Siga-nos!

Destaque

Floresta sem Fim intensifica pesquisas da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa relacionadas ao desenvolvimento sustentável

O projeto inclui os sete Núcleos de Pesquisa que a Faculdade possui para realização de estudos entre professores e alunos de Administração, Direito, Economia e Engenharias

Publicado

em

Floresta sem Fim intensifica pesquisas da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa relacionadas ao desenvolvimento sustentável

A preocupação com o meio ambiente tem aumentado cada dia mais. Por isso, empresas de diferentes setores buscam reduzir os impactos negativos de suas atividades. Com intuito de colaborar com esse processo, a ESEG – Faculdade do Grupo Etapa desenvolveu o projeto Floresta sem Fim para realização de estudos relacionados aos biomas brasileiros e engloba os sete Núcleos de Pesquisa da faculdade – Criatividade Aplicada; Economia e Finanças; Empreendedorismo; Inteligência Artificial e Robótica; Logística; Práticas Jurídicas; e Sustentabilidade.

Floresta sem Fim intensifica pesquisas da ESEG

Exemplo de estudo sendo realizado no Núcleo de Inteligência Artificial e Robótica e que pode ajudar no desenvolvimento sustentável como parte da Logística é o uso de blockchain na cadeia de suprimentos da soja. O projeto Agrotech, da aluna de Engenharia de Produção da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa, visa tornar os processos produtivos mais transparentes com a implementação de dispositivos tecnológicos. “Consiste na instalação de sensores que captam dados do mundo real físico e os insere em uma cadeia de blockchain, no mundo virtual. Com isso, espera-se que o cliente final possa, por meio de um QR Code, visualizar todo o histórico do produto cuja matéria-prima é a soja”, explica Cilmara Lopes.

“Por meio desse sistema, uma vez que os dados são coletados, poderemos desenvolver e aplicar agentes artificialmente inteligentes na produção. Portanto, espera-se também que o produtor possa reduzir desperdícios e ganhar produtividade, ao mesmo tempo que, com maior eficiência e transparência em seus processos, se insere no contexto global de sustentabilidade cada vez mais necessário e exigente”, comenta o professor mestre Marcel Dallaqua, coordenador do Núcleo de Inteligência Artificial e Robótica da Instituição.

Outro projeto relevante para conscientizar as pessoas sobre a preservação das florestas é o game Exodus, idealizado pelo aluno de Engenharia de Produção, Lucas Finezi. O jogo tem como enredo a destruição do Planeta e, em consequência, o exílio da humanidade fora da Terra. Entretanto, após alguns anos, ela precisa voltar. O dever de cada jogador é tornar essa missão possível por meio da administração de recursos e reestruturação ambiental sob a ótica do desenvolvimento sustentável e economia circular. “O game está separado em quatro expedições, que são liberadas a cada 20 anos. Na primeira, o jogador parte do ponto zero com numerosos desafios; a segunda é a parte de recuperação da infraestrutura já construída, além de desenvolvê-la; a terceira expedição tem foco em grande desenvolvimento e no trabalho em grupo, tornando os desafios mais simples; por fim, tem o desenvolvimento pleno da colônia que deve tornar a Terra viável para sobrevivência novamente”, explana Finezi.

Dentro da temática de Criatividade Aplicada, a linha de pesquisa está voltada ao estudo dos recursos que cada bioma oferece e que servem de sustento para as famílias que vivem no local. “Esses povos se inspiram nos elementos da cultura local para criar itens de vestuário ou decoração para garantir alguma renda. O projeto Ecoinovação surge com a ideia de aumentar o valor agregado do que é produzido”, explana o professor doutor Fernando Jardim, coordenador do Núcleo. “Esses produtos podem ser desenvolvidos com plantas, galhos, que podem ser encontrados caídos, sem agredir o bioma”.

Ainda com relação à valorização das florestas, o Núcleo de Economia e Finanças estuda quanto elas valem hoje e no futuro. “É de conhecimento de todos a importância das florestas com relação a diversos fatores, entre eles a distribuição de chuvas pelas regiões. Entretanto, a pesquisa busca identificar o valor econômico que elas possuem”, relata o coordenador do Núcleo, professor doutor Fernando Umezu.

No Núcleo de Sustentabilidade, o projeto consiste no estudo da comercialização de créditos de carbono e suas tecnologias envolvidas. Assim, é possível neutralizar o dióxido de carbono emitido pelas indústrias”, explica o professor doutor Carlos Cerqueira, coordenador do Núcleo de Sustentabilidade.

