Siga-nos!

Destaque

Regras para evitar aglomerações no Enem 2020

O Inep estabeleceu regras específicas para reduzir aglomerações durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020

Publicado

em

Regras para evitar aglomerações no Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estabeleceu regras específicas para evitar aglomerações durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, nos locais de prova.

Regras para evitar aglomerações no Enem 2020

A ocupação deve ser de, aproximadamente, 50% da capacidade original das salas onde os participantes realizarão o exame. Estima-se, para esta edição, 205 mil salas, em 14 mil pontos de aplicação. Em 2019, o Enem foi aplicado em 145 mil salas de aplicação, em cerca de 10 mil locais de prova. As providências fazem parte do conjunto de medidas preventivas contra a COVID-19.

As provas do Enem 2020 estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Além da redução do número de pessoas por ambiente de aplicação, uma sala especial, com ocupação de até 12 pessoas, será destinada aos participantes que, segundo o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), são mais vulneráveis à COVID-19. Fazem parte desse grupo gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Vale destacar que esses perfis foram previamente identificados na base de inscritos e, assim, alocados nas salas especiais. Portanto, não há necessidade de realizar uma nova solicitação ao Inep, já que todas as providências necessárias foram adotadas. É importante lembrar, ainda, que o ensalamento oferecido a esse grupo será diferenciado, mas não individualizado, já que a sala individual é destinada, em geral, aos participantes que necessitam de auxílio para leitura.

Atendimento especializado

O Inep permite a solicitação de atendimento especializado, após o período de inscrições, em até dez dias antes da aplicação do exame. Enquadram-se nessa situação somente os participantes com deficiência que necessitam de recurso de prova não solicitado no momento da inscrição. Entretanto, é fundamental estar ciente de que a disponibilização do recurso também não é automática. O Inep analisará as solicitações individualmente, assim como prevê o edital do exame. Em caso de indisponibilidade de atendimento com a necessidade comprovada, o participante será remanejado para a reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021. Situações como essa podem ocorrer em função de os cadernos de prova serem personalizados, com o nome de cada participante, e produzidos com antecedência, de acordo com o local de prova designado. Nesse sentido, a depender do tipo de recurso solicitado, é possível que não haja tempo suficiente para impressão e distribuição das provas adicionais, com a devida segurança.

Doenças infectocontagiosas

Pessoas acometidas por doenças infectocontagiosas, nos dias de realização das provas, também poderão participar da reaplicação do Enem. Nesses casos, a condição deverá ser comunicada, por meio da Página do Participante, antes da aplicação do exame. São doenças infectocontagiosas para fins de solicitação de reaplicação do Enem 2020 impresso: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e COVID-19.

Análise

Para a análise da possibilidade de reaplicação, a pessoa deverá inserir, obrigatoriamente, no momento da solicitação, documento legível que comprove a doença. Na documentação, deve constar o nome completo do participante, o diagnóstico com a descrição da condição, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10), além da assinatura e da identificação do profissional competente, com o respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão competente, assim como a data do atendimento. O documento deve ser anexado em formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2 MB. Caso o diagnóstico ocorra no dia da aplicação do Enem, além de registrar o ocorrido por meio da Página do Participante, o inscrito deverá entrar em contato com a Central de Atendimento do Inep (0800 616161) e relatar a condição, a fim de agilizar a análise do laudo pela autarquia. A aprovação ou a reprovação da solicitação de reaplicação deverá ser consultada pela Página do Participante.

Medidas de segurança

Entre as medidas implementadas para o Enem 2020, em virtude do contexto de pandemia de COVID-19, estão a disponibilização de álcool em gel aos participantes e a obrigatoriedade do uso de proteção facial durante a prova. O participante poderá levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia. As máscaras serão verificadas pelos fiscais para evitar possíveis infrações, respeitando a distância recomendada. Profissionais que irão trabalhar nos dias de prova, entre aplicadores, fiscais e demais colaboradores, também estão sendo capacitados por meio de cursos a distância, para se adequarem às medidas de segurança sanitária.

Enem

Realizado anualmente pelo Inep desde 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar ao final da educação básica. A estrutura do exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. Ao todo, 5.783.357 inscrições foram confirmadas para o Enem 2020. Desse total, 5.687.271 correspondem a inscritos na versão impressa do exame, enquanto 96.086 pessoas optaram por fazer a versão digital.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Arquitetura e Urbanismo um curso de graduação que combina criatividade, inovação e responsabilidade ambiental

Criatividade, Sustentabilidade e Tecnologia: seja um arquiteto e urbanista inovador que soluciona os desafios da atualidade!

Publicado

em

por

A Arquitetura e o Urbanismo no Brasil têm uma história rica e variada, que vai desde a época da colonização portuguesa até os dias de hoje. Cada fase trouxe influências diferentes, criando um cenário cheio de arte e inovação.

Os desafios da Arquitetura e Urbanismo no país são muitos e complexos, exigindo soluções inovadoras e uma abordagem integrada. É fundamental que governo, sociedade e profissionais da área estejam à frente e trabalhem juntos para construir cidades mais justas, sustentáveis e inclusivas. A busca por soluções que melhorem a qualidade de vida urbana, preservem o meio ambiente e respeitem o patrimônio cultural é crucial para o futuro das cidades brasileiras.

Desafios da Atualidade

O Urbanismo no Brasil enfrenta vários desafios, como o rápido crescimento das cidades, a desigualdade social e a necessidade de infraestrutura adequada. Grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, lidam com questões complexas, como transporte, habitação e a integração de comunidades.
Legislações como o Estatuto da Cidade, de 2001, buscam promover um desenvolvimento urbano mais inclusivo e sustentável, pensando no equilíbrio ambiental, no bem coletivo, na segurança e no bem-estar de todos.

