Siga-nos!

Destaque

Como é a correção do Enem – Sistema TRI

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) utiliza um sistema de correção chamado teoria de resposta ao item (TRI)

Publicado

em

Como é a correção do Enem - Sistema TRI

Como é a correção do Enem – Sistema TRI? O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) utiliza um sistema de correção chamado teoria de resposta ao item (TRI). Mesmo com o gabarito em mãos, não é possível saber a pontuação final do exame.

Ainda assim, se você quiser saber como foi na prova, pode acompanhar a correção e o gabarito extraoficial do Enem 2020 – de cada prova do dia 17 de janeiro – feita pelos professores do Curso Objetivo. Confira:

Correção do Enem – Sistema TRI

O sistema, conhecido como um método “antichute”, pode ser usado a favor dos estudantes, principalmente nas provas de exatas, que serão aplicadas no próximo domingo (24). Professores entrevistados pela Agência Brasil dão algumas dicas de como se sair bem no segundo dia de aplicação do Enem.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

“A dica geral é que acertar as questões fáceis dá mais pontos para o estudante. Como ele pode lidar com isso? Focando em acertar as questões fáceis. Na prática, na hora da prova, isso significa pular as questões difíceis. O Enem é uma prova que tem muitas questões e pouco tempo para resolver cada questão. Então, se perder muito tempo em uma questão difícil, isso não vai dar muito ponto no final e não vai valer tanto a pena”, explica o diretor de ensino do cursinho online Me Salva!, André Corleta.

Nesse domingo (17), os estudantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. No próximo, resolverão, em cinco horas, as questões de ciências da natureza e de matemática. Ambas provas objetivas, de múltipla escolha. Cada uma com 45 questões.

As questões do Enem são escolhidas a partir de um banco de questões do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que é frequentemente abastecido com novas questões. Cada questão é testada antecipadamente com um grupo de estudantes e classificada de acordo com a dificuldade. Por causa disso, é possível compor várias provas do Enem,com questões diferentes, mas com o mesmo nível de dificuldade.

Na hora da correção, segundo o professor de física do pré-vestibular online Descomplica Rafael Vilaça, o TRI vai levar em consideração a coerência da prova, ou seja, é esperado que um estudante que acerte questões muito difíceis, acerte também as muito fáceis. Se isso não acontecer, o sistema pode entender que ele chutou a questão e, por isso, ele pontuará menos nessa questão do que estudantes que tenham mantido certa coerência esperada. “A primeira dica é, então, identificar as questões fáceis de cada disciplina”, diz Vilaça.

“Essa metodologia funciona muito bem quando se tem essa diferenciação entre questões fáceis e difíceis explícita. Isso acontece mais no segundo dia de prova, quando se tem matemática e ciências da natureza. Entre as humanidades [no primeiro dia de prova] é mais difícil”, complementa Corleta. Questões que demandam muitos cálculos e operações complexas são, geralmente, mais difíceis.

Vilaça orienta os estudantes a, caso não saibam uma questão, pular para outra. No fim da prova, se sobrar tempo, o estudante deve voltar nessas questões e tentar resolvê-las. “Sempre estimulo os alunos a tentar fazer as questões teóricas, não que sejam mais fáceis mas levam menos tempo e fazem com que se garanta as questões fáceis e teóricas e, também, uma coerência na prova”, diz.

Para o professor, nenhuma questão deve ser deixada em branco. Em último caso, o estudante deve chutar. “O chute é sempre melhor que deixar em branco. Nunca deixe. Porque mesmo que não esteja tão coerente a prova pelo fato de ter chutado a questão, se chutar e tiver a sorte de acertar, isso não significa que perderá ponto, mas que a questão valerá menos. Se deixar em branco, é zero”.

Enem 2020

Ao todo, cerca de 5,8 milhões de estudantes estão inscritos no exame. O Enem 2020 terá uma versão impressa, que começou a ser aplicada no último domingo (17) e segue no próximo fim de semana, no dia 24 de janeiro, e uma digital, realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

As medidas de segurança adotadas em relação à pandemia do novo coronavírus serão as mesmas tanto no Enem impresso quanto no digital. Haverá, por exemplo, um número reduzido de estudantes por sala, para garantir o distanciamento entre os participantes. Durante todo o tempo de realização da prova, os candidatos estarão obrigados a usar máscaras de proteção da forma correta, tapando o nariz e a boca, sob pena de serem eliminados do exame. Além disso, o álcool em gel estará disponível em todos os locais de aplicação.

Quem for diagnosticado com covid-19, ou apresentar sintomas dessa ou de outras doenças infectocontagiosas até a data do exame, não deverá comparecer ao local de prova e sim entrar em contato com o Inep pela Página do Participante, ou pelo telefone 0800-616161, e terá direito a fazer a prova na data de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Lista de aprovados no Vestibular Univesp 2024

O processo seletivo recebeu 80 mil inscrições. Foram ofertadas 23.322 vagas, destinadas a 425 polos, de 371 municípios (capital, interior e litoral).

Publicado

em

por

Vestibular Univesp 2023
A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) divulga nesta terça-feira (25/06), às 15h, o resultado oficial e a lista dos candidatos aprovados na primeira chamada do Vestibular Univesp 2024, disponível na página: vestibular.univesp.br. O processo seletivo recebeu 80 mil inscrições. Foram ofertadas 23.322 vagas, destinadas a 425 polos, de 371 municípios (capital, interior e litoral).
Os candidatos convocados na primeira chamada devem ficar atentos ao prazo de matrículas, que será do dia 27/06 a 01/07. A segunda chamada, com os próximos candidatos, está prevista para o dia 10/07, a partir das 15h. Os aprovados terão de 11/07 a 16/07 para efetivarem a matrícula. Já o resultado da terceira convocação será divulgado em 17/07, a partir das 15h. As matrículas ocorrerão em 18 e 19 de julho. O início do ano letivo será em 29 de julho.
Para fazer a matrícula são necessários os documentos:

1.   Certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente;
2.   Certidão de nascimento ou casamento;
3.   Carteira de identidade;
4.   Cadastro de pessoa física (CPF);
5.   Título de eleitor ou certidão de quitação eleitoral, para brasileiros com mais de 18 (dezoito) anos;
6.   Certificado que comprove estar em dia com o serviço militar, para brasileiros do sexo masculino, do dia 1° de janeiro do ano em que o candidato completar 18 (dezoito) anos de idade até 31 de dezembro do ano em que completar 45 (quarenta e cinco) anos de idade.
Saiba como fazer a matrícula, acesse:

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

UnB divulga cronograma dos processos seletivos para 2025

O calendário apresenta prováveis datas para a publicação dos editais de abertura e aplicação das provas

Publicado

em

por

Vestibular Unb 2023

A Universidade de Brasília (UnB) publicou o cronograma dos processos seletivos para o ingresso nos dois semestres letivos de 2025. O calendário apresenta prováveis datas para a publicação dos editais de abertura e aplicação das provas do Vestibular Tradicional e Vestibular de Libras, do Programa de Avaliação Seriada (PAS) e do Acesso Enem UnB.

A consulta pode ser feita pode meio do site: estudenaunb.unb.br.

Será possível ingressar na UnB no primeiro semestre de 2025 por meio de sete modalidades: Vestibular Tradicional; Vestibular de Libras; PAS; Vestibular Indígena; TF; DCS; e 60mais. Os editais de abertura do Vestibular Tradicional e Vestibular de Libras devem ser publicados em 30 de julho e a aplicação das provas deve acontecer em 24 e 25 de novembro. As três etapas do PAS devem ter a divulgação dos editais de abertura em 13 de agosto, e realização das provas nos três primeiros domingos do mês de dezembro.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Para a terceira edição do Vestibular 60mais, o edital de abertura está previsto para 10 de outubro e as provas devem acontecer em 1º de dezembro. O processo seletivo é direcionado a participantes com 60 anos ou mais, e a avaliação é realizada por meio de prova de redação em língua portuguesa, de caráter classificatório e eliminatório.

Novos editais de abertura de TF e DCS devem ser publicados em 2 de dezembro. A TF é para discentes, matriculados em outras Instituições de Ensino Superior (IES), que desejam entrar na UnB para a continuação do mesmo curso ou equivalente. Entre os critérios para o ingresso está o cumprimento de 25% a 75% dos créditos exigidos para a conclusão do curso, e análise do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A DCS se destina a pessoas que já cursaram uma graduação em IES e a seleção é baseada no desempenho no Enem.

INGRESSO 2º/2025 – Para entrar na UnB no segundo semestre letivo de 2025, há sete formas de seleção: segunda chamada do PAS 3; Vestibular Indígena; 60mais; Vestibular para Licenciatura em Educação do Campo (Ledoc); Acesso Enem UnB; TF e DCS.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Vestibular das Fatecs divulga relação de candidatos por vaga

O Vestibular das Fatecs tem o total de 42.254 candidatos inscritos

Publicado

em

por

Vestibular das Fatecs volta a ter aplicação de provas presenciais

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Zona Leste, localizada na Capital, teve a maior procura no Vestibular das Fatecs para o segundo semestre de 2024, com 15,63 candidatos por vaga (c/v) no período noturno. A formação superior tecnológica também ocupa a posição de maior demanda do processo seletivo em 11 unidades. Só na Capital, esse curso é o mais buscado na Fatec São Paulo (noite – 15,14c/v e manhã – 12,54c/v), Fatec Ipiranga (noite – 10,20c/v) e Fatec Zona Sul (noite – 9,54 c/v).

Já o curso de Gestão Empresarial, ofertado na modalidade de Educação a Distância, teve os maiores índices de candidatos por vaga registrados nas Fatecs São Paulo (8,38c/v), Mogi das Cruzes (6,40c/v), Tatuapé (6,10c/v), Sorocaba (5,63c/v) e Barueri (5,30c/v).

Outras formações em alta são os cursos de Automação Industrial (noite – 7,94c/v), da Fatec São Bernardo do Campo; Marketing (noite – 7,77c/v), da Fatec Sebrae, na Capital; e Desenvolvimento de Software Multiplataforma (noite – 7,57c/v), da Fatec Mauá.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Entre as unidades que iniciam suas atividades em agosto, a Fatec Atibaia registrou 3,09 candidatos por vaga no curso de Desenvolvimento de Software Multiplataforma e Itapevi, 5,97 inscritos por vaga disponível no curso de Gestão da Qualidade.

A demanda por curso e unidade está disponível para consulta no site vestibularfatec.com.br.

Os 42.254 candidatos inscritos deverão prestar o exame que dá acesso às vagas para o Ensino Superior Tecnológico gratuito do Centro Paula Souza (CPS) no próximo dia 30 (domingo), às 13 horas. Os participantes terão cinco horas para responder a questões de múltipla escolha e fazer uma redação. Os locais de prova poderão ser consultados a partir das 15 horas de quarta-feira (26), pelo site vestibularfatec.com.br.

Outras informações pelos telefones (11) 3471-4103 (Capital e Região Metropolitana) e 0800-596 9696 (demais localidades) ou pelo site vestibularfatec.com.br.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo