Siga-nos!

Notícias dos Vestibulares e Enem

Vestibular de Verão UPF: Desenho Industrial é a novidade neste processo seletivo

A UPF lança, neste Vestibular de Verão, um novo curso que possibilita ampla atuação de mercado e profissional: o Desenho Industrial.

Publicado

em

Vestibular de Verão UPF: Desenho Industrial é a novidade neste processo seletivo

A Universidade de Passo Fundo (UPF) lança, neste Vestibular de Verão, um novo curso que possibilita ampla atuação de mercado e profissional: o Desenho Industrial.

Desenho Industrial UPF

Nunca se falou tanto em design, como ferramenta de estruturação de ideias, de desenvolvimento de produtos, de inovação, de registro de patentes, de serviços, e de novos modelos de negócios ao atendimento às demandas e necessidades existentes. O curso, além de preparar o estudante para a criação e a inovação de objetos e de produtos industriais, será em um formato de ensino com uma metodologia totalmente diferente e inovadora das tradicionais graduações. As inscrições para este e os demais cursos da UPF iniciam no dia 4 de dezembro.

O desenhista industrial é um profissional que concebe ideias e funcionalidades inteligentes para transformar produtos ou soluções de sucesso no mercado. Pesquisa tendências e tem uma ampla visão do processo que envolve o desenvolvimento industrial. “Desenhistas industriais são visionários, criativos e estão sempre atentos às mudanças tecnológicas e comportamentais de seu tempo, contribuindo com o desenvolvimento sustentável e responsável no processo de fabricação dos produtos e para melhorar às condições da sociedade”, destacam os coordenadores do curso, a professora Teofanes Foresti Girardi, doutora em Design e Tecnologias, e o professor Carlos Edmundo Abreu e Lima, doutor em Engenharia.

Inúmeras possibilidades

A UPF formará o estudante por meio da aprendizagem interdisciplinar, com uma visão generalista, ou seja, com as habilidades e competências necessárias para trabalhar em diferentes segmentos de mercado. O egresso estará apto a atuar nos mais variados ramos das nossas indústrias, moveleiro, metal mecânico, no desenvolvimento de máquinas e equipamentos, em dispositivos de tecnologias assistivas, equipamentos médico-hospitalares, indústria calçadista, de eletroeletrônicos, eletrodomésticos, de utensílios (decoração, bens de consumo, utilidades domésticas), joias, embalagens, automotivo entre outras possibilidades de produtos industriais tanto para os bens de consumo, quanto de fabricação.

O profissional será capacitado para trabalhar com desenvolvimento de produtos e projetos que explorem inovações tecnológicas como mobile, internet das coisas, realidade virtual, inteligência artificial e, ainda, com conceitos emergentes, tais como design de produtos inteligentes, design para área da saúde, user experience (UX), design de serviços e design estratégico. “A atividade do desenhista industrial poderá contribuir para atender aos setores público e privado suprindo as demandas de serviços e produtos (incluindo o registro de patentes) para empresas industriais e comerciais, sejam elas locais ou globais”, ressalta Teofanes.

Mercado promissor

O mercado busca novas lideranças capazes de atuarem com o novo, com a mudança constante de modelos e formas de se fazer. Tudo isso configura um cenário muito favorável para os desenhistas industriais em termos de colocação profissional e desenvolvimento de carreira. “A criação e a inovação de objetos e de produtos industriais que incorporem valores sociais, ambientais, éticos, inclusivos, ergonômicos e estéticos são uma demanda da sociedade contemporânea para lidar com a complexidade de um planeta em rápida mudança”, salientam os coordenadores do curso.

Nesse cenário, o crescimento da indústria criativa, na qual se insere o profissional de Desenho Industrial, está em expansão. Além disso, o uso de tecnologias, manufaturas avançadas, como a impressão 3D, programas de design paramétrico e generativo, projetos e desenvolvimento de design de produtos inteligentes, tecnologias vestíveis, internet das coisas (IoT) e outras tecnologias emergentes estão ampliando o campo de atuação destes profissionais, oferecendo maior autonomia e liberdade de autoria. “É um campo ilimitado para ser explorado por meio da formação generalista, empreendedora, inovadora, técnica e tecnológica do desenhista industrial e da entrada desses profissionais nas esferas estratégicas das empresas, em diferentes frentes e segmentos de atividades, ocupando cargos estratégicos na tomada de decisões”, observa o coordenador professor Carlos Edmundo.

Novas ideias de formação e ensino

O curso de Desenho Industrial da UPF oferece possibilidades que transcendem a formatação tradicional dos cursos de graduação através de uma metodologia de aprendizagem por projetos. Desta forma, o curso possibilita ao estudante vivência e experiências práticas durante seu percurso acadêmico como: visitas técnicas, participação em e eventos da área, projetos integradores, certificações intermediárias, bate-papo com especialistas e profissionais das áreas, possibilidade de intercâmbio acadêmico, viabilidade para o registro de patentes de produtos e o incentivo ao empreendedorismo, através do projeto final do curso na forma de startup.

O curso, com duração de oito semestres e com aulas no turno da noite, tem completa infraestrutura de laboratórios para possibilitar plenamente este aperfeiçoamento técnico dos alunos, do mesmo modo, por ser uma profissão multidisciplinar em sua essência, a metodologia de aprendizagem por projetos permite que o acadêmico desenvolva na prática os conhecimentos específicos das áreas envolvidas ao desenvolvimento de projetos de produtos durante a sua formação. “O curso é a essência da proposta de um curso em alinhamento tanto às novas tendências de mercado e atuação profissional, quanto às novas ideias de formação e ensino”, evidenciam os coordenadores.

Inscrições

O ingresso para este e os demais cursos de graduação, exceto Medicina, iniciam no dia 4 de dezembro. A seleção ocorre por meio de prova on-line ou utilização da nota de redação do Enem de 2018 e 2019. Todas as informações que vão reger o processo seletivo de verão estarão disponíveis, em breve, no site upf.br/ingresso.

Destaque

Brasil tem maior conjunto de fintechs da América Latina, tema é foco em estudos da ESEG – Faculdade do Grupo Etapa

O Núcleo de Economia e Finanças e a matriz curricular voltada para tecnologia incentivam pesquisa em startups financeiras

Publicado

em

por

Fintechs, startups de tecnologia financeira, ajudam consumidores, empreendedores e empresas no gerenciamento de rotinas de serviços financeiros com a automatização dessas demandas. Como o conceito vem ganhando cada vez mais destaque, na ESEG – Faculdade do Grupo Etapa estudantes realizaram seus Trabalhos de Graduação (TGs) para identificar os impactos que as fintechs possuem em bancos tradicionais.

Essa visibilidade no Brasil é comprovada pelo relatório 2021 Global Fintech Rankings, no qual o país obteve resultado como o maior da América Latina com relação ao conjunto de fintechs. Além disso, o estudo aponta que ao todo são 108 fintechs brasileiras consideradas unicórnios – avaliadas acima de US$ 1 bilhão.

Um dos pontos que cooperou para o funcionamento da fintechs foi a oficialização pelo Banco Central do Brasil da Resolução CMN nº 4.656 em 2018, uma regulamentação dessas empresas para empréstimos e financiamentos. Além dos serviços convencionados, como: conta digital, cartão de crédito e débito, seguro, controle financeiro e investimento.
O fato da maioria dessas startups permitir o controle dos serviços financeiros por meio de smartphones e internet, sem que o cliente precise ir a um local físico, é um dos motivos de concorrer com bancos e corretoras convencionais. Outro fator, é o custo operacional abaixo da média ou até inexistente.

A transformação dos bancos tradicionais para o cenário digital foi tema de dois TGs da ESEG em 2020 e 2021, pelos já formados Lucas Henrique Araújo e Matheus Santos em Engenharia de Produção. Ambos estudaram os impactos das fintechs na atuação dos bancos tradicionais com relação a mudanças na estrutura e no posicionamento. Lucas analisou o caso do Banco Itaú e Banco Inter, já Matheus, comparou o Banco Itaú com a plataforma de serviços financeiros PagSeguro.

A ESEG – Faculdade do Grupo Etapa está com inscrições abertas para o processo seletivo do 1º semestre de 2022, para os cursos de Administração, Direito, Economia, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção. Tanto no vestibular quanto com a utilização da nota do Enem, o candidato pode conquistar uma bolsa de estudo válida até o fim da graduação.

Serviço

Processo Seletivo ESEG 2022 – 1º Semestre

Cursos: Administração, Economia, Direito, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção
Provas digitais

16/12/2021, às 18h – Inscrições até as 23h59 de 15/12/2021

18/12/2021, às 9h – Inscrições até as 14h de 17/12/2021

Prova presencial

29/01/2022, às 13h – Inscrições até as 14h de 28/01/2022

Taxas

Vestibular: R$ 45,00
Enem: isento
Inscrição e mais informações: eseg.edu.br/vestibular2022

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Presidente altera legislação do Programa Universidade para Todos – Prouni

As alterações no Prouni têm o objetivo de ampliar as políticas de inclusão na educação superior

Publicado

em

por

Resultado da Lista de Espera do Prouni 2021.2

O presidente Jair Bolsonaro assinou, na última segunda-feira (6), medida provisória (MP) que altera o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas de estudo integrais e parciais em faculdades particulares. A MP foi publicada ontem (7) no Diário Oficial da União.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, a medida busca ampliar o acesso a estudantes egressos do ensino médio privado que fizeram o curso com bolsas parciais. Na seleção, também está incluída a possibilidade de dispensa de apresentação do documento que comprovem a renda familiar e a situação de pessoas com deficiência, quando as informações estiverem disponíveis em bancos de dados de órgãos do governo.

Além disso, houve alteração na reserva de cotas destinadas a negros, povos indígenas e pessoas com deficiência. Com a medida, o percentual de pretos, pardos ou indígenas e pessoas com deficiência será considerado de forma isolada, e não mais em conjunto.

A MP também prevê a inclusão de penalidade de suspensão imposta para quem descumpre as obrigações assumidas no termo de adesão e a readmissão da mantenedora da universidade punida com a desvinculação.

Segundo o órgão, as alterações têm o objetivo de “ampliar as políticas de inclusão na educação superior, diminuindo a ociosidade na ocupação de vagas antes disponibilizadas, e promover o incremento de mecanismos de controle e integridade e a desburocratização”.

Fonte: Agência Brasil

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

USF inscreve para o Vestibular de Medicina 2022

O Vestibular de Medicina da USF utiliza os resultados obtidos pelo candidato no ENEM dos anos de 2015 a 2020

Publicado

em

por

USF está com inscrições abertas para o Vestibular Social

A Universidade São Francisco (USF) segue com as inscrições abertas para o Vestibular 2022 do Curso de Medicina, até 17 de janeiro de 2022.

USF Vestibular Medicina 2022

Devido ao cenário, decorrente da pandemia da COVID-19, o Vestibular será realizado por meio do aproveitamento dos resultados obtidos pelo candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

A taxa de inscrição é de R$ 300 e as inscrições podem ser feitas em usf.edu.br/vestibular

Seleção

O Processo Seletivo utiliza os resultados obtidos pelo candidato no ENEM dos anos de 2015 a 2020, sendo considerada, para fins de seleção e classificação. Será avaliada a maior pontuação obtida pelo candidato nos exames dos anos produzidos.

Serão classificados, exclusivamente, os candidatos que preencherem a pontuação final igual ou acima de 2500 pontos e que não terão zerado na redação.

Medicina USF

O Curso de Medicina está localizado no Câmpus Bragança Paulista, mesmo local onde está instalado o Hospital Universitário São Francisco (HUSF), considerado o hospital geral mais importante da região bragantina em razão de suas atividades de alta complexidade, desenvolvimento de pesquisas e intervenções de elevada especialização.

Com ênfase em práticas profissionais desde o primeiro ano, aliando teoria e prática, além do uso de tecnologias facilitadoras da rotina de estudos, o Curso de Medicina da USF é nota máxima no MEC.

Com matriz curricular atualizada e moderna infraestrutura – que compreende espaços como o Centro de Simulação Realística, Centro de Estudos de Anatomia, ampla rede de estágio e inserção na rede básica de saúde -, os estudantes e docentes atuam também em hospitais, unidades básicas de saúde, ambulatórios, unidades de estratégia de saúde da família, entre tantos outros espaços.

Para acompanhar as transformações da profissão e preparar os estudantes para os desafios da carreira, a USF investe em formação contínua para o corpo docente e oferece o Med Experience para os estudantes.

Inscrições em: usf.edu.br/vestibular.

Continue lendo