Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

Justiça nega isenção de taxa do Enem 2021 para quem não justificou falta

A Justiça Federal em São Paulo decidiu manter a regra do Enem 2021 que veta a isenção de taxa de inscrição a participantes que não justificaram ausência na edição anterior da prova.

Publicado

em

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

A Justiça Federal em São Paulo decidiu manter a regra do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 que veta a isenção de taxa de inscrição a participantes que não justificaram ausência na edição anterior da prova. Em decisão proferida no último dia 2 de julho, a juíza federal Ana Lúcia Petri Betto, da 17ª Vara Federal, negou pedido de liminar formulado pela Defensoria Pública da União (DPU), que pretendia derrubar a exigência de justificativa de falta para a concessão do benefício de quem havia sido contemplado com a isenção no ano passado. O argumento da DPU é de que o medo da pandemia fez com que parte do alunos pobres faltasse ao certame.

Pelas regras em vigor, têm direito ao benefício candidatos que se enquadram em critérios de renda e são alunos de escolas públicas ou bolsistas em instituições privadas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC) que organiza o Enem, aceitava apenas motivos como emergência médica, acidente de trânsito no dia da prova, assaltos e morte na família entre as justificativas aceitas para ausência, desde que comprovadas com documentos, tais como boletins de ocorrência e atestados de saúde. O temor pela pandemia não estava listado entre os motivos aceitos pelo Inep para justificar a falta.

A taxa do Enem 2021 é de R$ 85. O prazo para se inscrever segue aberto até 14 de julho, na Página do Participante. Já o período para pedir isenção da taxa do Enem ocorreu entre 17 e 28 de maio.

Na decisão, a juíza Petri Betto avaliou que, apesar da boa intenção da DPU, não ficou demonstrado que o edital estabelecia regras que inviabilizassem a participação de candidatos de baixa renda.

“A despeito das ponderosas colocações da Defensoria Pública da União, no combativo exercício de sua função constitucional, não há como concluir que as exigências do edital seriam desproporcionais ou que revelam o intuito de inviabilizar o acesso de candidatos pobres ao Enem”, afirmou a magistrada. Ela também destacou que a isenção de taxa no Enem 2021 contemplou um “grande número de candidatos”, com reduzido número de recursos.

Por outro lado, argumentou a juíza, “o deferimento da liminar para que fosse acrescentada uma nova justificativa no edital, após o esgotamento do prazo para a apresentação dessas justificativas e interposição de recursos, implicaria em notável periculum in mora (perigo da demora) reverso, apto a causar prejuízos ao erário e atrasos injustificados no exame de 2021”.

Provas

As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, tanto a versão digital quanto a impressa. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Fonte: Agência Brasil

Destaque

Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Descubra a diferença e acerte na escolha!

O Vestibular Mauá terá a oferta de novos cursos, com início em 2022. São eles: Ciência da Computação e Sistemas de Informação!

Publicado

em

por

Ciência da Computação e Sistemas de Informação.

Recentemente nós falamos aqui no sejabixo! dos cursos da Mauá que são novidade e terão início em 2022. São eles: Ciência da Computação e Sistemas de Informação!

Mas você sabe a diferença entre eles? Descubra agora mesmo!

Se você é curioso, gosta da arte da Computação e dos computadores, de desenvolver programas, games, apps e tem um lado mais pesquisador, então Ciência da Computação é mais a sua cara.

Nesse curso, você conhecerá com profundidade a Ciência e as ferramentas de Computação, como Linguagem de Programação, Banco de Dados, Inteligência Artificial, entre outros.

Agora, se você sente uma atração pelo mundo da Tecnologia da Informação, mas também curte a área de Gestão, Finanças e Marketing, é melhor investir na área de Sistemas de Informação, pois será o profissional que dará apoio e fará a conexão entre TI e Negócios!

O primeiro passo para iniciar a sua jornada universitária é realizar a inscrição para o Vestibular Mauá 2022!

Concorra a 60 bolsas de estudo integrais, válidas para todo o curso! Clique aqui e saiba mais!

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Vestibular UEL 2022 oferece 2.509 vagas em 52 cursos

As provas do Vestibular UEL 2022 serão aplicadas em um único dia, 6 de março de 2022, somente em Londrina.

Publicado

em

por

Vestibular UEL 2022 é aprovado para 6 de março em fase única

As inscrições do Processo Seletivo Vestibular 2022 da UEL estão abertas, oferecendo 2.509 vagas em 52 cursos de graduação da Universidade Estadual de Londrina.

Vestibular UEL 2022

As inscrições custam R$ 140,00 e podem ser feitas no site da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), até as 23h59min do dia 3 de novembro.

As provas serão aplicadas em um único dia, 6 de março de 2022, somente em Londrina, seguindo todas as recomendações necessárias de prevenção à COVID-19.

A primeira convocação dos aprovados no Vestibular 2022 sai dia 19 de abril de 2022, ao meio dia. As aulas do ano letivo do próximo ano estão previstas para começar em agosto.

Mais informações: www.uel.br

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Istituto Europeo di Design – IED abre inscrições para vestibular 2022

A prova será online no dia 28 de outubro para os cursos de Design de Moda, Design Gráfico e Digital e Design de Produto e Serviço

Publicado

em

por

A única faculdade internacional do Brasil que é 100% focada em design, o IED (Istituto Europeo di Design), inicia as inscrições para o vestibular 2022. O processo seletivo será virtual, porém os cursos acontecem de forma presencial no IED São Paulo, seguindo os protocolos para a segurança dos alunos.

Vestibular IED 2022

A prova acontece no dia 28 de outubro, entre 8h e 00h, para quem já concluiu o ensino médio e quer ingressar na instituição de ensino.

Os cursos são Design de Moda, Design Gráfico e Digital e Design de Produto e Serviço, nos períodos matutino e noturno. O exame será composto por uma redação, com duração máxima de 2 horas, com no mínimo mil e duzentos caracteres e máximo de três mil caracteres.

Os cursos de graduação do IED oferecem o conteúdo, a estrutura e o conhecimento de profissionais renomados da academia e do mercado. Além de experiências, desafios e parcerias com empresas que encorajam os alunos a materializar ideias em projetos desde o primeiro semestre do curso.

Mais informações: https://vestibular.ied.edu.br

Sobre o IED

Fundado na Itália, em 1966, o Istituto Europeo di Design é uma rede internacional de inteligências criativas, unindo educação, pesquisa e ação em design, moda e comunicação em suas 11 sedes pelo mundo.

Inaugurado em 2005, o IED São Paulo marca o início das atividades do Instituto fora da Europa e no Brasil, posicionando-se como a única faculdade internacional 100% dedicada ao design no país.

As sedes do IED Brasil têm uma rica rede de estudantes, professores e profissionais em torno da prática do design, propondo ideias e soluções inovadoras para pessoas, negócios e sociedades a partir da perspectiva criativa do design.

Continue lendo