Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

Comvest recebe inscrições para a modalidade Enem-Unicamp 2022 até 30/11

No o processo seletivo Enem-Unicamp 2022 são oferecidas 639 vagas, destinadas a três segmentos de inscrição.

Publicado

em

Comvest recebe inscrições para a modalidade Enem-Unicamp até 30/11

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) recebe as inscrições para o processo seletivo Enem-Unicamp 2022 até as 17 horas desta terça-feira, 30 de novembro, exclusivamente pela página eletrônica da Comvest (www.comvest.unicamp.br).

Os interessados precisam preencher um formulário eletrônico e recolher o valor da taxa de inscrição. Candidatos inscritos no Vestibular Unicamp 2022 com isenção da taxa têm isenção para o processo Enem-Unicamp. Para os demais, a taxa será de 30 reais ou de 15 reais, no caso daqueles que também efetuaram a inscrição no Vestibular Unicamp 2022. O pagamento da taxa poderá ser realizado até o dia 7 de dezembro. O Edital com as regras do processo está disponível na página eletrônica da Comvest.

São oferecidas 639 vagas, destinadas a três segmentos de inscrição: 50% das vagas para candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública (ou que tenham obtido a certificação do ensino médio pelo Enem até o ano de 2016 ou exames oficiais); 25% das vagas para candidatos autodeclarados pretos e pardos; e 25% das vagas para candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública e sejam autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. A lista de cursos e vagas está disponível na página da Comvest. É possível fazer até duas opções de curso. Os candidatos poderão utilizar as notas do Enem 2021 e/ou 2020.

Candidatos que tenham concluído algum curso de graduação ou pós-graduação em instituição pública (federal, estadual ou municipal) não poderão concorrer na modalidade Enem-Unicamp.

Múltiplas Inscrições

Os interessados podem se inscrever concomitantemente em mais de um dos sistemas de seleção da Unicamp para 2022 (Vestibular Unicamp, modalidade Enem-Unicamp e modalidade Vagas Olímpicas). Na época das chamadas, caso um candidato tenha sido convocado para matrícula em um mesmo curso, na mesma chamada, no Vestibular 2022 e no Enem-Unicamp, a vaga a ser preenchida será a do vestibular. Caso um candidato tenha sido convocado para matricula em cursos diferentes, na mesma chamada, no Vestibular 2022 e no Enem-Unicamp, o candidato fará opção, no momento da matrícula. Ao efetivar a sua matrícula em um dos sistemas, o candidato será excluído, automaticamente, da lista de classificação dos demais sistemas de ingresso. Caso esteja inscrito no mesmo curso, seja convocado em qualquer sistema e não realize sua matrícula, terá seu nome excluído das chamadas em outros sistemas.

Provas

As provas do Enem são de responsabilidade do Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa Anísio Teixeira (INEP), vinculado ao Ministério da Educação. As notas do Enem 2021 só poderão ser utilizadas para o ingresso na Unicamp, caso o INEP disponibilize o cadastro e as notas em tempo hábil para a classificação dos candidatos. Isso não interfere no uso das notas do Enem 2020 daqueles candidatos que desejarem utilizá-las, dado que já estão disponíveis.

Convocação

Haverá até cinco chamadas para matrícula online. As datas do calendário de matrícula coincidirão com as datas das chamadas do Vestibular Unicamp 2022.

RECOMENDAMOS

Notícias dos Vestibulares e Enem

2º Vestibular Unicap 2022 encerra inscrições neste domingo (23)

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) está com inscrições abertas para novo vestibular. São oferecidas 2.905 vagas em 42 cursos.

Publicado

em

por

Vestibular Unicap 2021.2

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) está com inscrições abertas para novo processo seletivo. Estão sendo oferecidas 2.905 vagas em 42 cursos.

A seleção será pela nota do Enem ou por meio de uma prova on-line. A taxa de inscrição é de R$ 100. Quem estudou em escola pública ou com bolsa integral em escola particular pagará R$ 50.

Os interessados devem se inscrever até o dia 23 de janeiro no site vestibular.unicap.br

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

EAD Unicesumar lança graduação única em Design Musical

A EAD Unicesumar lançou o curso de Tecnólogo em Design Musical, uma graduação com duração de dois anos e com foco no mercado fonográfico.

Publicado

em

por

Vestibular Unicesumar 2022

Há ainda quem encare a profissão de músico como um hobbie, e não como uma profissão formalizada. Mas, a carreira de músico tem respaldo legal – Lei nº 3.857, de 22 de dezembro de 1960, e oferece diversas opções para aqueles que investem em formação profissional. Pensando nisso, a EAD Unicesumar lançou o curso de Tecnólogo em Design Musical, uma graduação com duração de dois anos e com foco no mercado fonográfico. Além dessa graduação inovadora, a universidade lançou também licenciatura em música, um curso que forma profissionais da educação para ministrarem aulas de música e produção musical, além de trabalhar com regência, canto e até produção cultural. O aluno tem a possibilidade de escolher as duas graduações e em 4 anos conquistar 2 diplomas.

O coaching e coordenador do curso de Recursos Humanos da EAD Unicesumar, Luciano Santana Pereira, observa que a busca pela qualificação profissional e pela formalização empresarial têm feito a diferença para o crescimento no mercado de trabalho. “A qualificação é imprescindível para que o empreendedor se posicione no mercado e entregue um serviço de qualidade no segmento de atuação dele. Na música não é diferente”.

O curso inédito de Design Musical da EAD Unicesumar foi idealizado para atender as necessidades do cenário ascendente do mercado fonográfico. De acordo com Gustavo Pisano, coordenador dos dois cursos, a matriz curricular é inovadora, inclusive com disciplinas de Mentoria Instrumental com músicos e membros de orquestras. Ainda segundo ele, o curso de Licenciatura em Música tem como intuito formar educadores musicais para atuação na educação básica. “Em nenhum dos dois cursos o aluno precisa saber tocar instrumentos ou cantar, ao longo da graduação ele terá contato e aproximações iniciais com diferentes instrumentos. No curso de Design Musical o projeto Ambientes Profissionais, que já é praticado em outros cursos da EAD Unicesumar, também será fundamental, já que levará o aluno para práticas no cenário real do mercado de trabalho”, destaca Gustavo Pisano.

Ainda de acordo com o especialista em RH, Luciano Santana Pereira, a graduação e profissionalização se tornaram mais interessantes no Brasil por conta da credibilidade junto ao mercado de trabalho, além da ampliação de possibilidades e pela garantia dos direitos. “Estamos em um momento importante da economia brasileira, com pessoas querendo empreender, transformar hobbie em trabalho e já buscando a formalização desde o início. A Educação a Distância aparece como alternativa, já que, com essa modalidade, o profissional que trabalha o dia todo ganha autonomia para estudar. Mas temos aí pós-graduações, cursos livres, graduação e tudo mais. O mais importante é termos consciência de que precisamos aprender constantemente, independente da área”, complementa.

Futuro promissor

De acordo com o último levantamento realizado pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, puxada pelo streaming, a renda com músicas gravadas no país subiu 24,5% nos últimos dois anos. A alta mundial foi de 7,4%. Com números promissores, a graduação em Design Musical se torna uma opção favorável já que após a formatura, o aluno poderá atuar como profissional de música em vários segmentos, como por exemplo: gravadoras, produtoras, selos musicais ou agenciando sua própria carreira.

Além disso, faz parte do trabalho de um designer musical, ainda, operar equipamentos de produção fonográfica, editar vinhetas, projetar trilhas sonoras e promover consultoria em processos autorais e de criação e composição musical.

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Faculdade Pitágoras abre novo processo seletivo para vagas de Medicina no Maranhão

As provas serão realizadas de forma online para garantir a segurança de todos os candidatos devido a pandemia

Publicado

em

por

A Faculdade Pitágoras está com novo processo seletivo para o primeiro semestre de 2022 com oferta de vagas para o curso de Medicina, na sua nova unidade em Codó, no Maranhão. Em razão da pandemia de Covid-19, a aplicação da prova do vestibular tradicional será feita na modalidade online no dia 12 de março. Além da seleção tradicional, os candidatos também podem optar por aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos últimos quatro anos.

O lançamento do curso de Medicina em Codó envolveu o investimento de cerca de R$ 10,3 milhões – sendo R$ 5,5 milhões destinados à infraestrutura e mais R$ 4,8 milhões para a compra de equipamentos de laboratórios, salas de aula e acervo para Medicina. Além disso, por meio de parceria com o Programa Mais Médicos, a Pitágoras irá contribuir com a melhoria da rede de saúde local, com ações de contrapartida como aquisição de equipamentos, reformas e ampliações da infraestrutura, treinamentos de profissionais da rede e abertura de programas de residência. Em até seis anos, serão aproximadamente R$ 10 milhões em investimentos totais em Codó.

A taxa de inscrição é de R$ 250 para realização da prova online e R$ 150 para ingresso pelas notas obtidas no Enem. As inscrições podem ser realizadas no site da Consultec (Prova Tradicional | ENEM Tradicional | ENEM Bolsista), nos prazos abaixo:

– ENEM Tradicional: até 11/03/2022

-ENEM Bolsista: até 11/03/2022

– Prova Tradicional: até 07/03/2022

Provas online

Devido ao cenário de pandemia de Covid-19, as provas serão realizadas de forma online para garantir a segurança de todos os candidatos, em plataforma disponibilizada pela empresa Consultec, no dia e horário estabelecidos nos editais. Para isso, o candidato terá que dispor de um computador (desktop ou notebook) com câmera e microfone integrados e em perfeito funcionamento; de link de internet com, pelo menos, 10 MB, Sistema Operacional Windows 7, 8, 8.1 ou 10, navegador Google Chrome ou Mozilla Firefox – em versão atualizada.

Também é indispensável possuir o programa Safe Exam Browser-SEB (“Navegador Seguro”), já que toda a avaliação será gravada, assim como as comunicações entre a equipe responsável pela aplicação e os candidatos, com monitoramento da tela do computador e reconhecimento facial do candidato. Independentemente da modalidade de vestibular escolhida, o candidato não poderá se desconectar da plataforma de realização das provas, sob pena de ser considerado desistente e ser eliminado do processo seletivo.

Mais detalhes sobre os requisitos técnicos para a realização da prova podem ser encontrados no edital do vestibular.

RECOMENDAMOS

Continue lendo