Atenção na hora da inscrição!

Confira algumas dicas e informações que podem te ajudar com a inscrição do vestibular

Publicado em 17/04/12

Para você que vai prestar vestibular este ano, um dos primeiros passos é conhecer melhor a universidade e seu processo seletivo. Existem documentos conhecidos como Edital e Manual do Candidato, que possuem todas informações sobre o procedimento e regulamento do vestibular. Além de estar atento na hora de ler esses documentos, o vestibulando deve ser cauteloso com cada informação colocada na inscrição. Vamos esclarecer os principais pontos e informações que você deve prestar atenção:

EDITAL. O QUE É?

No edital, o candidato encontra regras e normas que definem o vestibular que irá acontecer. É um documento disponibilizado e divulgado no site da universidade e em um jornal de grande circulação. Segundo o Coordenador do Vestibular da UNIMEP (Universidade Metodista de Piracicaba) Lúcio Marcos Teixeira, o documento traz também "datas, prazos, cursos (neste caso apenas o que a Normativa 40 sugere, por exemplo, nome do curso, turno, reconhecimento, quantidade de vagas). O normal é que contenha o Regulamento, que trata do formato do vestibular, tipo de prova, forma de pontuação e classificação".

MANUAL. O QUE É?

Segundo o coordenador, o Manual do Candidato é uma peça explicativa, no qual a Instituição informa com detalhes, cursos, estrutura da Instituição e pode ou não incluir o Edital e regulamento do Vestibular.

INSCRIÇÕES, PREENCHIMENTO E LEITURA DO EDITAL

Teixeira também deu algumas dicas importantes na hora de ler o edital.

"No edital, o candidato dever observar os cursos que possuem os famosos (*). Estas observações são de extrema importância. Vou citar um exemplo da nossa universidade: os cursos da saúde que são oferecidos no turno noturno, nos últimos anos, os estágios serão ou poderão ser no turno diurno ou vespertino. O aluno que trabalha é informado que, quando ele for realizar os estágios, por conta desta informação, está ciente desde que entrou no curso de que os estágios seriam neste horario. Outro ponto é a questão das formações de turma quando a Instituição tem varios campus em cidades circuvizinhas, no qual dependendo da formação de turma conforme demanda, pode não ser oferecida na cidade que ele escolheu e sim na cidade ou campus não escolhido disponível", afirma.

Sobre o preenchimento das inscrições, o coordenador aponta um erro corriqueiro: "O mais comum é o candidato informar condição de treineiro quando ele não é, e preenchimento de curso/turno equivocado." Porém, o vestibulando tem aliadas que podem facilitar todo esse processo: a internet e a inscrição mais simplificada. "Hoje, a internet facilitou muito e as redes sociais criam um grupo natural que no período de inscrição se falam entre si. As fichas de inscrição estão cada vez mais simplistas e formatadas de forma a não criar situações que o candidato tenha problemas em entender o que está se pedindo para ser prenchido", conclui.



EXEMPLOS

Encontramos no Edital da UFSJ (Universidade Federal de São João del-Rei) e do Ibmec-MG exemplos que podem ser destacados:

*Na Ficha de Inscrição, o candidato deverá:

- Informar os dados pessoais, principalmente nome, CPF, data de nascimento (ATENÇÃO: você não nasceu em 2012), endereço completo com CEP correto, telefones de contato e e-mail válido.

- Optar por autorizar o uso do resultado do somatório das notas das Provas de Múltipla.

*Escolha do ENEM de 2011.

- O candidato é o único responsável pelo correto preenchimento do número de inscrição do ENEM. O candidato que não preencher o campo correspondente ao ENEM ou o fizer incorretamente não terá seu resultado do ENEM utilizado para fins deste Processo Seletivo Vestibular.

*IV Das Provas

- 4.8 São considerados documentos

Veja outras dicas de prepação

Treine com simulados online

Calendário dos Vestibulares


RECOMENDAMOS

UNIP Universidade São Francisco FIPECAFI Inatel .. EPD.. FACTO.. Unigranrio ..