Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Enem-Unicamp 2023

O prazo para preencher o formulário do Vestibular Enem-Unicamp 2023 vai até o dia 30/11.

Publicado

em

As inscrições para o Vestibular Enem-Unicamp estão abertas e podem ser feitas entre os dias 1º e 30 de novembro (até as 17 horas), no site da Comvest. A taxa de inscrição é de 30 reais e o pagamento poderá ser feito até o dia 5 de dezembro. Candidatos que receberam a isenção da taxa devem preencher um formulário específico. É possível fazer até duas opções de curso. Os candidatos poderão utilizar somente as notas do Enem do ano vigente.

As vagas oferecidas pela modalidade Enem-Unicamp são distribuídas da seguinte forma: 50% para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas ou que tenham obtido a certificação do Ensino Médio pelo ENEM até o ano de 2016 ou exames oficiais; 50% para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas ou que tenham obtido a certificação do Ensino Médio pelo ENEM até o ano de 2016 ou exames oficiais e sejam autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Assim, o total de vagas via Enem é de 20% das vagas da graduação.

Os candidatos convocados deverão apresentar os documentos comprobatórios de seu perfil de inscrição (ver no Edital), no momento da matrícula. Caso não apresentem, estarão eliminados e terão a matrícula na Unicamp negada.

Provas

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

As provas do Enem são de responsabilidade do Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa Anísio Teixeira (INEP), vinculado ao Ministério da Educação. A cada curso são associadas notas mínimas de corte de acordo com a “Tabela de pesos e notas mínimas”, no Anexo II do Edital. Os candidatos que não atingirem os critérios de nota mínima serão eliminados do processo. Com relação à nota de redação, será utilizada a nota bruta informada pelo INEP.

Assim como no Vestibular Unicamp, para ter direito às cotas por critério étnico-racial, os estudantes autodeclarados pretos ou pardos deverão possuir traços fenotípicos que os caracterizem como negro, de cor preta ou parda. Esses estudantes deverão assinar e subir no sistema, no ato da matrícula, uma declaração, especificada no Edital. Os candidatos optantes pelas cotas étnico-raciais deverão ser submetidos a uma Comissão de Averiguação, designada pela Diretoria Executiva de Direitos Humanos. Os optantes pelas vagas indígenas também deverão apresentar a declaração e poderão ser submetidos a uma Comissão de Averiguação.

Matrículas

Haverá até cinco chamadas para matrículas online, que seguirão o calendário do Vestibular Unicamp 2023.

Os interessados poderão se inscrever concomitantemente em mais de um dos sistemas de seleção da Unicamp (Vestibular Unicamp, modalidade Enem-Unicamp, Vestibular Indígena e modalidade Vagas Olímpicas). Na época das chamadas, caso um candidato tenha sido convocado para matrícula em um mesmo curso, na mesma chamada, no Vestibular e no Enem-Unicamp, a vaga a ser preenchida será a do vestibular. Caso um candidato tenha sido convocado para matricula em cursos diferentes, na mesma chamada, no Vestibular e no Enem-Unicamp, o candidato fará opção, no momento da matrícula. Ao efetivar a sua matrícula em um dos sistemas, o candidato será excluído, automaticamente, da lista de classificação dos demais sistemas de ingresso. Caso esteja inscrito no mesmo curso, seja convocado em qualquer sistema e não realize sua matrícula, terá seu nome excluído das chamadas em outros sistemas.

Candidatos que tenham concluído algum curso de graduação ou pós-graduação em instituição pública (federal, estadual ou municipal) não poderão concorrer na modalidade Enem-Unicamp.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Arquitetura e Urbanismo um curso de graduação que combina criatividade, inovação e responsabilidade ambiental

Criatividade, Sustentabilidade e Tecnologia: seja um arquiteto e urbanista inovador que soluciona os desafios da atualidade!

Publicado

em

por

A Arquitetura e o Urbanismo no Brasil têm uma história rica e variada, que vai desde a época da colonização portuguesa até os dias de hoje. Cada fase trouxe influências diferentes, criando um cenário cheio de arte e inovação.

Os desafios da Arquitetura e Urbanismo no país são muitos e complexos, exigindo soluções inovadoras e uma abordagem integrada. É fundamental que governo, sociedade e profissionais da área estejam à frente e trabalhem juntos para construir cidades mais justas, sustentáveis e inclusivas. A busca por soluções que melhorem a qualidade de vida urbana, preservem o meio ambiente e respeitem o patrimônio cultural é crucial para o futuro das cidades brasileiras.