“Por mais que as linhas de pesquisa tenham um Núcleo principal, é inevitável que um não converse com o outro. E o Floresta sem Fim surgiu exatamente com esse propósito, que docentes, discentes, empresas e voluntários que queiram contribuir com as pesquisas do projeto tenham uma vivência 360, que é o que acontece no mercado de trabalho e em várias áreas de nossa vida”, afirma o coordenador-geral de Graduação da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa, professor mestre Marcelo Carvalho. “Além desses estudos, também está incluso no Floresta sem Fim práticas de Direito Ambiental, Empreendedorismo, palestras, debates e parcerias com empresas”.

O Floresta sem Fim vai ao encontro com o que o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, relatou na 26ª Conferência das Partes (COP26) – em Glasgow, na Escócia. Para ele, a pesquisa científica deve ser aplicada para solucionar problemas enfrentados no Brasil, como o desenvolvimento econômico social, por meio dos recursos naturais.

A ESEG – Faculdade do Grupo Etapa está com inscrições abertas para o processo seletivo do 1º semestre de 2022, para os cursos de Administração, Direito, Economia, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção. Tanto no vestibular quanto com a utilização da nota do Enem, o candidato pode conquistar uma bolsa de estudo válida até o fim da graduação.

Serviço

Processo Seletivo ESEG 2022 – 1º Semestre

Cursos: Administração, Economia, Direito, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção

Provas digitais
16/12/2021, às 18h – Inscrições até as 23h59 de 15/12/2021
18/12/2021, às 9h – Inscrições até as 14h de 17/12/2021

Prova presencial
29/01/2022, às 13h – Inscrições até as 17h de 28/01/2022

Taxas

Vestibular: R$ 45,00
Enem: isento

Inscrição e mais informações: eseg.edu.br/vestibular2022

Destaque

Graduação FIAP está com turmas abertas para 2022

LET’S START A BETTER FUTURE.

Publicado

em

por

Graduação FIAP está com turmas abertas para 2022

No momento em que o mundo inteiro está olhando para o futuro, é hora de cada um começar a criar o seu. Para isso, é fundamental estar sempre conectado à tecnologia, à inovação e à humanidade: os grandes drivers que vão construir um melhor amanhã.

De Inteligência Artificial a Jogos Digitais, de Computação na Nuvem (Cloud) a Defesa Cibernética, a Graduação FIAP tem 15 cursos presenciais e online. Cada um deles abre novas possibilidades, ampliando o conhecimento exponencialmente, desenvolvendo novos skills e ajudando a transformar o mundo.

O aluno vai dominar os conteúdos mais relevantes do presente. Estudar em laboratórios e salas com infraestrutura avançada ou em uma multiplataforma digital. Participar de projetos reais de grandes empresas. Personalizar sua jornada com Nano Courses em diferentes áreas. E, ainda, vai criar a sua própria startup.

Venha pensar e criar o novo na FIAP.

Let’s rock the future.

Continue lendo

Destaque

Locais de Prova – Vestibular UFRGS 2022 – Provas 12 e 13/02/22

Os 15.234 inscritos no Concurso Vestibular 2022 da UFRGS já podem consultar os locais de prova individualmente no Portal do Candidato.

Publicado

em

por

UFRGS publica edital do PS 2021/2, com oferta de 1.418 vagas

Os 15.234 inscritos no Concurso Vestibular 2022 da UFRGS já podem consultar os locais de prova individualmente no Portal do Candidato. A seleção será realizada nos dias 12 e 13 de fevereiro, em sete municípios do Rio Grande do Sul. Além de Porto Alegre, Bento Gonçalves, Imbé e Tramandaí, locais tradicionais de realização, a edição deste ano será aplicada também em Canoas, Novo Hamburgo e Gravataí, com o objetivo de diminuir os deslocamentos dos participantes durante este período de pandemia. A Comissão Permanente de Seleção (Coperse) indica o comparecimento aos locais de prova até as 14h30, pois os portões serão fechados pontualmente às 15h, horário de aplicação nos dois dias.

Além do documento de identificação, diante da pandemia de covid-19, a Coperse estabelece os seguintes protocolos obrigatórios para o acesso aos locais de prova:

1) Usar máscara, preferencialmente do tipo N95 ou PFF2;

2) apresentar comprovante impresso de vacinação contra a covid-19 – com, no mínimo, duas doses;

3) levar garrafa com água (os bebedouros das escolas estarão desativados).

Para o preenchimento dos cadernos de prova e cartões de resposta, os participantes devem levar caneta esferográfica de tinta azul ou preta. A Coperse reforça que o documento de identidade deve ser apresentado em todos os dias de aplicação das provas.

Os gabaritos serão divulgados no dia seguinte ao de aplicação do Vestibular, 13 e 14 de fevereiro, às 9h, no site: https://vestibular.ufrgs.br. E o listão de aprovados está programado para até 25 de fevereiro. São oferecidas 3.980 vagas em 89 opções de curso. Mais detalhes sobre a aplicação das provas e o cronograma do processo seletivo estão no Manual do Candidato.

Provas

12/2 – História, Língua Portuguesa, Literatura, Matemática e Redação (5h30)

13/2 – Biologia, Física, Geografia, Língua Estrangeira e Química (5h50)

Sabatistas

No dia 12 de fevereiro, os candidatos que indicaram na inscrição a condição de sabatista, guardador do sábado por convicção religiosa, devem ingressar no local de prova até o horário indicado para todos os participantes e aguardar em isolamento o horário adaptado para a realização das provas: 19h, não podendo, durante esse período de espera, realizar consulta, comunicação ou manifestação. No dia 13, esses candidatos realizam as provas nas mesmas condições dos demais vestibulandos.

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Saiba como funciona a Internet das Coisas, fusão entre os mundos virtual e real

Cada vez mais utilizada, a tecnologia visa melhorar diferentes serviços de forma prática e rápida

Publicado

em

por

Saiba como funciona a Internet das Coisas, fusão entre os mundos virtual e real

Internet das Coisas é um recurso que conecta objetos cotidianos a uma rede de dispositivos por meio de sensores, softwares e chips. Mas você sabe como isso nos impacta?
Com um mundo cada vez mais interligado, a IoT – sigla para o termo em inglês Internet of Things – tem a missão de facilitar a nossa vida. Alguns exemplos simples estão nas questões do dia a dia, como os robôs aspiradores, as lâmpadas que podem acender, apagar ou mudar de cor por um comando de voz e as geladeiras que acessam as redes sociais ou fazem a lista de compra automaticamente quando verificam a falta de algum alimento.

O professor da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa, Luiz Fernando Durão, explica por que a Internet das Coisas é tão importante e relevante para a sociedade. “Quando precisamos de aplicações remotas, a tecnologia vem para suprir necessidades. Imagine que exista um médico especialista em uma cidade e que ele precise realizar uma cirurgia de emergência em um paciente que está em outro município. A conexão de internet estável, como a proporcionada pelo 5G, torna possível que esse médico realize o procedimento sem nem sair do lugar, por meio de um robô”, exemplifica Durão.

Na área de Engenharia de Produção, a Internet das Coisas se torna relevante quando alia a conectividade aos produtos e serviços oferecidos. “Antes, nós éramos totalmente dependentes das anotações dos operadores, o que poderia gerar o chamado ‘erro de observação’, pois sempre há a probabilidade de cometermos erros na visualização de dados. A partir do momento em que temos uma conexão da máquina ao sistema de informação, ou seja, a máquina conectada a sensores altamente capacitados que transmitem dados pela internet, conseguimos ter, em tempo real, as informações do processo produtivo e conseguimos tomar decisões como a de manutenção, por exemplo, antes mesmo da máquina quebrar”, analisa o professor.

A Internet das Coisas veio para ficar e está crescendo, chegando para somar à segurança, praticidade e o bem-estar, como em fechaduras eletrônicas que abrem ou se fecham a distância, aparelhos de ar-condicionado que se adequam automaticamente à temperatura do ambiente e sensores agrícolas que monitoram a previsão do tempo para a irrigação na hora certa. Por isso, cada dia mais você verá essa aplicação e acompanhará seu desenvolvimento, pois essa tecnologia chegou para mudar a forma em que vemos a conexão entre homem e máquina, sendo esta a protagonista.

Vestibular ESEG 2022

A ESEG – Faculdade do Grupo Etapa está com inscrições abertas para o processo seletivo do 1º semestre de 2022. O candidato pode escolher entre as modalidades presencial e digital e, ainda, conquistar bolsa de estudo de acordo com a nota obtida. Também pode ingressar utilizando a nota do Enem, além das opções de segunda graduação e transferência.

Serviço

Processo Seletivo ESEG 2022 – 1º Semestre

Cursos: Administração, Direito, Economia, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção

Provas presenciais

29/01/2022, às 13h – Inscrições até 28/01, às 14h
12/02/2022, às 13h – Inscrições até 11/02, às 14h
Rua Apeninos, 960, Paraíso

Provas digitais

03/02, às 18h – Inscrições até 02/02, às 23h59
05/02, às 9h – Inscrições até 04/02, às 14h

Inscrição e mais informações: https://lp.eseg.edu.br/vestibular/

Continue lendo