Crescimento Urbano Desordenado

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O crescimento rápido e muitas vezes desordenado das cidades brasileiras é um dos maiores desafios. A urbanização acelerada, especialmente nas últimas décadas, resultou em áreas periféricas mal planejadas, com infraestrutura inadequada e falta de serviços básicos. Isso leva a problemas como engarrafamentos, falta de saneamento e dificuldade de acesso a serviços de saúde e educação.

Desigualdade Social

A desigualdade social é um problema persistente no Brasil e se reflete na forma como as cidades são estruturadas. Áreas ricas e bem planejadas convivem ao lado de comunidades e bairros carentes, onde a falta de infraestrutura é evidente. Essa segregação espacial gera exclusão social e dificulta a integração e o desenvolvimento urbano sustentável.

Mobilidade Urbana

O transporte público muitas vezes não é eficiente ou abrangente o suficiente para atender às necessidades da população. Isso resulta em um uso excessivo de veículos particulares, contribuindo para congestionamentos, poluição do ar e aumento dos tempos de deslocamento. Melhorar a mobilidade e o transporte público e promover modos de deslocamento sustentáveis, como ciclismo e caminhadas, são metas importantes.

Sustentabilidade Ambiental

As cidades brasileiras precisam se adaptar às mudanças climáticas, melhorar a eficiência energética e reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Projetos de construção sustentável e urbanismo verde, que incluem áreas verdes, telhados verdes, jardins de chuva e o uso de materiais ecológicos, estão ganhando destaque, mas ainda há muito a ser feito.

Patrimônio Histórico

Muitas cidades brasileiras possuem um rico acervo de edifícios históricos que precisam ser preservados e integrados ao desenvolvimento urbano moderno. A falta de recursos e a pressão por novos empreendimentos podem levar à deterioração ou destruição de patrimônios culturais importantes.

Infraestrutura e Serviços Básicos

A infraestrutura deficiente e a falta de serviços básicos em muitas áreas urbanas e rurais são problemas graves. Isso inclui a necessidade de melhorias em saneamento básico, abastecimento de água, energia elétrica e serviços de saúde. A falta desses serviços essenciais impacta negativamente a qualidade de vida e a saúde da população.

Planejamento Urbano Integrado

Cidades crescem sem um planejamento adequado, resultando em uso ineficiente do solo e problemas de conectividade. Planos diretores e políticas urbanas que considerem a participação da comunidade e a integração de diferentes setores são essenciais para um desenvolvimento urbano sustentável.

E aí, está preparado(a) para solucionar problemas tão complexos?

A visão da Mauá na construção e a integração de edificações ao contexto urbano vem da base sólida da Engenharia Civil e da base criativa e artística do Design. Isso significa que, ao criar projetos inovadores, você se apoiará na compreensão aprofundada das estruturas, materiais e soluções que garantem qualidade dos ambientes que cria, considerando também a harmonia, estética e bem-estar com o entorno urbano.

Seja parte da transformação em direção a um mundo construído de maneira melhor e mais criativa. Seu futuro começa aqui, onde a Arquitetura encontra a Tecnologia e a Inovação! maua.br/vestibular

Continue lendo

Destaque

Vestibular Medicina FAMINAS 2024: última semana de inscrições pela prova presencial

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

Publicado

em

por

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

As inscrições para o Vestibular de Medicina da FAMINAS ainda estão abertas! Mas atenção: esta é a última semana para garantir sua candidatura POR AQUI!

O término das inscrições acontecerá no dia 31 de maio, e o exame será aplicado no dia 8 de junho, com opção de realização nas cidades de Belo Horizonte, Muriaé, Governador Valadares, Campos dos Goytacazes, Montes Claros, Vitória e Goiânia.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O processo é unificado: a inscrição pode valer tanto para a unidade da FAMINAS em Belo Horizonte quanto para Muriaé (com o valor de R$450,00), ou para somente uma das unidades a critério do vestibulando (valor R$350,00).

Dê um passo no caminho para realizar o seu sonho! Faça sua inscrição no Vestibular de Medicina da FAMINAS por AQUI!

Ainda tem alguma dúvida sobre o processo ou sobre a FAMINAS? Converse com nosso time pelo WhatsApp (31) 2126-3100 ou pelo e-mail vestibular@faminas.edu.br.

Medicina FAMINAS: um mundo de possibilidades

Na sua trajetória durante o curso, você irá:

• Imergir completamente na área médica, com laboratórios tecnológicos e inovadores.
• Aprender da teoria à prática.
• Participar de projetos de extensão e iniciação científica.
• Desenvolver atividades junto à comunidade.
• Ter contato com professores especialistas nas áreas.
• Adquirir vivência na área através de estágios em hospitais e clínicas.
• Ganhar a oportunidade de fazer intercâmbios nacionais e internacionais.
• Ser o agente transformador que a sociedade precisa.

 

Continue lendo

Destaque

Vestibular PUC-SP Inverno 2024: inscrições abertas

São duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Publicado

em

por

Estão abertas, até 4/6, as inscrições para o Vestibular PUC-SP Inverno 2024. Serão duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Vestibular PUC-SP Inverno 2024

A prova será no dia 16/6, e a primeira chamada ocorre em 2/7, às 18h.

A taxa de Inscrição:

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

• Prova Presencial – R$ 100,00 (cem reais)
• Enem – R$ 80,00 (oitenta reais)

Clique aqui para saber mais.

Continue lendo