Heroína ou vilã? Como usar a internet a seu favor na hora de estudar

É muito comum que o debate sobre a internet se perca em uma dualidade radical, com alguns afirmando ser uma coisa totalmente benéfica e outros falando como se fosse uma das piores coisas da humanidade. Quando o assunto é usar a internet para estudar, também vemos essa divisão, com o grupo que duvida da qualidade do conteúdo e a considera uma distração e o outro que consegue enxergá-la como uma aliada na hora de estudar.

É claro que existem muitas vantagens de usar a internet para estudar, mas é preciso ficar muito mais atento às fontes e às informações. Para sanar suas dúvidas mais complexas e se aprofundar em um assunto, evite a busca comum do Google. De acordo com o portal REVIEWBOX, muitas vezes os primeiros resultados da pesquisa estão lá por uma questão meramente financeira, não garantindo veracidade e idoneidade nas informações.

Por isso, dê preferência ao Google Acadêmico, pois lá você terá garantia de que tudo está embasado cientificamente. Esse método, aliás, é perfeito para quem deseja realmente se aprofundar no tema, pois é possível navegar entre as referências dos textos e acompanhar novas visões sobre cada assunto pesquisado.

Caso seu método de aprendizagem seja mais voltado a aulas do que a textos, também é possível encontrar muitos conteúdos bons no Youtube, mas nesse caso o cuidado deve ser redobrado. Não considere apenas o número de visualizações e as recomendações: cheque também as referências, as fontes e o teor do conteúdo.

O próprio Ministério da Educação possui uma plataforma própria, o MecFlix, apenas com conteúdos que estão de acordo com as diretrizes programáticas do ensino brasileiro. Lá, é possível encontrar muitos vídeos abordando os conteúdos escolares que baseiam o ENEM e boa parte dos vestibulares do Brasil.

Existem vários aplicativos para celular que ajudam na hora de estudar. Os mais simples são ligados apenas ao aprendizado do conteúdo, e cada disciplina tem seus aplicativos próprios. Para o ensino de línguas, por exemplo, é possível encontrar vários apps que funcionam como plataformas colaborativas e que podem ajudar muito na fluência dos idiomas.

Se você prefere não utilizar a internet na hora dos estudos para não perder a concentração, a solução pode ser algum aplicativo voltado à manutenção do foco. Existem diversos tipos: alguns deles bloqueiam as redes sociais por um tempo determinado, outros fazem a função de cronômetro e se baseiam em métodos de concentração famosos e alguns chegam até a criar sistemas de recompensas e premiações para quem consegue manter-se focado.

Ainda na questão do foco, a internet também pode ajudar indiretamente. Basta procurar playlists musicais montadas com músicas que mantém o foco e a concentração. O sentido que mais pode nos causar distração é a audição, portanto, com a trilha sonora correta, fica muito mais fácil se manter atento.

Tags: