Siga-nos!

Destaque

TOP 5 estratégias dos aprovados em Medicina

Alunos mostram estratégias que fizeram a diferença para aprovação no vestibular de medicina

Publicado

em

4 dicas para quem irá prestar vestibular de inverno em 2024

Medicina é um dos cursos mais concorridos nos vestibulares, de acordo com o estudo de Demografia Médica no Brasil, conduzido pela Faculdade de Medicina da USP, somente em 2023, 963 mil pessoas concorreram a aproximadamente 47 mil vagas para medicina no Brasil, e para isso muitos candidatos cumprem uma longa jornada de estudo para conseguir a sonhada vaga no curso.

Após a pandemia, o estudo online se tornou uma realidade e muitos estudantes utilizam a internet para se preparar, e aqueles que sabem utilizar bem essa ferramenta têm conseguido ótimos resultados nas provas. Segundo uma pesquisa recente do Google, em parceria com a empresa Educa Insights, aulas semipresenciais e EADs são as favoritas em diferentes níveis: graduação (64%), pós-graduação (75%), cursos livres (75%) e idiomas (63%).

“O ensino online é uma realidade no Brasil, a internet trouxe um acervo enorme de informações para aqueles que querem ingressar em uma faculdade principalmente no curso de medicina” diz Michel Arthaud, professor de Química e diretor da Plataforma Professor Ferretto – canal 100% online com foco na preparação para o Enem e vestibulares.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Por isso, Arthaud convidou 5 alunos da Plataforma Professor Ferretto, que foram aprovados em medicina em diversas faculdades do Brasil para dar dicas preciosas que fizeram diferença em suas preparações aos novos tentantes.

Método de estudo

O estudante de medicina Raimundo Neto, 20, foi aprovado em quatro universidades de medicina: UFC, UECE, UNIFOR e UNICHRISTUS, e se preparou durante três anos até conseguir a aprovação no vestibular. Durante o segundo ano de estudos, ele percebeu que não estava obtendo os resultados esperados e decidiu mudar o seu método. “Antes de começar a me preparar novamente, comecei a procurar estratégias eficazes no meu estudo, para identificar o que estava fazendo de errado. Depois disso, comecei a montar cronogramas semanais e diários para otimizar a minha preparação para o vestibular” , relembra.

Simulados

Estudar junto com outras pessoas ajuda muito no processo. Diogo Prestes, 24, que foi aprovado na UERJ conta que, durante um tempo, estudou junto com um amigo que também queria entrar em Medicina. “Meu amigo sugeriu fazermos simulados juntos, e, durante um ano, fazíamos alguns simulados por semana para se preparar. Eu tive um desempenho melhor naquele ano por conta desse apoio, além do amplo acesso a materiais didáticos como gráficos, resumos, e às aulas online, que têm a praticidade de ficarem gravadas, caso não consiga acompanhar em tempo real”, diz.

Sem redes sociais

A mineira Maria Eliza Munhoz, que aos 18 anos conquistou o 1° lugar em Medicina na UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro – , um dos vestibulares mais concorridos de Minas Gerais conta que, durante o período de preparação, não usava as redes sociais, “Quando decidi que meu foco era entrar na faculdade, desinstalei minhas redes sociais como Instagram e TikTok. Usava apenas periodicamente, para distração e lazer, e evitava ao máximo ver vídeos ou posts sobre Vestibular, porque quando usava era realmente para distrair um pouco a cabeça e relaxar “, conta.

Foco na teoria

A estudante carioca Ana Clara Oliveira, 23, aprovada em Medicina pela UERJ, conta que é importante ter conhecimento teórico antes de estudar questões “Estudava em escola pública e percebi que a base estava muito fraca, então durante dois anos do meu preparado do vestibular corri atrás das matérias que não tive durante a escola, e só em 2023 – ano da aprovação – foquei nas questões porque já tinha uma boa base” relembra.

Redação

A redação do Enem é a parte mais temida por muitos estudantes, Leticia Fernandes, 20, estudante de medicina da UFG, atingiu nota mil na redação. Leticia buscava se atentar a teoria da redação “Pode parecer estranho, mas a redação tem teoria, ela é 30% baseada em elementos além do desenvolvimento, então buscava sempre responder na redação o o que, quem, porque e como”, explica “Sempre no final revisava e claro tinha o meu repertório coringa na redação”.

Para o seu repertório ela usava somente um, que era do sociólogo Thomas Hobbes “O Estado deve garantir o bem-estar social”, além disso a estudante aconselha usar outras coisas do cotidiano para complementar “Usar livros e séries para complementar o desenvolvimento da redação é muito bom, algo que está inserido na sua vida e faz sentido para a redação” finaliza.

Veja aqui outros vestibulares de medicina com inscrições abertas!

Destaque

Arquitetura e Urbanismo um curso de graduação que combina criatividade, inovação e responsabilidade ambiental

Criatividade, Sustentabilidade e Tecnologia: seja um arquiteto e urbanista inovador que soluciona os desafios da atualidade!

Publicado

em

por

A Arquitetura e o Urbanismo no Brasil têm uma história rica e variada, que vai desde a época da colonização portuguesa até os dias de hoje. Cada fase trouxe influências diferentes, criando um cenário cheio de arte e inovação.

Os desafios da Arquitetura e Urbanismo no país são muitos e complexos, exigindo soluções inovadoras e uma abordagem integrada. É fundamental que governo, sociedade e profissionais da área estejam à frente e trabalhem juntos para construir cidades mais justas, sustentáveis e inclusivas. A busca por soluções que melhorem a qualidade de vida urbana, preservem o meio ambiente e respeitem o patrimônio cultural é crucial para o futuro das cidades brasileiras.

Desafios da Atualidade

O Urbanismo no Brasil enfrenta vários desafios, como o rápido crescimento das cidades, a desigualdade social e a necessidade de infraestrutura adequada. Grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, lidam com questões complexas, como transporte, habitação e a integração de comunidades.
Legislações como o Estatuto da Cidade, de 2001, buscam promover um desenvolvimento urbano mais inclusivo e sustentável, pensando no equilíbrio ambiental, no bem coletivo, na segurança e no bem-estar de todos.

Crescimento Urbano Desordenado

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O crescimento rápido e muitas vezes desordenado das cidades brasileiras é um dos maiores desafios. A urbanização acelerada, especialmente nas últimas décadas, resultou em áreas periféricas mal planejadas, com infraestrutura inadequada e falta de serviços básicos. Isso leva a problemas como engarrafamentos, falta de saneamento e dificuldade de acesso a serviços de saúde e educação.

Desigualdade Social

A desigualdade social é um problema persistente no Brasil e se reflete na forma como as cidades são estruturadas. Áreas ricas e bem planejadas convivem ao lado de comunidades e bairros carentes, onde a falta de infraestrutura é evidente. Essa segregação espacial gera exclusão social e dificulta a integração e o desenvolvimento urbano sustentável.

Mobilidade Urbana

O transporte público muitas vezes não é eficiente ou abrangente o suficiente para atender às necessidades da população. Isso resulta em um uso excessivo de veículos particulares, contribuindo para congestionamentos, poluição do ar e aumento dos tempos de deslocamento. Melhorar a mobilidade e o transporte público e promover modos de deslocamento sustentáveis, como ciclismo e caminhadas, são metas importantes.

Sustentabilidade Ambiental

As cidades brasileiras precisam se adaptar às mudanças climáticas, melhorar a eficiência energética e reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Projetos de construção sustentável e urbanismo verde, que incluem áreas verdes, telhados verdes, jardins de chuva e o uso de materiais ecológicos, estão ganhando destaque, mas ainda há muito a ser feito.

Patrimônio Histórico

Muitas cidades brasileiras possuem um rico acervo de edifícios históricos que precisam ser preservados e integrados ao desenvolvimento urbano moderno. A falta de recursos e a pressão por novos empreendimentos podem levar à deterioração ou destruição de patrimônios culturais importantes.

Infraestrutura e Serviços Básicos

A infraestrutura deficiente e a falta de serviços básicos em muitas áreas urbanas e rurais são problemas graves. Isso inclui a necessidade de melhorias em saneamento básico, abastecimento de água, energia elétrica e serviços de saúde. A falta desses serviços essenciais impacta negativamente a qualidade de vida e a saúde da população.

Planejamento Urbano Integrado

Cidades crescem sem um planejamento adequado, resultando em uso ineficiente do solo e problemas de conectividade. Planos diretores e políticas urbanas que considerem a participação da comunidade e a integração de diferentes setores são essenciais para um desenvolvimento urbano sustentável.

E aí, está preparado(a) para solucionar problemas tão complexos?

A visão da Mauá na construção e a integração de edificações ao contexto urbano vem da base sólida da Engenharia Civil e da base criativa e artística do Design. Isso significa que, ao criar projetos inovadores, você se apoiará na compreensão aprofundada das estruturas, materiais e soluções que garantem qualidade dos ambientes que cria, considerando também a harmonia, estética e bem-estar com o entorno urbano.

Seja parte da transformação em direção a um mundo construído de maneira melhor e mais criativa. Seu futuro começa aqui, onde a Arquitetura encontra a Tecnologia e a Inovação! maua.br/vestibular

Continue lendo

Destaque

Vestibular Medicina FAMINAS 2024: última semana de inscrições pela prova presencial

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

Publicado

em

por

Você sonha em estudar Medicina em uma das faculdades mais renomadas de Minas Gerais? Sua chance é agora!

As inscrições para o Vestibular de Medicina da FAMINAS ainda estão abertas! Mas atenção: esta é a última semana para garantir sua candidatura POR AQUI!

O término das inscrições acontecerá no dia 31 de maio, e o exame será aplicado no dia 8 de junho, com opção de realização nas cidades de Belo Horizonte, Muriaé, Governador Valadares, Campos dos Goytacazes, Montes Claros, Vitória e Goiânia.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O processo é unificado: a inscrição pode valer tanto para a unidade da FAMINAS em Belo Horizonte quanto para Muriaé (com o valor de R$450,00), ou para somente uma das unidades a critério do vestibulando (valor R$350,00).

Dê um passo no caminho para realizar o seu sonho! Faça sua inscrição no Vestibular de Medicina da FAMINAS por AQUI!

Ainda tem alguma dúvida sobre o processo ou sobre a FAMINAS? Converse com nosso time pelo WhatsApp (31) 2126-3100 ou pelo e-mail vestibular@faminas.edu.br.

Medicina FAMINAS: um mundo de possibilidades

Na sua trajetória durante o curso, você irá:

• Imergir completamente na área médica, com laboratórios tecnológicos e inovadores.
• Aprender da teoria à prática.
• Participar de projetos de extensão e iniciação científica.
• Desenvolver atividades junto à comunidade.
• Ter contato com professores especialistas nas áreas.
• Adquirir vivência na área através de estágios em hospitais e clínicas.
• Ganhar a oportunidade de fazer intercâmbios nacionais e internacionais.
• Ser o agente transformador que a sociedade precisa.

 

Continue lendo

Destaque

Vestibular PUC-SP Inverno 2024: inscrições abertas

São duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Publicado

em

por

Estão abertas, até 4/6, as inscrições para o Vestibular PUC-SP Inverno 2024. Serão duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Vestibular PUC-SP Inverno 2024

A prova será no dia 16/6, e a primeira chamada ocorre em 2/7, às 18h.

A taxa de Inscrição:

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

• Prova Presencial – R$ 100,00 (cem reais)
• Enem – R$ 80,00 (oitenta reais)

Clique aqui para saber mais.

Continue lendo