Siga-nos!

Blog do Vestibulando

O bom uso das palavras na redação

Publicado

em

Enem, redação, prova, vestibular, enem, tema de redação do Enem

por Marina Ogawa

Redação no vestibular. Um momento temido por uns e encarado de frente e sem receio algum, por outros. Em ambas situações, a preparação para a prova é essencial.

Um dos principais problemas dos vestibulandos é quanto à escolha certa das palavras.

Confira algumas dicas para acertar na escolha de palavras e não fazer feio na hora da prova:

Leia muito

A leitura amplia seu vocabulário de modo geral. Você passa a saber usar certas palavras em determinados contextos, em que você não usaria normalmente.

Não use gírias

A não ser que o tema da redação seja “Gírias da sua cidade” ou “Gírias da Geração Y”, o uso destas fica proibido. Os corretores não hesitarão em zerar a sua redação se virem escrito “mano”, “nois” e afins.

Linguagem verbal não é a mesma que escrita

Muito cuidado com essa parte. Algumas palavras que você usa diariamente podem não ser tão favoráveis à sua redação utilizadas na linguagem escrita. A fonética/sonoridade das palavras também influencia muito.

Preze o bom português de modo geral

Fique atento à Nova Ortografia Brasileira. Lembre-se que você não está falando com um amigo e sim redigindo uma prova muito importante.

Saiba escolher a melhor palavra

Se na hora surgir a dúvida: “colocar uma palavra difícil para impressionar (mesmo eu não sabendo exatamente como empregá-la na frase ou como escrevê-la) ou colocar a palavra de sempre?”. Opte pelo seguro. Se você não tem certeza em como empregar certa palavra durante a redação ou não tiver certeza absoluta de como escrevê-la, o melhor é escrever aquela que você tem certeza que está certa e bem empregada na frase.

Blog do Vestibulando

Dá para fazer faculdade pagando até 150 reais de mensalidade? Sim!

Fizemos uma pesquisa no Quero Bolsa e descobrimos que existem opções de R$ 150

Publicado

em

por

A economia tá difícil, a grana anda curta, mas você tem vontade (e necessidade) de fazer faculdade. Como equilibrar tudo isso? Fizemos uma pesquisa no Quero Bolsa e descobrimos que existem opções de cursos de graduação que custam até 150 reais de mensalidade. Isso mesmo!

Clique aqui para fazer sua consulta no site do Quero Bolsa.

Como conseguir seu curso com Bolsa no Quero Bolsa

Se liga no nosso tutorial para conseguir seu curso com desconto:

 

Passo 1 – Acesse o site www.querobolsa.com.br

 

Passo 2 – Indique até quanto quer pagar

Passo 3 – Indique onde você quer estudar (recomendamos deixar o campo “prefere alguma faculdade” em branco para ver o máximo de opções).

Passo 4 – Clique em “buscar”

Passo 5 – Serão exibidos os resultados. Você pode tem opções de filtros e ordenações.

Passo 6 – Você pode ordenar os resultados por relevância, menor preço e nota do MEC. Para saber as mais baratas, recomendamos colocar “menor preço”

Passo 7 – Depois que você encontrou alguma opções, recomendamos ver todas as condições. Se estiver de acordo, clique em “garantir esta bolsa”.

Passo 8 – Será apresentada uma tela com as condições de oferta e os próximos passos.

Passo 9 – Será necessário fazer o cadastro. Você pode fazer o login com suas informações de redes sociais.

Passo 10 – Complete suas informações e siga as instruções.

Sobre o Quero Bolsa

O Quero Bolsa reúne bolsas de estudo em mais de 6.000 parceiros entre faculdades e escolas de todo o Brasil. Pra conseguir sua bolsa com a gente, não é necessário comprovar renda ou analisar crédito e também não é necessário ter a nota do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio.

Você também não paga mais nada depois de se formar, nós não somos um financiamento.

Continue lendo

Blog do Vestibulando

10 cursos mais concorridos nos vestibulares

Publicado

em

por

O sejabixo! realizou uma pesquisa com informações dos vestibulares de 33 faculdades de todo o Brasil para chegar aos cursos mais concorridos. Veja abaixo o resultado:

Continue lendo

Blog do Vestibulando

Como funciona um curso de Graduação a Distância?

Publicado

em

por

Graduação a Distância

Segundo o Ministério da Educação não há um modelo único de educação a distância. Os programas podem apresentar diferentes desenhos e múltiplas combinações de linguagens e recursos educacionais e tecnológicos.

A natureza do curso e as reais condições do cotidiano e necessidades dos estudantes são os elementos que irão definir a melhor tecnologia e metodologia a ser utilizada, bem como a definição dos momentos presenciais necessários e obrigatórios.

A maioria das instituições que oferecem cursos de graduação a distância utilizam o sistema de tele-aulas e o aluno deve se dirigir ao pólo presencial, pelo menos uma vez por semana, para assistir as aulas, realizar atividades e provas. Tutores são disponibilizados para orientar e ajudar os alunos em qualquer dúvida.

Os cursos de graduação a distância exigem muita dedicação e organização dos alunos, pois também são solicitadas semanalmente leituras e tarefas complementares.

Desde que a instituição seja credenciada pelo MEC para oferecer os cursos a distância, o diploma é válido da mesma maneira que o diploma de um curso presencial.

PREÇO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA

Além da flexibilidade, outra vantagem está no baixo valor da mensalidade. No curso de Administração, por exemplo, o valor da mensalidade do curso EAD pode custar 30% do valor da mensalidade do curso presencial. Nas instituições públicas e vinculadas a UAB (Universidade Aberta do Brasil) não são cobradas mensalidades.

ONDE FAZER UM CURSO DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA?

Selecionamos abaixo algumas instituições que oferecem cursos de graduação a distância:

Universidade Anhembi Morumbi (www.anhembi.br)
Universidade Metodista de São Paulo (www.metodista.br)
Universidade Estácio de Sá (www.estacio.br)
Universidade Federal de São Carlos (www.uab.ufscar.br)
Universidade Luterana do Brasil (www.ulbra.br)

Continue lendo