Siga-nos!

Destaque

Enem terá prova digital piloto e servirá de acesso ao ensino superior

A intenção do Inep, que é o responsável pelo Enem, é que o exame se torne totalmente digital até 2026.

Publicado

em

Ainda dá para fazer o Enem 2020?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 será o pontapé inicial para uma série de mudanças no exame que vão ocorrer a partir do ano que vem. Esta será a primeira vez que parte dos estudantes fará a prova na versão digital e que o resultado poderá ser usado para concorrer a vagas no ensino superior. O Coordenador Geral de Exames para Certificação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Eduardo Sousa, deu dicas para os estudantes que estão se preparando para as provas e falou sobre o futuro Enem.

Dicas para o Enem Digital

A intenção do Inep, que é o responsável pelo Enem, é que o exame se torne totalmente digital até 2026. As discussões e os testes para que isso seja possível ocorrem desde 2016. Nesta edição, essa mudança começa a virar realidade, 100 mil candidatos farão o exame digital de forma piloto. Os demais inscritos farão a prova em papel, como nos anos anteriores. Ao todo, o Enem teve mais de 5,7 milhões de inscrições confirmadas, de acordo com o Inep.

“Os participantes podem ficar tranquilos. Toda a estrutura que estamos preparando para o Enem digital vai seguir a mesma qualidade da aplicação regular, que é a aplicação em papel”, diz Sousa. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Inep e o Ministério da Educação (MEC) tiveram que adequar o planejamento da aplicação do exame às normas de biossegurança estipuladas pelo Ministério da Saúde e organismos internacionais. O distanciamento de 1,5 metros entre os participantes e o uso obrigatório de máscaras serão garantidos em ambas aplicações.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

De acordo com Sousa, assim como os demais itens do Enem, que passam por testes em escolas em todo o país para que seja verificada a dificuldade e mesmo se o item é capaz de medir o conhecimento dos estudantes, todos os itens do exame digital também foram testados.

Ele explica que o sistema de correção da prova, que utiliza a chamada Teoria de Resposta ao Item , vai ser capaz de identificar assimetrias entre as provas em papel e as provas feitas o computador. Dessa forma, nenhum estudante será beneficiado ou prejudicado por conta do formato do exame escolhido e as provas terão o mesmo nível de dificuldade.

Futuro do Enem

O ensino médio, no Brasil, está passando por mudanças. Desde a aprovação do chamado novo ensino médio, as escolas de todo o país estão se adequando a um formato que pretende aproximar os conhecimentos adquiridos em sala da vida dos estudantes e permitir que eles escolham áreas de estudo que têm mais afinidade. A formação terá uma parte do currículo comum e outra direcionada a um itinerário formativo, escolhida pelo próprio aluno, cuja ênfase poderá ser em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

O Enem será reformulado para que possa melhor avaliar esse estudante. Sousa explica que a digitalização do exame permitirá que haja diferentes modelos de prova, tanto adequadas à formação do estudante, quanto ao objetivo dele, seja uma vaga em medicina, por exemplo, seja uma bolsa no Programa Universidade para Todos (ProUni). Mais direcionada, a prova poderá, inclusive ser menor. “Com o teste adaptativo a gente consegue chegar a uma precisão maior, com 20, 22 itens. É um teste muito mais preciso. O teste adaptativo é o futuro da avaliação”, afirmou o coordenador.

A questão ainda está sendo estudado pelo Inep. Com a pandemia, a implementação do novo ensino médio poderá ser adiada. Segundo Sousa, a expectativa é que apenas em 2024 seja possível avaliar os conhecimentos adquiridos nos itinerários formativos.

Enem Seriado

Antes disso, no entanto, em 2021, começa um novo modelo de avaliação, o chamado Enem Seriado. Trata-se do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que passa a ser anual e, para os estudantes do ensino médio poderá ser usado também como forma de ingresso no ensino superior. Em 2021, são os estudantes do 1º ano do ensino médio que farão o exame. Em 2022, os estudantes do 1º e 2º ano e assim, sucessivamente. Quando concluírem o ensino médio, os alunos poderão usar as notas do 1º, do 2º e do 3º ano para pleitear uma vaga na universidade.

Segundo o coordenador de exames do Inep, as universidades terão que aderir a esse novo sistema e deverão reservar parte das vagas para o Enem seriado. A intenção é que as provas avaliem língua portuguesa e matemática, no 1º e 2º ano e, no 3º ano, as demais áreas do conhecimento e, a partir de 2024, também os itinerários formativos no último ano do ensino médio.

