Siga-nos!

Destaque

5 dias para o fim das inscrições do Enem 2021

Todos os interessados em fazer o Enem 2021 do exame devem realizar a inscrição, independentemente de terem adquirido a isenção da taxa ou não.

Publicado

em

Como fazer a inscrição do Enem 2021

Os interessados em fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano devem ficar atentos. As inscrições para o Enem 2021 vão até o dia 14 de julho de 2021 e devem ser feitas na Página do Participante.

Inscrições Enem 2021

A taxa de inscrição é de R$85 e deve ser paga por aqueles que não estão isentos, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), gerada no sistema do exame.

Todos os interessados em fazer o Enem 2021 devem realizar a inscrição, independentemente de terem adquirido a isenção da taxa de inscrição, bem como terem realizado a justificativa de ausência no Enem 2020. Vale ressaltar que esses procedimentos não garantem a inscrição. Para se inscrever, o interessado precisa acessar a Página do Participante, informar o número do CPF e a data de nascimento. Os dados devem ser iguais aos cadastrados na Receita Federal, para não inviabilizar a correspondência entre as informações. O Inep não aceitará inscrição com CPF em situação irregular na Receita Federal.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

No momento da inscrição, o participante deve escolher o modelo de prova que deseja realizar — impressa ou digital. É importante lembrar que a versão digital do exame tem número de vagas limitadas e é exclusiva para quem já concluiu o ensino médio ou concluirá a etapa educacional em 2021. Dessa forma, os chamados “treineiros” — participantes que se inscrevem no exame para fins de autoavaliação do conhecimento — podem se inscrever somente para o Enem impresso.

Atendimento – Os participantes que precisarem de atendimento devem realizar a solicitação no momento da inscrição e informar as condições que motivam o pedido. Será oferecido atendimento para participantes com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, deficit de atenção, transtorno do espectro autista, discalculia, gestante, lactante, idoso e/ou pessoa com outra condição específica.

Em 2021, o Enem Digital terá como novidade atendimentos especializados e recursos de acessibilidade. Os interessados em fazer o exame poderão solicitar auxílio de acessibilidade, como tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), prova com letra ampliada (fonte de tamanho 18 e com figuras ampliadas), prova com letra superampliada (fonte de tamanho 24 e com figuras ampliadas), tempo adicional e sala de fácil acesso. O participante que solicitar atendimento para deficiência auditiva, surdez ou surdocegueira poderá indicar o uso do aparelho auditivo ou implante coclear na inscrição.

Além desses benefícios, os interessados em fazer o exame impresso também poderão solicitar prova em braile, videoprova em Libras (vídeo com a tradução de itens em Libras), uso de leitor de tela, guia-intérprete, auxílio para leitura, auxílio para transcrição e leitura labial. Já aqueles que indicarem espectro autista poderão utilizar canetas com tinta colorida no Caderno de Questões e caneta transparente de tinta preta para transcrição no Cartão-Resposta.

Documentação – O solicitante de atendimento deve anexar, na Página do Participante, a documentação que comprove a necessidade de acessibilidade, com nome completo do participante; diagnóstico emitido pelo profissional de saúde competente, com a Classificação Internacional de Doença (CID 10); e assinatura e identificação do profissional, com o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente.

O participante que solicitar tempo adicional precisa justificar, no laudo médico, de forma expressa, o motivo da solicitação de acessibilidade. No caso da participante lactante, a certidão de nascimento da criança, com idade inferior ou igual a um ano, deverá ser anexada na Página do Participante.

Tratamento pelo nome social – Os participantes que se identificam e querem ser reconhecidos socialmente pela sua identidade de gênero (participante transexual, travesti ou transgênero) podem solicitar o tratamento pelo nome social, no período de 19 a 23 de julho, pela Página do Participante.

Aplicação – Em 2021, as duas versões do Enem (impressa e digital) terão as mesmas provas, com itens e tema da redação iguais. As provas também serão aplicadas nas mesmas datas, 21 e 28 de novembro.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio foi instituído em 1998, com o objetivo de avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Em 2009, o exame aperfeiçoou sua metodologia e passou a ser utilizado como mecanismo de acesso à educação superior. Desde 2020, o participante pode escolher entre fazer o exame impresso ou o Enem Digital, com provas aplicadas em computadores, em locais definidos pelo Inep.

Fonte: MEC

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

USF está com inscrições abertas para o Vestibular em Medicina

Para concorrer a uma das vagas, o candidato pode utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), de 2015 até 2023

Publicado

em

por

Vestibular de Medicina USF 2025

A Universidade São Francisco (USF) está com inscrições abertas para o vestibular do Curso de Medicina até 05 de agosto de 2024. Com ingresso para o 2º semestre. A taxa de inscrição é de R$ 400 e as inscrições podem ser feitas em usf.edu.br/vestibular.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato pode utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), de 2015 até 2023, sendo considerada, para fins de seleção e classificação.

Serão classificados, exclusivamente, os candidatos que preencherem a pontuação final igual ou acima de 2500 pontos e que não tenham zerado na redação. O resultado será publicado no dia 07 de agosto. As matrículas vão até 28 de agosto.

Vestibular de Medicina USF

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Com ênfase em práticas profissionais desde o primeiro ano, aliando teoria e prática, valorizando uma flexibilidade do processo de formação individual e orientando para o protagonismo estudantil, além do uso de tecnologias como facilitadora da rotina de estudos, assim como a disponibilidade de ambientes virtuais de aprendizagem, o Curso de Medicina da USF é nota máxima no MEC, com mais de 50 anos de história.

Com matriz curricular atualizada e moderna infraestrutura que compreende espaços como o Centro de Simulação Realística, Centro de Estudos de Anatomia, ampla rede de estágio e inserção na rede básica de saúde, os estudantes e docentes atuam também em hospitais, unidades básicas de saúde, ambulatórios, unidades de estratégia de saúde da família, entre tantos outros espaços.

O Curso de Medicina está localizado no Câmpus Bragança Paulista, mesmo local onde está instalado o Hospital Universitário São Francisco (HUSF), considerado o hospital geral mais importante da região bragantina em razão de suas atividades de alta complexidade, desenvolvimento de pesquisas e intervenções de elevada especialização.

Para acompanhar as transformações da profissão e preparar os estudantes para os desafios da carreira, a USF investe em formação contínua para o corpo docente e de estudantes

A cidade de Bragança Paulista

Bragança Paulista se destaca como uma das melhores cidades do Brasil com mais de 100 mil habitantes para se viver, ocupando o 8º lugar nesse ranking nacional. Além disso, é reconhecida como a 36ª melhor cidade geral para qualidade de vida no país. Localizada a apenas 80km da capital paulista, Bragança Paulista atrai famílias em busca de qualidade de vida, saúde e bem-estar, mantendo a proximidade com São Paulo. Com um clima agradável e sendo uma das cidades mais seguras do estado de São Paulo, Bragança Paulista continua a ser uma escolha popular para quem busca tranquilidade e qualidade de vida.

Informações

Inscrições em: usf.edu.br/vestibular.
Utilize o resultado do ENEM entre 2015 e 2023
Inscrições: 17/07 a 05/08
Resultado: 07/08
Matrícula: Até 28/08

Continue lendo

Destaque

Inscrições abertas para o Vestibular 2025 da UEL

O Vestibular 2025 da UEL traz entre as novidades a resolução aprovada em março oficializando o modelo em fase única, com dois dias de provas.

Publicado

em

por

UEL abre inscrições para o Vestibular 2023

A Universidade Estadual de Londrina (UEL), por meio da Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops), abre nesta quinta-feira (18) as inscrições para o Vestibular 2025, que será realizado nos dias 17 e 18 de novembro, em fase única.

Vestibular 2025 da UEL

As inscrições abrem às 17h e custam R$ 181,00, podendo ser feitas até o próximo dia 9 de setembro, no portal da Cops.

Os candidatos devem preencher o formulário e imprimir o boleto para o pagamento da taxa pública. Ao todo serão oferecidas 3.180 vagas em 53 cursos de graduação presenciais, considerando a reserva para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Prova Paraná Mais.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O concurso traz entre as novidades a resolução aprovada em março passado oficializando o modelo em fase única, com dois dias de provas. Para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda, Design Gráfico e Música será feita Prova de Habilidades Específicas (PHE), no dia 29 de setembro. A resolução é consequência de alterações aprovadas pelo Cepe em dezembro passado, considerando a reformulação do Ensino Médio, que alterou carga horária e disciplinas.

A outra inovação se refere ao direcionamento de 20% das vagas para ingresso via nota da Prova Paraná Mais, aprovada em junho passado pelo Conselho Universitário. Do percentual indicado, metade será para estudantes de escolas públicas e metade para estudantes negros provenientes de escola pública.

Dessa forma, a universidade passa a ter 20% das vagas para estudantes que fizerem a Prova Paraná Mais, mantendo reserva de 10% para ingresso via Vestibular para estudantes de escola pública, 10% para estudantes negros de escola pública, 5% para negros independente do percurso e 5% para pessoas com deficiência.

Estudo da Unespar mostra impactos positivos do exercício no envelhecimento das mulheres

NOVO MODELO

As provas serão realizadas nos dias 17 e 18 de novembro. No primeiro dia, será aplicada a prova de Conhecimentos Gerais, interdisciplinar, com 60 questões de múltipla escolha, incluindo as disciplinas de Artes, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Portuguesa e Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Matemática e Química.

No segundo dia, os candidatos farão a prova de Redação e a prova discursiva de Conhecimentos Específicos, sendo duas indicadas pelos Colegiados de cada um dos 53 cursos e uma terceira de Sociologia, comum a todos. As disciplinas de cada curso poderão ser consultadas no Manual do Candidato, que será disponibilizado no portal da Cops. Já a prova de Redação terá valor de 30% do total e será composta de, no máximo, duas propostas a partir das quais os candidatos deverão produzir textos.

Para a professora Sandra Garcia, da Coordenadoria de Processos Seletivos, a nova proposta é resultado de um robusto estudo feito por um grupo de especialistas, a partir de uma metodologia que incluiu debates sobre a Reforma do Ensino Médio, consulta à comunidade interna e externa e uma avaliação qualitativa. “A avaliação mostrou que o candidato gosta da prova discursiva porque ele vê uma oportunidade de demonstrar o conhecimento”, explica.

A coordenadora chama a atenção para a Prova de Habilidades Específicas (PHE), no dia 29 de setembro, que passará a ser realizada em um só período para os candidatos aos cursos de Artes Visuais, Desing Gráfico, Design de Moda e Arquitetura. Já os vestibulandos de Música permanecem com a prova em dois períodos. Os detalhes de horários e locais também deverão ser consultados no Manual do Candidato.

Para os cursos com candidatos cujo número de inscritos for menor ou igual ao total de vagas ofertadas, a prova passa a ser classificatória, de acordo com a resolução que define as regras do vestibular. Para ter direito à classificação, o candidato não poderá ter nota final zero.

Universidades estaduais do Paraná se destacam em ranking de publicações científicas

PROVA PARANÁ MAIS

A adesão à Prova Paraná Mais teve o objetivo de atender a uma demanda do Governo do Paraná, por meio de solicitação das Secretarias de Educação (Seed) e de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia (Seti). Segundo a professora Sandra Garcia, todas as universidades estaduais integram um Grupo de Trabalho que está acompanhando o planejamento e a operação do processo.

Na prática, a prova é direcionada aos cerca de 120 mil estudantes que cursam o último ano do Ensino Médio na rede pública do Paraná. Candidatos de outros estados poderão fazer a prova, o que representa a abertura de oportunidades para um público que muitas vezes desconhece a estrutura e as oportunidades do Ensino Superior público existente no Paraná.

Fonte: portal UEL – O Perobal

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Confira as datas do Prouni 2024 – Programa Universidade para Todos

As inscrições do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2024 estarão abertas no período de 23 a 26 de julho.

Publicado

em

por

Prouni 2024 - Programa Universidade para Todos

Foi publicado o edital do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2024. Serão ofertadas 243.850 bolsas nesta edição do programa.

Prouni 2024

Anote as datas no seu calendário:

👉 Inscrições: de 23 a 26/7

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

👉Resultados:
1ª chamada: 31/7
2ª chamada: 20/8

👉 Entrega de documentos:
1ª chamada: 31/7 a 14/8
2ª chamada: 20 a 30/8

👉 Lista de espera:
Manifestação de interesse: 9 e 10/9
Consulta: 13/9

Todos os processos do edital e demais informações estão no portal Acesso Único: acessounico.mec.gov.br/prouni.

Sobre o Prouni

O Programa Universidade Para Todos (Prouni) oferta bolsas de estudo, integrais e parciais (50% do valor da mensalidade do curso), em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. O público-alvo do programa é o estudante sem diploma de nível superior.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo