Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

UENP aprova cotas para pessoas com deficiência para o Vestibular 2022

O UENP aprovou a reserva de 5% do total de vagas para Pessoas com Deficiência – Cota PcD. Medida já vale no vestibular 2022.

Publicado

em

Aprovados em 2ª chamada - Vestibular UENP 2021

O Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) aprovou a reserva de 5% do total de vagas iniciais no processo seletivo de ingresso nos cursos de graduação da UENP na forma de Cota para Pessoas com Deficiência – Cota PcD. A Resolução íntegra a Política Institucional de Ações Afirmativas da Instituição.

Com a aprovação, o próximo vestibular da UENP, será realizado com o sistema de Cota PcD. Considera-se pessoa com deficiência, conforme Art. 2º da Lei Federal nº 13.146/2015, aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.

A reitora Fátima Aparecida da Cruz Padoan destaca que a aprovação das Cotas PcD irá contribuir para tornar a UENP uma Universidade ainda mais inclusiva, com atenção especial para as pessoas com deficiência. “Essa aprovação por unanimidade das Cotas PcD na UENP é uma manifestação concreta do desejo de nossa comunidade universitária se fazer cada vez mais inclusiva, gerando oportunidade para que mais pessoas com deficiência tenham acesso ao ensino superior público, a fim de realizar seus sonhos, adquirir conhecimentos e desenvolver potencialidades profissionais com vistas ao mercado de trabalho”, disse.

“A Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público (APIESP) encaminhou ofício ao Governo Estadual para solicitar a implantação de “Núcleos de Acessibilidade e Inclusão”, de modo a garantir à política de inclusão da pessoa com deficiência as condições essenciais para acesso e a permanência estudantil”, completou a reitora.

Para a Cota PcD, foi estabelecida a reserva de 5% do total de vagas, por curso e turno, no processo seletivo para ingresso dos cursos de graduação da UENP, sendo que é garantida a reserva de, no mínimo, uma vaga por curso e turno, de modo a respeitar a universalidade do sistema de cotas. Os candidatos devem, no ato da inscrição, indicar a intenção de concorrer às vagas reservadas para Cota PcD. Os candidatos inscritos pela cota também concorrem às vagas da categoria universal. É vedado candidatar-se à Cota PcD os candidatos que já tenham concluído o ensino superior.

Para ocupação de vaga destinada à Cota PcD, além dos documentos acadêmicos exigidos, o candidato aprovado deve apresentar, no mínimo, os documentos: Autodeclaração da deficiência; Declaração de que não possui curso superior concluído; Laudo médico expedido no prazo máximo de 12 meses anteriores à data de publicação do edital de abertura do processo seletivo; além de exames e atestados de acordo com cada deficiência, conforme orienta a Resolução.

A análise dos documentos apresentados pelo candidato será realizada por Comissão de Homologação para Cota PcD, nomeada anualmente por indicação da Comissão de Acompanhamento e Avaliação da Política de Ações Afirmativas na UENP. A universidade poderá, a qualquer tempo, invalidar a inscrição, as provas ou a matrícula do candidato, caso seja verificada falsidade e/ou irregularidade nas declarações e nos documentos apresentados pelo candidato.

Quem terá direito à vaga?

Para direito às vagas, considera-se pessoa com deficiência, conforme Decreto Federal nº 5.296/2004, Lei Federal nº 12.764/2012 e Lei Federal nº 14.126/2021:

Deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções.

Deficiência auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500Hz, 1.000Hz, 2.000Hz e 3.000Hz.

Deficiência visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60o; ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores.

Deficiência mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação; cuidado pessoal; habilidades sociais; utilização dos recursos da comunidade; saúde e segurança; habilidades acadêmicas; lazer; e, trabalho.

Deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências.

Transtorno do espectro autista: deficiência persistente e clinicamente significativa da comunicação e da interação sociais, manifestada por deficiência marcada de comunicação verbal e não verbal usada para interação social; ausência de reciprocidade social; falência em desenvolver e manter relações apropriadas ao seu nível de desenvolvimento; ou, padrões restritivos e repetitivos de comportamentos, interesses e atividades, manifestados por comportamentos motores ou verbais estereotipados ou por comportamentos sensoriais incomuns; excessiva aderência a rotinas e padrões de comportamento ritualizados; interesses restritos e fixos.

Visão monocular classificada como deficiência sensorial, do tipo visual.

Fonte: Portal UENP

RECOMENDAMOS

Notícias dos Vestibulares e Enem

2º Vestibular Unicap 2022 encerra inscrições neste domingo (23)

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) está com inscrições abertas para novo vestibular. São oferecidas 2.905 vagas em 42 cursos.

Publicado

em

por

Vestibular Unicap 2021.2

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) está com inscrições abertas para novo processo seletivo. Estão sendo oferecidas 2.905 vagas em 42 cursos.

A seleção será pela nota do Enem ou por meio de uma prova on-line. A taxa de inscrição é de R$ 100. Quem estudou em escola pública ou com bolsa integral em escola particular pagará R$ 50.

Os interessados devem se inscrever até o dia 23 de janeiro no site vestibular.unicap.br

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

EAD Unicesumar lança graduação única em Design Musical

A EAD Unicesumar lançou o curso de Tecnólogo em Design Musical, uma graduação com duração de dois anos e com foco no mercado fonográfico.

Publicado

em

por

Vestibular Unicesumar 2022

Há ainda quem encare a profissão de músico como um hobbie, e não como uma profissão formalizada. Mas, a carreira de músico tem respaldo legal – Lei nº 3.857, de 22 de dezembro de 1960, e oferece diversas opções para aqueles que investem em formação profissional. Pensando nisso, a EAD Unicesumar lançou o curso de Tecnólogo em Design Musical, uma graduação com duração de dois anos e com foco no mercado fonográfico. Além dessa graduação inovadora, a universidade lançou também licenciatura em música, um curso que forma profissionais da educação para ministrarem aulas de música e produção musical, além de trabalhar com regência, canto e até produção cultural. O aluno tem a possibilidade de escolher as duas graduações e em 4 anos conquistar 2 diplomas.

O coaching e coordenador do curso de Recursos Humanos da EAD Unicesumar, Luciano Santana Pereira, observa que a busca pela qualificação profissional e pela formalização empresarial têm feito a diferença para o crescimento no mercado de trabalho. “A qualificação é imprescindível para que o empreendedor se posicione no mercado e entregue um serviço de qualidade no segmento de atuação dele. Na música não é diferente”.

O curso inédito de Design Musical da EAD Unicesumar foi idealizado para atender as necessidades do cenário ascendente do mercado fonográfico. De acordo com Gustavo Pisano, coordenador dos dois cursos, a matriz curricular é inovadora, inclusive com disciplinas de Mentoria Instrumental com músicos e membros de orquestras. Ainda segundo ele, o curso de Licenciatura em Música tem como intuito formar educadores musicais para atuação na educação básica. “Em nenhum dos dois cursos o aluno precisa saber tocar instrumentos ou cantar, ao longo da graduação ele terá contato e aproximações iniciais com diferentes instrumentos. No curso de Design Musical o projeto Ambientes Profissionais, que já é praticado em outros cursos da EAD Unicesumar, também será fundamental, já que levará o aluno para práticas no cenário real do mercado de trabalho”, destaca Gustavo Pisano.

Ainda de acordo com o especialista em RH, Luciano Santana Pereira, a graduação e profissionalização se tornaram mais interessantes no Brasil por conta da credibilidade junto ao mercado de trabalho, além da ampliação de possibilidades e pela garantia dos direitos. “Estamos em um momento importante da economia brasileira, com pessoas querendo empreender, transformar hobbie em trabalho e já buscando a formalização desde o início. A Educação a Distância aparece como alternativa, já que, com essa modalidade, o profissional que trabalha o dia todo ganha autonomia para estudar. Mas temos aí pós-graduações, cursos livres, graduação e tudo mais. O mais importante é termos consciência de que precisamos aprender constantemente, independente da área”, complementa.

Futuro promissor

De acordo com o último levantamento realizado pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, puxada pelo streaming, a renda com músicas gravadas no país subiu 24,5% nos últimos dois anos. A alta mundial foi de 7,4%. Com números promissores, a graduação em Design Musical se torna uma opção favorável já que após a formatura, o aluno poderá atuar como profissional de música em vários segmentos, como por exemplo: gravadoras, produtoras, selos musicais ou agenciando sua própria carreira.

Além disso, faz parte do trabalho de um designer musical, ainda, operar equipamentos de produção fonográfica, editar vinhetas, projetar trilhas sonoras e promover consultoria em processos autorais e de criação e composição musical.

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Notícias dos Vestibulares e Enem

Faculdade Pitágoras abre novo processo seletivo para vagas de Medicina no Maranhão

As provas serão realizadas de forma online para garantir a segurança de todos os candidatos devido a pandemia

Publicado

em

por

A Faculdade Pitágoras está com novo processo seletivo para o primeiro semestre de 2022 com oferta de vagas para o curso de Medicina, na sua nova unidade em Codó, no Maranhão. Em razão da pandemia de Covid-19, a aplicação da prova do vestibular tradicional será feita na modalidade online no dia 12 de março. Além da seleção tradicional, os candidatos também podem optar por aproveitamento das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos últimos quatro anos.

O lançamento do curso de Medicina em Codó envolveu o investimento de cerca de R$ 10,3 milhões – sendo R$ 5,5 milhões destinados à infraestrutura e mais R$ 4,8 milhões para a compra de equipamentos de laboratórios, salas de aula e acervo para Medicina. Além disso, por meio de parceria com o Programa Mais Médicos, a Pitágoras irá contribuir com a melhoria da rede de saúde local, com ações de contrapartida como aquisição de equipamentos, reformas e ampliações da infraestrutura, treinamentos de profissionais da rede e abertura de programas de residência. Em até seis anos, serão aproximadamente R$ 10 milhões em investimentos totais em Codó.

A taxa de inscrição é de R$ 250 para realização da prova online e R$ 150 para ingresso pelas notas obtidas no Enem. As inscrições podem ser realizadas no site da Consultec (Prova Tradicional | ENEM Tradicional | ENEM Bolsista), nos prazos abaixo:

– ENEM Tradicional: até 11/03/2022

-ENEM Bolsista: até 11/03/2022

– Prova Tradicional: até 07/03/2022

Provas online

Devido ao cenário de pandemia de Covid-19, as provas serão realizadas de forma online para garantir a segurança de todos os candidatos, em plataforma disponibilizada pela empresa Consultec, no dia e horário estabelecidos nos editais. Para isso, o candidato terá que dispor de um computador (desktop ou notebook) com câmera e microfone integrados e em perfeito funcionamento; de link de internet com, pelo menos, 10 MB, Sistema Operacional Windows 7, 8, 8.1 ou 10, navegador Google Chrome ou Mozilla Firefox – em versão atualizada.

Também é indispensável possuir o programa Safe Exam Browser-SEB (“Navegador Seguro”), já que toda a avaliação será gravada, assim como as comunicações entre a equipe responsável pela aplicação e os candidatos, com monitoramento da tela do computador e reconhecimento facial do candidato. Independentemente da modalidade de vestibular escolhida, o candidato não poderá se desconectar da plataforma de realização das provas, sob pena de ser considerado desistente e ser eliminado do processo seletivo.

Mais detalhes sobre os requisitos técnicos para a realização da prova podem ser encontrados no edital do vestibular.

RECOMENDAMOS

Continue lendo