Desafios da Atualidade

O Urbanismo no Brasil enfrenta vários desafios, como o rápido crescimento das cidades, a desigualdade social e a necessidade de infraestrutura adequada. Grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, lidam com questões complexas, como transporte, habitação e a integração de comunidades.
Legislações como o Estatuto da Cidade, de 2001, buscam promover um desenvolvimento urbano mais inclusivo e sustentável, pensando no equilíbrio ambiental, no bem coletivo, na segurança e no bem-estar de todos.

Crescimento Urbano Desordenado

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O crescimento rápido e muitas vezes desordenado das cidades brasileiras é um dos maiores desafios. A urbanização acelerada, especialmente nas últimas décadas, resultou em áreas periféricas mal planejadas, com infraestrutura inadequada e falta de serviços básicos. Isso leva a problemas como engarrafamentos, falta de saneamento e dificuldade de acesso a serviços de saúde e educação.

Desigualdade Social

A desigualdade social é um problema persistente no Brasil e se reflete na forma como as cidades são estruturadas. Áreas ricas e bem planejadas convivem ao lado de comunidades e bairros carentes, onde a falta de infraestrutura é evidente. Essa segregação espacial gera exclusão social e dificulta a integração e o desenvolvimento urbano sustentável.

Mobilidade Urbana

O transporte público muitas vezes não é eficiente ou abrangente o suficiente para atender às necessidades da população. Isso resulta em um uso excessivo de veículos particulares, contribuindo para congestionamentos, poluição do ar e aumento dos tempos de deslocamento. Melhorar a mobilidade e o transporte público e promover modos de deslocamento sustentáveis, como ciclismo e caminhadas, são metas importantes.

Sustentabilidade Ambiental

As cidades brasileiras precisam se adaptar às mudanças climáticas, melhorar a eficiência energética e reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Projetos de construção sustentável e urbanismo verde, que incluem áreas verdes, telhados verdes, jardins de chuva e o uso de materiais ecológicos, estão ganhando destaque, mas ainda há muito a ser feito.

Patrimônio Histórico

Muitas cidades brasileiras possuem um rico acervo de edifícios históricos que precisam ser preservados e integrados ao desenvolvimento urbano moderno. A falta de recursos e a pressão por novos empreendimentos podem levar à deterioração ou destruição de patrimônios culturais importantes.

Infraestrutura e Serviços Básicos

A infraestrutura deficiente e a falta de serviços básicos em muitas áreas urbanas e rurais são problemas graves. Isso inclui a necessidade de melhorias em saneamento básico, abastecimento de água, energia elétrica e serviços de saúde. A falta desses serviços essenciais impacta negativamente a qualidade de vida e a saúde da população.

Planejamento Urbano Integrado

Cidades crescem sem um planejamento adequado, resultando em uso ineficiente do solo e problemas de conectividade. Planos diretores e políticas urbanas que considerem a participação da comunidade e a integração de diferentes setores são essenciais para um desenvolvimento urbano sustentável.

E aí, está preparado(a) para solucionar problemas tão complexos?

A visão da Mauá na construção e a integração de edificações ao contexto urbano vem da base sólida da Engenharia Civil e da base criativa e artística do Design. Isso significa que, ao criar projetos inovadores, você se apoiará na compreensão aprofundada das estruturas, materiais e soluções que garantem qualidade dos ambientes que cria, considerando também a harmonia, estética e bem-estar com o entorno urbano.

Seja parte da transformação em direção a um mundo construído de maneira melhor e mais criativa. Seu futuro começa aqui, onde a Arquitetura encontra a Tecnologia e a Inovação! maua.br/vestibular

Continue lendo

Destaque

Vestibular Medicina FAMINAS 2024: última semana de inscrições pela prova presencial

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

Publicado

em

por

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

As inscrições para o Vestibular de Medicina da FAMINAS ainda estão abertas! Mas atenção: esta é a última semana para garantir sua candidatura POR AQUI!