Em fevereiro, de acordo Sousa, o Inep deverá divulgar uma matriz de referência, ou seja um documento com as competências que serão cobradas dos estudantes, pelo menos no 1º ano. “O que esses itens irão pedir? Pensamento crítico. A gente precisa que os alunos tenham pensamento crítico a partir do que estão aprendendo em sala de aula”, antecipou.

Cuidados na pandemia

Por conta da pandemia, o exame de 2020 foi adiado. As provas na versão impressa estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021. A versão digital será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Será obrigatório o uso de máscara durante toda a aplicação. A recomendação é que os candidatos levem outra máscara, para trocá-la durante o exame, seguindo as orientações do Ministério da Saúde. Os participantes devem também manter distância uns dos outros.

Por ocorrer em meio a pandemia, o exame terá outra particularidade. Os participantes que forem diagnosticados com covid-19 ou com outra doença infectocontagiosa, como sarampo, rubéola, varíola e influenza humana A e B, terão outra chance de fazer o exame, na reaplicação da prova. O atestado médico poderá ser enviado ao Inep pela página do participante até um dia antes da aplicação. Caso a doença seja confirmada no dia do exame, o participante deverá entrar em contato pelo telefone 0800616161.

O coordenador do Inep participou da Evo Live, promovida pela Evolucional, startup de educação que oferece simulados e estudos de desempenho para escolas de todo o país. O vídeo, na íntegra, está disponível na internet.

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Inscrições abertas para o Desafio de Bolsas de Estudo da USF

São bolsas de estudo de até 100% na Universidade São Francisco (USF).

Publicado

em

por

A Universidade São Francisco (USF) está com inscrições abertas para o Desafio Online, concurso de bolsas de estudos para ingressantes nos cursos de graduação presenciais no 1° semestre de 2024. São bolsas de estudo de até 100%. Saiba mais em usf.edu.br/desfio.

As inscrições são gratuitas e o Desafio consiste em uma prova de redação online. Os interessados também podem utilizar a nota do Enem, de 2019 a 2023. Inscrições até 10 de junho ou enquanto houver vagas.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

As bolsas de estudo variam de 35% a 100% de acordo com a pontuação obtida na redação. O candidato tem acesso ao resultado 1 dia após a realização da prova pelo site. A oportunidade é válida para todos os cursos presenciais da USF, exceto medicina.

Desconto por pontuação

45 a 65 – 35% de desconto = (32 + 3% de pontualidade);

65,1 a 75 – 45% de desconto = (42% + 3% de pontualidade);

75,1 a 95 – 50% de desconto = (47% + 3% de pontualidade);

95,1 a 100 – 100% de desconto

Matrícula com 50% de desconto para os cursos presenciais.

Além do desconto de 50% na matrícula.

*Há vagas limitadas para os cursos de Direito, Psicologia e Odontologia do Câmpus Bragança Paulista e para os cursos de Biomedicina, Direito, Farmácia e Psicologia do Câmpus Campinas.

Cursos presenciais ofertados:

Câmpus Bragança Paulista

Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, e Psicologia.

Câmpus Itatiba

Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Nutrição, Pedagogia e Psicologia.

Câmpus Campinas (Swift)

Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia e Psicologia.

Câmpus Campinas (Cambuí)

Direito, Gastronomia e Nutrição.

Câmpus Campinas – Sagrado Coração

Biomedicina, Enfermagem, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica e Psicologia

Para participar, o candidato precisa ter concluído o Ensino Médio até a data da matrícula; e não ter vínculo anterior com a USF. Mais informações pelo site usf.edu.br/desafio ou pelo WhatsApp 11 94467-9295

Continue lendo

Destaque

Inscrições para o Vestibular de Medicina da FACERES vão até 26/4

Localizada em São José do Rio Preto – SP, a Faculdade de Medicina FACERES oferece uma excelente oportunidade para aqueles que desejam ingressar na área da saúde

Publicado

em

por

Vestibular de Medicina Faceres

Localizada em São José do Rio Preto – SP, a Faculdade de Medicina FACERES oferece uma excelente oportunidade para aqueles que desejam ingressar na área da saúde. Reconhecido pelo MEC, o curso de medicina da instituição obteve a nota máxima (5) no recredenciamento e nota 4 no conceito ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes).

Destaca-se ainda que a graduação é reconhecida pelo SAEME (Sistema de Acreditação de Escolas Médicas), avaliação promovida pela ABEM (Associação Brasileira de Educação Médica) e pelo CFM (Conselho Federal de Medicina), órgão que congrega todos os CRM (Conselhos Regionais de Medicina). Além disso, é filiada à AMEE (Associação para a Educação Médica na Europa), à WFME (Federação Mundial de Educação Médica) e credenciada pelo Colégio Americano de Cirurgiões (American College of Surgeons) no programa ATLS (Advanced Trauma Life Support). A FACERES também participa do Programa Erasmus+, uma rede de intercâmbios com universidades europeias, e da Rede Acadêmica das Ciências da Saúde da Lusofonia – RACS.
Como um marco importante, a FACERES é a primeira faculdade de medicina do interior paulista a obter a Certificação ISO 9001 e a quarta do Brasil.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Entre as capacitações exclusivas oferecidas, destacam-se:

  • Formação em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais);
  • Certificação “LS” (Life Support) pela A.H.A. (American Heart Association – Associação Americana de Cardiologia), que inclui BLS (Suporte Básico de Vida), ACLS (Urgências em Cardiologia) e PALS (Urgências em Pediatria).

A infraestrutura institucional da faculdade conta com:

  • Um dos maiores centros de Simulação Realística (adulto, pediátrico e obstétrico) do país;
  • Uma biblioteca física com mais de 20 mil livros e uma biblioteca online com mais de 7 mil e-books atualizados de medicina;
  • 25 laboratórios equipados com alta tecnologia;
  • Rede de estágio com Unidades Básicas de Saúde disponíveis em 3 cidades da região para inserção precoce no sistema de saúde;
  • 04 UPAS à disposição do curso para treinamento de urgência e emergência;
  • Centro de Medicina de Família e Comunidade integrado à rede pública de saúde;
  • 07 hospitais de diferentes complexidades;
  • Mais de 1.600 leitos disponíveis para estágio e internato.

DIFERENCIAIS PEDAGÓCICOS

Os diferenciais pedagógicos da FACERES incluem:

  • Projeto pedagógico moderno e inovador, em conformidade com as melhores escolas médicas do mundo;
  • Corpo docente altamente qualificado;
  • Inserção precoce na rede de atenção à saúde desde o primeiro semestre do curso;
  • Uso de várias metodologias ativas de ensino-aprendizagem;
  • Uso intensivo de tecnologias de ensino-aprendizagem, como mesas anatômicas digitais, realidade virtual, cliquers, simuladores de alta fidelidade, robôs, teleconferências, entre outros;
  • Mais de 100 eventos científicos anuais para atualização de médicos e alunos;
  • Programa de Iniciação Científica e Pesquisa.
  • Com alta taxa de aprovação em residência, a FACERES oferece uma estrutura inovadora que contribui para o sucesso na formação médica, fazendo a diferença no mercado de trabalho. A missão da Faculdade de Medicina FACERES é formar profissionais aptos a atuar de forma ética, humanística, técnica e sustentável, enfrentando os desafios atuais e futuros do sistema de saúde e da sociedade.

LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA

São José do Rio Preto está entre as três melhores cidades para se viver no Brasil, segundo dados do Índice de Desafios da Gestão Municipal (IDGM), realizado pela Macroplan, proporciona um ambiente propício para o aprendizado e desenvolvimento profissional. Além disso, a cidade é considerada um polo nacional de saúde, com oito hospitais gerais, aproximadamente 30 unidades básicas de saúde, prontos-atendimentos e prontos-socorros, atendendo a uma população de aproximadamente 2 milhões de pessoas entre as redes pública e privada de saúde, e oferece acesso fácil a aeroportos e rodovias.

Vestibular de Medicina Faceres

Inscrições até 26 de abril de 2024

Data da prova: 05 de maio de 2024

Locais da prova: Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), São José do Rio Preto (SP), São Paulo (SP), Uberaba (MG) e Uberlândia (MG)

O processo seletivo é composto por questões objetivas na forma de teste de múltipla escolha e redação, com 60 vagas disponíveis.

Inscrições: https://faceres.com.br/cursos/medicina/vestibular

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Pedidos de isenção da taxa do Enem podem ser feitos até sexta-feira

Os pedidos devem ser feitos pela Página do Participante, com o login único do Gov.br.

Publicado

em

por

Enem 2024

Termina na próxima sexta-feira (26) o prazo para pedir a isenção de pagamento da taxa de inscrição para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os pedidos devem ser feitos pela Página do Participante, com o login único do Gov.br.

Têm direito a fazer o Enem de graça os alunos matriculados no 3º ano do ensino médio em 2024, em escola pública, e quem fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada. Também podem ser beneficiados participantes do programa Pé-de-Meia, do Ministério da Educação, e alunos de famílias de baixa renda – com registro no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

O estudante que teve isenção no Enem 2023, mas não compareceu aos dois dias do exame, e quer participar da edição de 2024 gratuitamente precisa justificar a ausência. O prazo para a justificativa também encerra em 26 de abril.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O Enem é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni). Os resultados do Exame são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo