

Continue lendo

Destaque

Dicas de preparação para o ENEM 2022

Milhares de estudantes começaram a se preparar para a prova que é considerada o principal vestibular do país

Publicado

em

por

Dicas de preparação para o ENEM 2022

As inscrições para a edição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2022 estarão abertas entre os dias 10 e 21 de maio. Sendo assim, milhares de estudantes começam a se preparar para a prova que é considerada o principal vestibular do país. Pensando nisso, Jean Karlo, coordenador de cursos preparatórios da REfuturiza EDU, plataforma de educação para as classes C e D, dá dicas sobre como se preparar para a prova.

Dicas de preparação para o ENEM 2022

“Elaborar um plano de estudos é fundamental para a organização e otimização do tempo. Afinal, dentro desse formato, o estudante conseguirá planejar a sua sequência de estudos, considerando a sua própria rotina”, explica o professor.

Hoje o ENEM é uma das principais portas de entrada às universidades. Isso porque a pontuação obtida no exame dá acesso a programas como o Sisu, para faculdades públicas, e o Prouni, para bolsas de até 100% em faculdades privadas. “Estar atento a essas oportunidades é uma forma de buscar crescimento e ascensão social. Atualmente, existem diversos recursos de aprendizado que podem auxiliar os estudantes, como as videoaulas, podcasts, simulados e exercícios”, comenta.

Para o coordenador de preparatórios e professor da Refuturiza EDU, outras formas que podem contribuir para essa preparação são acompanhar os noticiários e compreender os temas que estão em alta em nível nacional e mundial, fazer exercícios com provas anteriores e criar uma rotina diária de estudos.

“Os participantes precisam estar bem preparados e informados, afinal, em muitos casos a própria mídia tem pautado debates importantes sobre temas sociais”, finaliza.

Continue lendo

Destaque

5 dicas para que você seja ultra-produtivo em 2022

Jennifer de Paula preparou uma lista com 5 conselhos para que 2022 seja um ano especialmente produtivo. Confira!

Publicado

em

por

5 dicas para um 2022 ultra-produtivo

A chegada de um novo ano renova esperanças para sonhos e metas. Porém, sem um planejamento e mudanças de hábitos específicos, a tendência é que o novo ciclo repita o anterior e os sonhos continuem sendo apenas isto: sonhos. Por isso, Jennifer de Paula, que é diretora de marketing e gestão da MF Press Global, preparou uma lista com 5 conselhos para que 2022 seja um ano especialmente produtivo.

5 dicas para um 2022 ultra-produtivo

1 – Aprenda a dizer NÃO – “É a melhor forma de não sair do foco. Isso vale para pedidos externos e dizer não para si mesmo. Evite frases como ‘vou ver se posso’ e seja direto quando o assunto for se negar a fazer algo que não faz parte ou atrapalhe seu objetivo no momento”, pontua a especialista.

2 – Organize suas metas – Para Jennifer é essencial ter os objetivos sempre à mão e dar o ‘start’ diário de forma organizada por ordem de prioridade. “Olhe seu plano diário no início, meio e final do dia. Assim saberá se concluiu tudo ou se o final da lista se tornará a prioridade do dia seguinte”, explica.

3 – Pare de verificar seu email e whatsapp – A especialista defende que se organizar também quer dizer estipular a quantidade de vezes que você dá aquela checada na caixa de entrada ou no grupo do whatsapp. “Tente definir horários para verificar as mensagens, como uma vez a cada 3 horas dependendo de sua demanda”, aconselha.

4 – Cuidado com o termo “multitarefas” – “Ter várias tarefas diárias e concluir todas com sucesso não quer dizer que tenha que fazer tudo ao mesmo tempo. Isso diminui sua produtividade, pois está pulando de tarefa em tarefa sem se concentrar em nenhuma”.

5 – Fique atento aos sinais de cansaço mental – Fazer pausas saudáveis para recuperar as energias como uma caminhada pelo escritório ou um breve alongamento pode ser fundamental para preservar a saúde mental. “Não se cobre tanto quando a necessidade do descanso chegar. Forçar a barra trará grandes chances de não ser bem-sucedido na tarefa. Descanse e seja recompensado ao se tornar ainda mais produtivo”, detalha Jennifer de Paula.

Continue lendo