O término das inscrições acontecerá no dia 31 de maio, e o exame será aplicado no dia 8 de junho, com opção de realização nas cidades de Belo Horizonte, Muriaé, Governador Valadares, Campos dos Goytacazes, Montes Claros, Vitória e Goiânia.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O processo é unificado: a inscrição pode valer tanto para a unidade da FAMINAS em Belo Horizonte quanto para Muriaé (com o valor de R$450,00), ou para somente uma das unidades a critério do vestibulando (valor R$350,00).

Dê um passo no caminho para realizar o seu sonho! Faça sua inscrição no Vestibular de Medicina da FAMINAS por AQUI!

Ainda tem alguma dúvida sobre o processo ou sobre a FAMINAS? Converse com nosso time pelo WhatsApp (31) 2126-3100 ou pelo e-mail vestibular@faminas.edu.br.

Medicina FAMINAS: um mundo de possibilidades

Na sua trajetória durante o curso, você irá:

• Imergir completamente na área médica, com laboratórios tecnológicos e inovadores.
• Aprender da teoria à prática.
• Participar de projetos de extensão e iniciação científica.
• Desenvolver atividades junto à comunidade.
• Ter contato com professores especialistas nas áreas.
• Adquirir vivência na área através de estágios em hospitais e clínicas.
• Ganhar a oportunidade de fazer intercâmbios nacionais e internacionais.
• Ser o agente transformador que a sociedade precisa.

 

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Vestibular UEL 2025 que ofertará 2.544 vagas. Confira as normas!

Para a edição deste ano, o preço público fixado para a inscrições no Vestibular UEL foi de R$ 181,00.

Publicado

em

por

Vestibular UEL 2022 é aprovado para 6 de março em fase única

A Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops) da UEL tornou públicas, na tarde desta sexta-feira (24), definições importantes relacionadas ao Vestibular UEL 2025 envolvendo as normas do processo seletivo, o número de vagas ofertadas e o preço público da inscrição.

Conforme a Resolução Cepe nº 026/2024, aprovada em reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) na última quinta (23), serão ofertadas 2.544 vagas em 53 cursos de graduação, considerando turnos e habilitações. Constam ainda no documento as diversas regras para o processo seletivo, como o número de vagas para cada curso e as três disciplinas cobradas na Prova de Conhecimentos Específicos, sendo a de Sociologia obrigatória para todos os cursos, incluindo o novo curso de Ciência de Dados e Inteligência Artificial (IA). O Manual do Candidato 2024, que contém o conteúdo programático do concurso, será divulgado até o dia 1º de julho, segundo a Cops.

Já nesta quarta (22), o Conselho de Administração (CA) da UEL definiu o preço público da inscrição do Vestibular UEL 2025. Para a edição deste ano, o preço público fixado foi de R$ 181,00. A Resolução CA nº022/2024 foi publicada no site da Cops.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Segundo a coordenadora de Processos Seletivos da UEL, Sandra Garcia, o reajuste foi necessário em decorrência dos custos estimados para a realização do Vestibular. Nesse sentido, diz Sandra, o Conselho de Administração da UEL levou em consideração o índice inflacionário dos preços do último ano, acumulado em 3,14%, elevando o valor em cinco reais em comparação com a edição anterior, R$ 176,00. Entretanto, o valor ainda acompanha a média adotada por Instituições de Ensino Superior (IES) do Paraná e de outros estados.

Outra novidade, conforme a resolução do Cepe, é que para os cursos com concorrência igual ou menor a um candidato por vaga a prova passa a ser classificatória, ou seja, desde que o candidato não tenha nota final zero, ele será classificado no Processo Seletivo Vestibular 2025.

Isenção

A Cops reforça que os candidatos interessados na isenção do pagamento têm até às 17h do dia 6 de junho para solicitarem o direito por meio do Número de Identificação Social (NIS), atribuído por meio do CadÚnico do Governo Federal. Neste caso, a isenção será integral, considerando o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, conforme Decreto Federal nº 6.135/2007. O candidato deverá ser membro de família de baixa renda, nos termos do mesmo decreto.

Em seguida, entre os dias 18 de junho e 1º de julho, o Serviço de Bem-Estar à Comunidade (Sebec) irá realizar o processo de análise socioeconômica. Por meio desta modalidade, os candidatos podem obter desconto integral e parcial, de 30% e 50% do valor da inscrição.

As inscrições para o Vestibular UEL 2025 terão início no dia 18 de julho e somente serão efetivadas mediante o pagamento do preço público, o que também pode ser realizado via PIX.

Fonte: O Perobal UEL

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo