Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

UEM aprova mudanças para o vestibular e PAS

A Universidade Estadual de Maringá aprovou algumas medidas a serem aplicadas nos sistemas de ingresso nos cursos de graduação, na modalidade presencial

Publicado

em

Vestibular UEM datas

A Universidade Estadual de Maringá aprovou algumas medidas a serem aplicadas nos sistemas de ingresso nos cursos de graduação, na modalidade presencial

04/04/2017

A Universidade Estadual de Maringá aprovou algumas medidas a serem aplicadas nos sistemas de ingresso nos cursos de graduação, na modalidade presencial, incluindo os dois vestibulares anuais que a UEM oferece e também o Processo de Avaliação Seriada (PAS), dirigido a estudantes do ensino médio.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Uma das medidas diz respeito à prova de língua estrangeira que a partir do Vestibular de Inverno 2017 será classificatória e não mais eliminatória. Significa que se um candidato obtiver nota zero nesta prova permanecerá na disputa pela vaga. Pelos critérios adotados nos concursos anteriores, ele estaria automaticamente eliminado.

Para estudar o assunto, foi instituída uma comissão especial, presidida pelo professor Evandro Luís Gomes, do Departamento de Filosofia da UEM. Ele explica que a comissão foi nomeada pela Reitoria, a partir de uma demanda da Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU).

O objetivo, segundo Gomes, foi promover melhorias nos processos seletivos para os cursos de graduação da UEM, ampliando a gama de alunos classificados nos concursos. Isso porque uma avaliação feita com base nos vestibulares dos últimos cinco anos revelou alta porcentagem de candidatos reprovados na prova de língua estrangeira.

“No Vestibular de Inverno de 2014, por exemplo, cerca de 40% do total de inscritos obtiveram nota zero nesta prova”, relata o presidente da comissão. Segundo ele, em muitos casos, esses candidatos alcançaram pontuações nas outras provas que superaram a de outros vestibulandos. Significa que eles teriam condições de concorrer a uma vaga.

A proposta final da comissão foi formatada após ampla discussão. A matéria passou pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP) que referendou a mudança.

Para o professor Evandro Gomes, a proposta não se reflete na ideia de que a língua estrangeira é irrelevante em um processo seletivo. Ao dar a ela o caráter eliminatório, a UEM está considerando que o estudo da língua pode ser um discriminador social, à medida que privilegia quem tem acesso aos cursos extras.

Gomes destaca ainda que, antes de finalizar a proposta, a comissão fez um levantamento dos critérios adotados por outras instituições. Em muitas instituições, como a Unicamp e a Federal do Paraná, a prova de língua estrangeira também não é eliminatória. O mesmo vale para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e a Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular), que realiza os exames vestibulares para universidades como a USP.

Vagas remanescentes

O CEP ainda aprovou o Processo de Aproveitamento de Vagas Remanescentes, que permite o ingresso nos cursos de graduação da UEM a partir das vagas que não são preenchidas e para as quais não há candidatos em lista de espera para ocupá-las.

As regras estão detalhadas na Resolução nº 03/2017 do CEP. Em termos gerais, qualquer candidato classificado no vestibular da UEM ou no PAS, que não efetuou matrícula, pode fazer a opção por um dos cursos com registro de vaga remanescente.

Caberá à Diretoria de Assuntos Acadêmicos fazer a publicação dos editais de chamadas específicas. A classificação dos candidatos se dará por meio de um novo escore, calculado pela somatória das pontuações obtidas na Prova de Conhecimentos Gerais e Redação.

Por esse critério, os candidatos serão ranqueados em duas listas, uma para cotistas e outra para não cotistas. Por ordem de classificação, o preenchimento das vagas vai começar pela lista dos cotistas. Se houver sobra, as vagas serão abertas para os candidatos não cotistas.

Preenchimento de vagas pelo Enem

Caso ainda persistam vagas remanescentes, elas serão ofertadas para candidatos que prestaram o Enem nos últimos três anos e e que tenham obtido, no mínimo, 400 pontos na média das cinco provas do Exame.

Importante destacar que a proposta também é resultado do trabalho de uma comissão, presidida pela professora Juliana Scanavaca, formada com o objetivo de viabilizar o aproveitamento de vagas. Segundo ela, a expectativa é que o novo regulamento reduza o número de vagas ociosas, na perspectiva de que os investimentos alocados aos cursos não sejam subutilizados.

CPF obrigatório

Todas essas mudanças passam a valer já a partir do Vestibular de Inverno de 2017, cujas inscrições serão abertas no dia 10 de abril. A presidente da CVU, Maria Raquel Marçal Natali, explica que neste concurso também entrará em vigor a obrigatoriedade do candidato informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

A medida, segundo a presidente da CVU, atende uma normativa da Federação dos Bancos para a geração de boletos. “Se o candidato não informar o número do próprio CPF não há como efetivar o processo de inscrição”, alerta Maria Raquel.

A pró-reitora de ensino, Ana Tiyomi Obara, destaca que ambas as medidas visam ampliar o acesso dos estudantes aos diversos cursos ofertados pela UEM, garantindo, ainda que os investimentos públicos cumpram seus objetivos.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Curso Pré-Vestibular Cecierj oferece mais de 8 mil vagas gratuitas

Podem se inscrever os estudantes que, em 2024, estiverem matriculados no último ano do ensino médio ou que já tenham concluído.

Publicado

em

por

As inscrições para o Pré-Vestibular Cecierj estão abertas até 14 de março. São mais de oito mil vagas, sendo 5375 na modalidade presencial, distribuídas em 45 pontos em todos o estado do Rio de Janeiro, e três mil para a on-line.

Pré-Vestibular Cecierj

O curso Pré-Vestibular CECIERJ – Extensivo 2024 será oferecido gratuitamente de 06 de Abril a 07 de Dezembro de 2024. Confira os detalhes no edital.

Podem se inscrever os estudantes que, em 2024, estiverem matriculados no último ano do ensino médio em instituições públicas ou privadas, ou que já tenham concluído.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Mais informações e inscrições na página www.cecierj.edu.br/pre-vestibular-social/estude-no-pvs/.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Quero ser UFMS 2024 está com as inscrições abertas

As vagas são para candidatos que participaram do Vestibular UFMS, PASSE e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em anos anteriores.

Publicado

em

por

UFMS inscreve para o Vestibular 2022 e PASSE

Estão abertas as inscrições para o programa Quero ser UFMS 2024, processo seletivo que oferece mais de 3,4 mil vagas para candidatos que participaram do Vestibular UFMS, do Programa de Avaliação Seriada Seletiva (PASSE) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em anos anteriores. As oportunidades estão distribuídas entre 76 cursos presenciais e a distância, na Cidade Universitária e em todos os câmpus.

Para participar, os interessados precisam ter realizado o Enem entre os anos de 2017 e 2023, o Vestibular UFMS entre 2020 e 2024, o Vestibular Digital em 2023 ou 2024, ou, ainda, a 3ª etapa do PASSE nos triênios 2019-2021, 2020-2022 e 2021-2023. O diretor de Planejamento e Gestão Acadêmica, Anderson Viçoso de Araújo, explica que o programa Quero ser UFMS foi criado em 2021, e que, desde então, 3.358 estudantes ingressaram na Universidade de forma gratuita.

De acordo com o diretor, o programa apresenta vagas ociosas, ou seja, que não foram utilizadas pelos outros processos seletivos regulares, como o Vestibular, PASSE e SiSU, ampliando as chances de entrada na graduação. Caso os candidatos optem por aproveitar as notas do Enem, podem ter acesso ao boletim na página do participante do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Para aqueles que realizaram mais de uma edição da prova, é possível selecionar qual resultado pretendem submeter. O mesmo vale para quem escolher o Vestibular ou o PASSE, sendo que os resultados estão disponíveis na página de Ingresso.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

O estudante Arthur Xavier de Souza, que atualmente está no 3º semestre de história, conta que chegou a cursar psicologia, mas não se adaptou às disciplinas e decidiu mudar de área. Foi quando soube do programa e decidiu usar a pontuação do Enem que realizou em 2022. “Ao invés de ter que esperar um ano, fazer cursinho, vestibular e passar por todo aquele processo de novo, eu só utilizei a mesma nota que passei em psicologia, e entrei em história. Não precisei passar por tudo novamente, foi bem rápido e bem acessível”.

Quero ser UFMS

As inscrições devem ser realizadas na página de Inscrição da UFMS até o dia 4 de março. Após o cadastro pessoal, os interessados serão direcionados à Área do Candidato, onde registram a cidade, a unidade e o curso que pretendem concorrer. Depois, é preciso optar pela ampla concorrência ou pelas vagas reservadas, preencher os dados, digitar o número de inscrição do processo seletivo que será aproveitado (Enem, Vestibular UFMS, Vestibular Digital ou PASSE) com o respectivo ano.

A divulgação do resultado preliminar do Quero ser UFMS está prevista para o dia 6 de março, e a convocação da 1ª chamada está prevista para o dia 12 do mesmo mês. “Muitos alunos que não fizeram Vestibular ou PASSE [neste ano], ou não conseguiram a vaga no curso que era sua primeira opção, agora podem estudar sem fazer prova ou pagar inscrição”, reforça o diretor.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

UTFPR abre inscrições para o Vestibular de Inverno 2024

Publicado

em

por

Vestibular UTFPR 2023/2 será lançado no próximo dia 14

Estão abertas a partir de hoje, 26, as inscrições para o Vestibular de Inverno da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). São oferecidas 4.219 vagas em 106 cursos dos 13 campi da Universidade.

UTFPR – Vestibular de Inverno 2024

O interessado deve se inscrever no Portal do Candidato,  até 9 de abril. A taxa é de R$ 150 e pode ser paga até 10 de abril, por boleto ou PIX.

É possível solicitar isenção da taxa de inscrição até 22 de março. Para isso, o candidato precisa comprovar não poder arcar com o valor, mediante inscrição do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que apresente renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Ao se inscrever, o candidato pode escolher até dois cursos, um em primeira opção e outro em segunda. Caso não seja aprovado em nenhuma delas na 1ª chamada, automaticamente estará inscrito na lista de espera nas duas opções escolhidas e continuará concorrendo nas chamadas seguintes, se ainda houver vagas não ocupadas.

Cotas

Metade das vagas ofertadas no Vestibular é reservada para candidatos que cursaram todo o ensino médio em escola pública. Destas, 50% é voltada a cotistas oriundos de famílias com renda bruta igual ou inferior a um salário mínimo per capita. As demais são para candidatos cotistas independente de comprovação de renda familiar. Além disso, há reserva de vagas para autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, pessoas com deficiência e, pela primeira vez, para quilombolas.

Outra novidade desta edição é a participação de candidatos autodeclarados pretos e pardos em bancas de heteroidentificação, previstas para serem realizadas entre 29 de abril e 7 de maio.

A forma de classificação do Vestibular também mudou. Em um primeiro momento, todos os candidatos concorrerão às vagas de ampla concorrência. Depois, caso não tenham sido aprovados na ampla concorrência, os cotistas passam a disputar as vagas reservadas para as cotas.

Pessoas com deficiência ou com necessidades educacionais específicas poderão solicitar adaptações razoáveis para a realização das provas no período de 26 de fevereiro a 9 de abril. Para estes candidatos e para lactantes, será possível pedir no ato de inscrição tempo adicional de 60 minutos, além das cinco horas de duração disponíveis a todos.

O edital do Vestibular prevê ainda a possibilidade de inscrição como treineiro, modalidade voltada a quem quer apenas testar os conhecimentos sem concorrer efetivamente às vagas ofertadas. Candidatos que não tenham a previsão de concluir o ensino médio antes do início do segundo semestre letivo devem obrigatoriamente se inscrever nesta modalidade.

Sobre as provas

De acordo com o edital, serão realizadas duas provas: uma de conhecimentos gerais, com 60 questões objetivas, e outra de redação em língua portuguesa. Para as questões de Língua Estrangeira Moderna, é permitido escolher entre os idiomas espanhol e inglês no momento da inscrição.

As provas serão aplicadas no dia 19 de maio, de modo presencial, nas 13 cidades em que a UTFPR possui campus. O ensalamento deve ser disponibilizado a partir de 13 de maio. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 2 de julho, com a publicação da lista de espera na data seguinte.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo