Engenharia Naval - informações sobre mercado de trabalho e descrição da profissão Engenharia Naval

Engenharia Naval

O curso de Engenharia Naval é encontrado em apenas duas escolas no Rio de janeiro e em São Paulo. Os poucos formandos encontram trabalho em estaleiros, indústrias subsidiárias, que produzem motores a diesel de grande porte ou para barcos de pesca, material elétrico ou equipamento de convés, indústrias pesadas em geral e na Marinha.

Clique aqui e veja os vestibulares de Engenharia com inscrições abertas.

Veja o texto de outras profissões

Faça agora o teste vocacional online e gratuito!

PARTICIPE DO SIMULADÃO ONLINE DO ENEM, COM CORREÇÃO PELA TRI

Receba dicas desta profissão no seu email



RECOMENDAMOS

Anhembi Morumbi FMU Universidade São Francisco Redentor Redentor Redentor ISPED UNITAU
FAGOC UNIFAN Newton Paiva SL Mandic FECAP São Camilo FAMINAS UniEvangélica UNISINOS Católica-TO

ACESSO RÁPIDO

CALENDÁRIO DO VESTIBULAR | TESTE VOCACIONAL ONLINE | SIMULADOS ONLINE | PLANO DE HORÁRIO DE ESTUDOS - PHE | DATAS DO ENEM 2017
->

DESAFIO DO DIA - SIMULADO ONLINE DIÁRIO

(PUC-RJ) "A Revolução Francesa constitui um dos capítulos mais importantes da longa e descontínua passagem histórica do feudalismo ao capitalismo. Com a Revolução (científica) do século XVII e a Revolução Industrial do século XVIII na Inglaterra, e ainda com a Revolução Americana de 1776, a Grande Révolution lança os fundamentos da História contemporânea." [Mota, C. G. A Revolução Francesa]. Entre as transformações promovidas pela Revolução na França, iniciada em 1789, é CORRETO afirmar que:

os privilégios feudais e o regime de servidão foram abolidos destruindo a base social que sustentava o Antigo Regime absolutista francês.
a Revolução aboliu o trabalho servil e fortaleceu o clero católico instituindo uma série de medidas de caráter humanista.
os revolucionários derrubaram o rei e proclamaram uma República fundamentada no igualitarismo radical na qual a propriedade privada foi abolida.
a Revolução rompeu os laços com a Igreja católica iniciando uma reforma de cunho protestante que se aproximava dos ideais da ética do capitalismo moderno.
a Revolução, mesmo em seu momento mais radical, não foi capaz de romper com as formas de propriedade e trabalho vigentes no antigo regime.