Siga-nos!

Destaque

100 dias para o Enem: o que fazer para se manter motivado na reta final?

Curso Poliedro aponta os temas recorrentes e oferece dicas para que estudantes mantenham a preparação e consigam um bom desempenho

Publicado

em

Pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem 2020 - Exame Nacional do Ensino Médio

Faltam 100 dias para o Exame Nacional do Ensino Médio! As provas presenciais do Enem serão realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro, e as provas digitais nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. O Exame é a porta de entrada para diversas instituições de ensino superior e a edição deste ano exige preparo extra e maior autonomia dos alunos em decorrência da pandemia e da suspensão das aulas presenciais.

No segundo semestre do ano, tudo fica ainda mais real. Segundo o coordenador do Curso Poliedro, Márcio Guedes, os estudantes que estão em preparação há meses sentem mais pressão e, frequentemente, precisam de um impulso a mais para se manterem motivados. “Agora não é hora de se deixar abalar! Continue com foco total nos estudos, siga as orientações dos professores e confie no esforço que fez ao longo do ano”, diz.

Segundo Guedes, é importante encarar esse período como uma maratona, ainda mais neste ano em que teremos um tempo maior até o Enem. Para ajudar os estudantes a manterem a rotina de estudos nos últimos meses de preparação, o coordenador e a equipe do Curso Poliedro prepararam algumas dicas. Confira a seguir.

100 dias para o Enem

O edital oferece informações importantes para reforçar os estudos

O edital traz todas as informações relevantes sobre o Exame: como é a prova, como a nota é calculada, qual é o peso de cada matéria, o prazo de inscrições e o que será cobrado. A recomendação é que leiam atentamente todos os tópicos para criar uma estratégia de reforço nos estudos.

O estudante deve prestar atenção no formato da prova, no número de questões e no tempo que terá para cada uma. É importante também ficar atento ao formato da redação e não deixar de ler a grade de conteúdo. Com essas orientações, é possível aumentar as chances de estudar tudo o que precisa.

Não desanime! Mantenha a calma e respeite os limites do seu corpo e mente

O preparo para o Enem é como uma maratona que se iniciou no começo do ano. No meio do caminho, cansaço e outros obstáculos emocionais podem surgir. O importante é não desistir. Respeite seu psicológico e não perca a motivação. Lembre-se de que altos e baixos são comuns, então, se o ritmo estiver um pouco menor, faz parte! É importante avaliar se está diminuindo a intensidade por cansaço e, nesse caso, ficar atento aos limites do seu corpo e da sua mente.

“Observe se está fazendo atividade física, se está se alimentando bem e se tem momentos de lazer. Tudo isso cabe no plano de estudos. Mantenha o equilíbrio, e quando precisar de um descanso, pare! Naturalmente, conquistamos rendimentos muito maiores quando estamos descansados e dispostos”, explica o coordenador Guedes.

Não se compare com outros estudantes

Cada um deve fazer a sua parte, respeitando seu ritmo e entendendo que o processo não é perfeito. É importante ter o hábito de estudar todo dia, com organização e empenho, mas não criar expectativas e metas como, por exemplo, querer fazer todas as tarefas ou tirar uma determinada nota no simulado. “Pequenas variações do planejado podem acontecer e isso é normal. Mas, por termos criado a expectativa, nos decepcionamos. Um desgaste que poderia ser evitado. É preciso manter a vontade de fazer as suas atribuições, pois essa vontade é o seu motor”, afirma Guedes.

O autoconhecimento é fundamental para entender os pontos fortes, as questões a melhorar e os limites. A partir dessa autoavaliação e seguindo um plano de estudos, o estudante amplia o potencial e ganha maior controle sobre o processo.

Mantenha a participação nas aulas e nos simulados

É importante estar presente e atento ao conteúdo ministrado em aula para obter um bom desempenho no Enem e em outros vestibulares. Os aprovados nos vestibulares costumam ter elevada presença em sala de aula e em simulados.

