5 temas prováveis para a Redação do Enem 2019

No próximo dia 03 de Novembro acontece o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2019. Além das questões de Linguagens e Códigos e de Ciências Humanas, os candidatos realizarão a importante prova de Redação do exame.

Para ajudar os alunos a se prepararem ainda melhor para possíveis temáticas, o Instituto Carlos André, que oferece Específica de Língua Portuguesa e Redação voltadas para o ENEM, levantou algumas sugestões:

5 temas prováveis de Redação do Enem

1. Desafios do trabalho na contemporaneidade

Segundo o Professor Carlos André, a contemporaneidade tem deixado clara a lógica do pensamento acelerado, da ausência de descanso e de uma sociedade do cansaço, na qual as pessoas trabalham mesmo estando em casa.

“Este tema também está ligado à síndrome de Burnout, doença que tem sido cada vez mais comum por conta da estafa mental e física, que faz com que o trabalhador não consiga mais exercer qualquer atividade laboral. Neste sentido, pensar os desafios do trabalho neste momento atual pode ser um diferencial para os estudantes”, afirma Carlos André.

2. Os desafios das cidades brasileiras em relação ao trânsito

“O trânsito é, sem dúvida, um dos grandes problemas em relação à questão de mobilidade. As pessoas perdem tempo, chegando até a desenvolver problemas de saúde, o estresse em razão dos engarrafamentos, por exemplo. Vale pensar no assunto e refletir soluções que poderiam impactar a sociedade”, ressalta Carlos André.

3. Saúde Pública e a Gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil

O ENEM nunca cobrou um tema de saúde pública; por isso, a professora do Instituto Carlos André aposta no tema como um forte candidato. “Pode ser que neste ano, esse assunto seja abordado, principalmente, porque o Governo Federal estuda uma maneira de criar um sistema integrado, de gestão 100% digital, o que envolve o Sistema Único de Saúde”, explica Marina Mesquita, Professora do Instituto Carlos André.

4. Educação básica brasileira

Este tema envolve a formação do profissional do futuro. “Hoje, percebemos que o mercado tem uma configuração distinta da que tinha a alguns anos, décadas atrás. Essa mudança é muito rápida e há a ideia de que os profissionais tendem a se tornar obsoletos. Portanto, a educação, sobretudo a educação básica tem um papel fundamental na preparação desse profissional na medida em que oferece alfabetização digital, um ensino muito mais engajado e muito mais voltado para as demandas do mercado”, afirma Marina.

5. Consumo e sustentabilidade – gestão do lixo e dos resíduos sólidos

“Nós sabemos que existe uma diferença entre lixo e resíduos sólidos, e que os nossos padrões de consumo interferem diretamente na quantidade de lixo e de resíduos produzidos. A gestão desse lixo e desses resíduos faz toda a diferença na sustentabilidade e na vida não só de um país, mas do planeta”, conta Marina Mesquita, apontando o tema como um com grande chance de cair no ENEM 2019.

No Enem 2018, 55 redações alcançaram a nota 1000.

Sobre Carlos André e o Instituto

O autor dos livros “A nova ortografia da língua portuguesa” e “Na ponta da língua”, Carlos André representa a OAB Nacional no Senado da República no Acordo Ortográfico, e é Professor de Língua Portuguesa e de Redação Jurídica. Fundador do Instituto Carlos André, centro de excelência em Língua Portuguesa e preparatórios para Admissão à Carreira Diplomática, Pré-vestibular e Assessoria em Português Jurídico, fundado em 2009, é Mestrando em Gramática pela UFMG e em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Formado em Direito, o autor e professor também é Membro do grupo técnico responsável pelo Manual de Redação Jurídica – OAB.

Sobre Marina Mesquita

Marina Mesquita é Professora no Instituto Carlos André e Mestra em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás.