Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

Inscrições para o Vestibular Cederj 2021.2 são prorrogadas até 13 de junho

Com a extensão do prazo, o candidato tem até o dia 14 de junho para realizar o pagamento do boleto bancário.

Publicado

em

Inscrições para o Vestibular Cederj 2021/2 vão até 10/6

As inscrições para a 39ª edição do Vestibular Cederj, que oferece 7.574 vagas para o segundo semestre letivo de 2021, foram prorrogadas até o dia 13 de junho. Com a extensão do prazo, o candidato tem até o dia 14 de junho para realizar o pagamento do boleto bancário. Todas as informações estão disponíveis no site da Fundação Ceperj, que é a organizadora do concurso.

Vestibular Cederj 2021.2

A prova está prevista para ser realizada no dia 11 de julho. Os aprovados serão alunos regularmente matriculados em uma das instituições do Consórcio Cederj (Cefet/RJ, Uenf, Uerj, UFF, UFRJ, UFRRJ ou UniRio), que é coordenado pela Fundação Cecierj, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O Vestibular Cederj 2021.2 oferece 16 cursos, entre licenciatura (História, Ciências Biológicas, Física, Geografia, Letras, Matemática, Pedagogia, Química e Turismo), bacharelado (Administração, Administração Pública, Ciências Contábeis e Engenharia de Produção) e tecnólogo (Sistemas de Computação, Gestão de Turismo e Segurança Pública). Podem participar do concurso os candidatos que tenham concluído ou venham a concluir o Ensino Médio ou equivalente até a data da matrícula.

Os interessados devem acessar o site www.ceperj.rj.gov.br, preencher e enviar o formulário de inscrição e, ao final, imprimir o boleto bancário. A taxa é no valor de R$ 85. Em caso de dúvida, a pessoa deve enviar um e-mail para vestibular@cecierj.edu.br. Os candidatos que desejarem usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) deve estar atento às regras definidas, no edital, por cada universidade. O Vestibular Cederj 2021.2 contará com o aproveitamento de notas de mais de uma edição do ENEM.

Os que desejarem fazer uso do que dispõe o Decreto Estadual nº 43.065, de 08/07/2011, que trata dos direitos de travestis e transexuais em utilizarem o nome social na administração direta e indireta do Estado do Rio de Janeiro, deverão enviar e-mail formalizando seu pleito para vestibular@cecierj.edu.br, informando seu número de requerimento e o nome a ser inserido como nome social.

Os cursos ofertados são semipresenciais e utilizam ferramentas de estudo e interação, tais como: material didático próprio, especialmente preparado para educação a distância, impressos, videoaulas e recursos multimeios; sistema de apoio à aprendizagem, baseado em duas formas de tutoria: a tutoria presencial, que ocorre no polo regional mais próximo do aluno, e a tutoria a distância, que conta com mediadores presentes nas salas de tutoria das universidades, aos quais o estudante tem acesso por meio da plataforma CEDERJ; processo de avaliação presencial, realizado nos polos regionais, similar àquele utilizado para avaliar os estudantes nos cursos presenciais das universidades; a plataforma CEDERJ, um ambiente virtual de aprendizagem que disponibiliza ferramentas que garantem recursos pedagógicos, atividades e interatividade; laboratórios didáticos de Biologia, Computação, Física e Química nos polos regionais para atividades práticas.

Serviço:

Data final de inscrição: dia 13 de junho

Valor da inscrição: R$ 85

Link para inscrição: www.ceperj.rj.gov.br

RECOMENDAMOS

Destaque

MEC estuda criação da primeira universidade federal digital do país

O Ministério da Educação (MEC) planeja criar uma universidade federal digital para, segundo o ministro Milton Ribeiro, ampliar o acesso dos estudantes de todo o país à rede pública federal de ensino.

Publicado

em

por

O Ministério da Educação (MEC) planeja criar uma universidade federal digital para, segundo o ministro Milton Ribeiro, ampliar o acesso dos estudantes de todo o país à rede pública federal de ensino.

“Queremos criar a primeira universidade federal digital no país e ampliar o acesso a todos”, disse o ministro ao participar, ontem (16), de audiência pública na Comissão de Educação do Senado.

Um documento preliminar do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, de maio deste ano, cita a avaliação de viabilidade da iniciativa entre as metas da Secretaria de Educação Superior (Sesu-MEC) para promover a educação à distância nas instituições federais de ensino superior por meio do programa Reuni Digital.

Hoje, no Senado, o ministro Milton Ribeiro disse que a iniciativa segue o modelo já implementado por outros países e respeita as diretrizes, metas e estratégias definidas no Plano Nacional de Educação (PNE). De acordo com o ministro, o uso das modernas tecnologias de informação podem baratear os custos do ensino de qualidade.

“É isso que temos visto em grandes países que estão desenvolvendo essa ferramenta. Vamos começar com alguns cursos e todos vão poder ter acesso, pois com 400, 500 professores, eu posso atingir a milhões de alunos no país todo, obedecendo às premissas do PNE”, disse o ministro.

O ministro lembrou que, nos últimos anos, o orçamento das universidades federais foi impactado pela crise econômica e, principalmente, pela pandemia da covid-19.

“Quando falamos em diminuição das verbas para as universidades federais, eu concordo plenamente. Vejo que, em um passado não tão distante, o orçamento do ensino federal era muito grande, muito maior do que o que temos hoje”, disse Ribeiro

“Vale dizer que vivemos tempo de guerra, de pandemia”, acrescentou o ministro, enfatizando que, na proposta orçamentária para 2022, o ministério pede ao Congresso Nacional que autorize um aumento de recursos para a pasta.

“A proposta que o Parlamento vai apreciar fala em um aumento mínimo de cerca de 17% para as universidades federais, e de 28% para os institutos federais. Por que isso? Porque temos 69 universidades federais com 281 campi. E 38 institutos, Cetecs [centros educacionais técnicos], além do Dom Pedro II. E esses, juntos, somam 670 campi. Então, além da visão política de dar mais oportunidade à [formação] de mão de obra técnica, o número de campi [do segundo grupo] é muito maior”, comentou Ribeiro.

Fonte: Agência Brasil

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Vestibular Famerp 2022 abre inscrições para Medicina, Enfermagem e Psicologia

São oferecidas 160 vagas no Vestibular Famerp 2022, sendo 80 para Medicina, 60 para Enfermagem e 20 para Psicologia.

Publicado

em

por

Vestibular Famerp 2022 abre inscrições para Medicina, Enfermagem e Psicologia

Começam hoje, 17, as inscrições para o Vestibular 2022 da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).

Vestibular Famerp 2022

Os interessados podem realizar as inscrições no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), até 18 de novembro de 2021.

As provas serão aplicadas nos dias 14 e 15 de dezembro, nas cidades de Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo.

Sobre a Famerp

A Famerp é uma instituição de ensino superior pública paulista. São oferecidas 160 vagas, sendo 80 para Medicina, 60 para Enfermagem e 20 para Psicologia.

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Megavestibular da Estácio concede condições especiais para calouros do segundo semestre

Nos dias 17 e 18 de setembro, a Estácio realizará o Megavestibular e os aprovados poderão receber 70% de desconto durante todo o curso.

Publicado

em

por

Estácio lança novo Megavestibular em julho

Nos dias 17 e 18 de setembro, a Estácio realizará o Megavestibular e os aprovados poderão receber 70% de desconto durante todo o curso. São dezenas de opções em cursos de graduação, disponíveis em quatro modalidades de ensino: Presencial; Semipresencial, Digital e Flex. A campanha não é válida para o curso de medicina.

Megavestibular da Estácio

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas diretamente nas Unidades ou Polos de Ensino Digital, pelo site estacio.br, ou pelos telefones 4003-6767 (Regiões Metropolitanas) ou 0800 880 6767 (Demais regiões).

Os novos estudantes contam ainda com mais um benefício, o seguro educacional que protege os alunos que tenham perdido o emprego. Totalmente sem custos, o benefício garante um crédito de até seis vezes o valor da mensalidade.

Na Estácio os estudantes podem optar entre diversos cursos de graduação como Direito, Nutrição, Psicologia, Educação Física, Pedagogia, Biomedicina, Enfermagem, Administração, entre outros.

RECOMENDAMOS

Continue lendo