Os simulados permitem aos alunos exercitar o aprendizado conquistado ao longo do ano. Outro ponto essencial é a correção desses simulados, afinal, um erro é uma enorme oportunidade para melhorar. Melhor errar no simulado do que no dia do vestibular, por isso, a visão de um aluno maduro é de encarar os erros como uma chance para crescer.

Além disso, é importante investir tempo na realização de atividades e exercícios que contemplem formatos de enunciados diversos, ampliando as possibilidades de acertos na hora da prova.

Comece a revisão um mês antes da prova

Uma sugestão é fazer a revisão dos tópicos estudados um mês antes do Enem. Isso pode variar de aluno para aluno, mas a proposta é que o estudante refaça exercícios, leia suas anotações, reveja simulados e até provas anteriores.

Uma maneira interessante de fixar os estudos é por meio da criação de resumos. A escrita também estimula a memória fotográfica, o que contribui para a melhor memorização. Acompanhar videoaulas na internet e participar de simulados ao longo do ano também são maneiras valiosas de estimular o aprendizado, além de treinar a postura necessária para a prova.

Não se preocupe com o período curto, afinal, a revisão é momento de verificações e não de fazer tudo novamente. É um período mais rápido mesmo.

Cuide do seu emocional

Com o Enem se aproximando, é natural que a pressão do momento seja ainda maior. Conversar com os amigos e com profissionais de Orientação Educacional pode ajudar bastante, assim como praticar atividades físicas. Organize sua agenda incluindo momentos de lazer de forma regular. Os momentos de descontração devem estar presentes na sua vida.

Na véspera da prova, confie no estudo e nas estratégias desenvolvidas ao longo do ano! Pense positivo para reduzir a ansiedade. Passe o dia com as pessoas de quem gosta e tenha uma boa noite de sono.

Ferramentas e atividades como psicoterapia, aulas de yoga e meditação e exercícios de respiração e concentração também podem auxiliar os vestibulandos neste momento. Mesmo sem encontros presenciais, é possível participar de grupos on-line que auxiliam bastante no relaxamento e aumentam o potencial de concentração dos estudantes.

Reveja os temas recorrentes no Enem e avalie se estudou todos os itens. Ainda dá tempo.

Para auxiliar os alunos na preparação para o exame, o Sistema de Ensino Poliedro desenvolve a Coletânea Enem, que permite aos estudantes conhecer as alterações sofridas pela prova ao longo dos anos e os conteúdos mais recorrentes.

Confira abaixo uma lista com os quatro temas mais recorrentes por disciplina no Enem:

Quatro temas mais recorrentes por disciplina no Enem

Quatro temas mais recorrentes por disciplina no Enem. Fonte: Curso Poliedro

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastra-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Veja como concorrer a um financiamento do FIES

Segundo o Ministério da Educação, mais de 44 mil vagas serão ofertadas na atual edição do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)

Publicado

em

por

datas fies 2020/2

Estão abertas as inscrições para a segunda edição de 2022 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo o Ministério da Educação, mais de 44 mil vagas serão ofertadas na atual edição do programa voltado a estudantes interessados em financiar cursos superiores oferecidos por instituições de educação privada.

As inscrições devem ser feitas no Portal Acesso Único até o dia 12 de agosto, e os resultados serão divulgados em chamada única, no dia 16 próximo. Os inscritos que não forem selecionados na chamada serão automaticamente incluídos na lista de espera.

“Podem concorrer a um financiamento todos os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de qualquer edição desde 2010, e obtido média mínima de 450 pontos nas provas do exame, além de nota superior a zero na redação”, informa o MEC.

Acrescentou que “é vedada a inscrição para quem tiver feito o Enem como treineiro”. Para obter o financiamento, “é necessário comprovar renda mensal familiar per capita (por cabeça) de até três salários mínimos”.

Voltado a conceder financiamento para acesso a cursos superiores, o Fies é realizado duas vezes por ano. Segundo o MEC, as duas edições deste ano vão ofertar 110.925 vagas.

Cronograma da segunda edição de 2022 do Fies:

– De 9 a 12 de agosto: inscrição

– Dia 16 de agosto: resultado da chamada única e lista de espera

– De 17 a 19 de agosto: prazo para complementação das inscrições dos pré-selecionados na chamada regular

– De 22 de agosto a 22 de setembro: prazo para convocação dos pré-selecionados por meio da lista de espera

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastra-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Resultado do Prouni 2022 – 2º semestre

Publicado

em

por

Resultado do Prouni 2022 - 1ª chamada

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) do segundo semestre de 2022 terminaram na última sexta-feira, 05 de agosto. Nessa edição são ofertadas mais de 190 mil bolsas de estudo. O resultado do Prouni é divulgado em duas chamadas: a primeira sairá hoje, dia 9 de agosto, e a segunda, no dia 22 de agosto.

Resultado do Prouni 2022/2

A consulta pode ser feita no site: https://acessounico.mec.gov.br/prouni

Cronograma

Inscrições: 1º a 5 de agosto

Resultado da 1ª chamada: 9 de agosto

Comprovação das informações: 9 a 17 de agosto

Resultado da 2ª chamada: 22 de agosto

Comprovação das informações da 2ª chamada: 22 a 31 de agosto

Lista de espera: 5 a 6 de setembro

Resultado da lista de espera: 9 de setembro

Comprovação das informações: 10 a 16 de setembro

Assessoria de Comunicação Social do MEC informações da SESU.

Sobre o Prouni

Podem participar do processo seletivo candidatos brasileiros sem diploma de curso superior, que tenham realizado as edições de 2021 e/ou de 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sendo considerada a edição com a melhor média de notas. É necessário atingir, no mínimo, 450 pontos na média das notas e não ter zerado a redação. Outra exigência é a de não ter participado do Enem na condição de treineiro.

É necessário observar também os critérios de renda, que não foram alterados: para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio; e para a bolsa parcial (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa da família.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastra-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Cadernos de prova do Enem 2022 já estão prontos, diz presidente do Inep

Os cadernos de provas da edição deste ano do Enem já foram montados em ambiente seguro e as mídias digitais já estão prontas para impressão

Publicado

em

por

Não paguei a taxa de inscrição do Enem 2022. E agora?

Os cadernos de provas da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já foram montados em ambiente seguro e as mídias digitais já estão prontas para serem enviadas para a gráfica nesta semana. Quem antecipou as informações foi Carlos Moreno, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em entrevista para o programa A Voz do Brasil da última sexta-feira (5).

O presidente do Inep lembrou as datas de realização das provas: 13 e 20 de novembro para o público em geral e 10 e 11 de janeiro para a população privada de liberdade.

Novidades

Neste ano, tanto a edição impressa quanto a digital do Enem serão realizadas no mesmo dia. “Com os mesmos itens e com o mesmo tema de redação”. Dentre as novidades nesta edição, está a possibilidade de os candidatos apresentarem documentos digitais no dia das provas, como o e-Título, Carteira Nacional de Habilitação Digital e o RG digital como documentos válidos. No entanto, só serão aceitos documentos apresentados em seus respectivos aplicativos, como o Gov.Br. Imagens de tela não serão aceitas.

Os protocolos contra a covid-19 se mantêm. Entre eles, a alocação dos estudantes nas salas de aula com distanciamento; o uso de máscara por parte dos aplicadores, fiscais e coordenadores e a higienização de ambientes. “Nós recomendamos que cada participante leve o seu próprio kit de proteção”, disse.

Segundo Moreno, o Enem é a principal porta de entrada para o Ensino Superior pois dá acesso a iniciativas como o Fundo de Financiamento da Educação (Fies), o Programa Universidade Para Todos (Prouni), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a Lei de Cotas. “O Enem ancora essas políticas públicas já consolidadas”, diz.

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastra-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo