Siga-nos!

Profissões

Engenharia Elétrica

Projetar, desenvolver e conservar sistemas elétricos e eletrônicos, de que tanto dependemos, constituem os objetivos da Engenharia Elétrica.

Publicado

em

A eletricidade está tão presente em nosso mundo que já não acreditamos na possibilidade de viver sem ela. Projetar, desenvolver e conservar sistemas elétricos e eletrônicos, de que tanto dependemos, constituem os objetivos da Engenharia Elétrica.

Engenharia Elétrica

Sobre a profissão

O Engenheiro Eletricista é o profissional que supervisiona, coordena e dá orientação técnica a estudos, projetos e especificações nos campos da eletrotécnica (potência e energia) e da eletrônica.

O Engenheiro Eletrônico lida com atividades em computação, microeletrônica, circuitos integrados, comunicações e telecomunicações, automação, medição e controle elétrico e eletrônico. Ele estuda as condições de funcionamento de instalações de rádio, televisão, radar, constrói e instala equipamentos na área de informática. O Engenheiro Eletrotécnico elabora e dirige projetos para a geração, transmissão, distribuição e utilização da energia elétrica; desenvolve e monta equipamentos como transformadores e motores elétricos; define técnicas e recursos necessários à construção, instalação, funcionamento, manutenção e reparo de aparelhos, equipamentos, usinas e instalações elétricas, desenvolvimento de equipamentos, materiais, máquinas e sistemas de medição, de acionamento e de controle elétricos. Raciocínio abstrato, capacidade de lidar com números, criatividade, meticulosidade, exatidão e boa coordenação motora são requisitos da profissão.

Campos de atuação

Empresas de fornecimento de Energia, Construtoras de Usinas e Redes, Indústrias de Material Elétrico e Eletrônico, Automobilística, Aeronáutica e Naval.

Especializações

Eletrônica e Eletrotécnica.

Bolsa de Estudos

Quer estudar com bolsa? No Amigo Edu você tem até 80% em todo o Brasil. Clique aqui e faça uma busca.

Indicações

Profissões

Medicina

A mais concorrida carreira da área de Biológicas, a Medicina é a mais nobre das profissões: a arte de prevenir e curar doenças.

Publicado

em

por

A mais concorrida carreira da área de Biológicas, a Medicina é a mais nobre das profissões: a arte de prevenir e curar doenças.

Medicina

Sobre a profissão

O estudo das causas das enfermidades, a pesquisa dos meios para combate-las, a busca pela melhoria dos padrões de saúde da comunidade tornam o médico um profissional voltado à causa social que é a Saúde.

Através de exames, o médico pode prescrever ao paciente a medicação necessária ou submetê-lo a tratamentos mais intensos como as cirurgias.

O bom Médico não pára de estudar nunca. Vive em congressos, participa de pesquisas acadêmicas, escreve artigos científicos, faz cursos e leitura constante de revistas especializadas. Além do estudo e da especialização, é preciso ter o dom. Quem não tem mão, deve ficar longe dos bisturis. Quem acha que os exames resolvem tudo, talvez precise fazer um curso complementar de Psicologia, já que o bom Médico sabe interpretar o que ouve. Uma boa conversa pode valer mais do que um punhado de exames – de cada 10 diagnósticos, 08 podem ser resolvidos durante uma entrevista bem feita coisa que os recém formados só irão aprender com o tempo, pois o tempo faz o bom médico. Atualmente, com o aumento da expectativa devida, cresce a procura pelas especialidades relacionadas à velhice: Geriatria, Cardiologia, Oncologia, Ortopedia. Outras áreas em expansão são aquelas sob o domínio de alta tecnologia como Oftalmologia e alguns tipos de cirurgia.

O profissional desta área precisa ter perseverança, dedicação ao próximo, interesse pela melhoria dos padrões de saúde, presteza no trato para com os pacientes, habilidade manual e cirúrgica e sociabilidade acentuada.

Modalidades

Medicina do Trabalho (cuida de enfermidades próprias do ambiente de trabalho) Medicina Sanitária (trabalha em postos e Programas de Saúde junto ás populações de baixa renda), Medicina Legal, Medicina Esportiva, Medicina Preventiva e Bioengenharia.

Especializações

Ginecologia e Obstetrícia, Urologia, Nefrologia, Pediatria, Psiquiatria, Cardiologia, Pneumologia, Ortopedia e Traumatologia, Anatomia Patológica, Otorrino-Laririgologia, Endoscopia, Oftalmologia, Análises Clínicas, Radiologia (diagnóstico por imagem), Medicina Nuclear, Anestesia, Genética, Dermatologia, Clínica Cirúrgica, Cirurgia Plástica, Clínica Médica (Gastroenterologia, Proctologia, Neurologia, Geriatria, Oncologia, Endocrinologia)

Campos de atuação

Hospitais, Clínicas, Empresas Clubes, Escolas, Pesquisa.

Bolsa de Estudos

Quer estudar com bolsa? No Amigo Edu você tem até 80% em todo o Brasil. Clique aqui e faça uma busca.

Indicações

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Profissões

Gestão Ambiental

A Gestão Ambiental é área que trata de assuntos relacionados ao meio ambiente envolve um mercado de trabalho em crescimento.

Publicado

em

por

A Gestão Ambiental é área que trata de assuntos relacionados ao meio ambiente envolve um mercado de trabalho em crescimento.

Gestão Ambiental

Sobre a profissão

Muitas empresa, visando melhorar a competitividade pela busca da qualidade ambiental (através da certificação ISSO 14000 e do selo verde), procuram profissionais que, além de apresentar um bom desempenho nas atividades de administração, tenham conhecimentos que permitam gerenciar estudos sobre impactos ambientais e atender às responsabilidades sociais inerentes à moderna atividade empresarial.

Assim, tal profissional deve conhecer biologia, ecologia, sociologia, legislação ambiental, poluição, geoprocessamento, etc. atendendo essa demanda, o curso de Gestão Ambiental oferece uma formação que integra a função gerencial com as áreas da ciência ambiental. Na sua grade curricular, além das disciplinas básicas, há matérias de: economia, administração de recursos humanos, marketing, gestão turística, direito ambiental e também matérias relativas ao meio ambiente ( como: botânica, zoologia, ecologia, biodiversidade, geociência ambiental, controle de poluentes, tratamento de resíduos urbanos e agroindustriais e elaboração de relatórios de impactos ambientais).

Campo de atuação

O gestor ambiental poderá atuar como administrador no comércio, na indústria e em bancos, ou então exercer suas atividades em :

– departamentos de meio ambiente de empresas públicas ou particulares;

– prefeituras, ONGs, ou empresas hidroelétricas, petroquímicas ou de mineração, celulose ou de saneamento;

– consultorias

– estudos de impactos ambientais

– gestão de arques e reservas e

– recuperação de áreas degradadas

Atualmente, os profissionais que atuam na área de gestão ambiental são formados apenas através de cursos de especialização ou de pós graduação.

O curso de graduação em Gestão Ambiental será oferecido a partir do ano 2002, na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ, em Piracicaba, no período noturno.

(Fonte: “A Universidade e as Profissões”, catálogo da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo)

Bolsa de Estudos

Quer estudar com bolsa? No Amigo Edu você tem até 80% em todo o Brasil. Clique aqui e faça uma busca.

Indicações

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Profissões

Relações Públicas

O Relações Públicas, por lidar com o público, quer por parte do indivíduo, quer por parte das empresas, é um profissional bastante eclético.

Publicado

em

por

O Relações Públicas, por lidar com o público, quer por parte do indivíduo, quer por parte das empresas, é um profissional bastante eclético, já que no seu dia a dia ele utiliza também características de outros profissionais como jornalistas, Publicitários, Diplomatas etc.

Relações Públicas

Sobre a profissão

O profissional de Relações Públicas trabalha com a comunicação e as relações internas e externas de empresas e organizações. Sua principal função é criar e manter uma boa imagem a empresa junto ao público, tanto externo quanto interno, informando e orientando clientes, servindo também de elo de ligação entre eles. O Relações Públicas cuida de programas de integração com a comunidade, organiza e participa de atividades promocionais, como reuniões sociais, exposições, feiras e concursos.

As empresas, além de perceberem a importância de conquistar e preservar uma boa imagem junto à opinião pública, o que garante colocação no mercado, estão se dando conta de que, quando mantém uma boa comunicação com seus funcionários, aumenta a produtividade e, em conseqüência, sua rentabilidade. Assim, o mercado para o Relações Públicas está começando a se expandir – assessoria de imprensa, atendimento ao consumidor, promoção e assessoria em eventos, comunicação interna com funcionários, embora sofra concorrência de jornalistas e Publicitários.

Boa comunicação, gosto pela leitura, fluência verbal, boa memória visual e auditiva, sociabilidade, dinamismo, iniciativa, constante atualização, interesse por questões culturais, sociais, políticas, econômicas e administrativas são requisitos da profissão.

Campos de atuação

Empresas públicas e privadas, Agências de publicidade, Rádios, jornais, Teatro, Cinema, TV, Instituições de proteção à natureza, Bancos, Institutos de pesquisa, Associações de classe, Casas noturnas, Associações comunitárias, Feiras, Exposições, Seminários, Congressos.

Especializações

Consultoria, Gerência, Pesquisa, Planejamento.

Bolsa de Estudos

Quer estudar com bolsa? No Amigo Edu você tem até 80% em todo o Brasil. Clique aqui e faça uma busca.

Indicações

RECOMENDAMOS

Continue lendo