Preparar para os vestibulares: tudo o que você deve saber

Os estudantes sabem que os vestibulares são o momentos cruciais para garantir o sucesso e a entrada em boas instituições de ensino superior. Por isso, é muito importante conhecer os vestibulares que existem e saber a melhor forma de se preparar para eles.

O ensino no Brasil levanta muitas questões e, para os estudantes, o momento mais importante será, sem dúvida, o momento das provas; por isso muitos vem se preparando para os vestibulares desde muito cedo.

Os vestibulares são os momentos de aplicação de provas que avaliam os conhecimentos obtidos no ensino médio e com isso, quais as oportunidades de ensino superior que o estudante poderá seguir. Assim, essas avaliações são fundamentais para o futuro do estudante.

Ao longo do ensino médio, todo o esforço empreendido pelos alunos visa, no fundo, garantir que no final eles terão o sucesso desejado no vestibular e conseguirão seguir para as formações superiores correspondentes aos empregos que desejam para o futuro.

Sabendo a importância dessa prova, muitos estudantes estão em fase de preparação vestibular desde o começo do ano para garantirem que, no momento da prova, estão preparados para alcançar as metas estipuladas.

Existem muitas formas de se preparar para as provas de vestibular mas, para garantir o sucesso, o mais importante é saber quais as provas que existem e exatamente de que forma pode ser feita a preparação para estas.

Venha descobrir tudo o que você precisa saber para se preparar da melhor forma para as suas provas.

1. Quais os vestibulares além do Enem?

O Enem é um exame que visa a avaliação do ensino médio e que é, também, usado em instituições públicas e privadas de ensino superior. O Enem é usado como forma de acesso direto a universidade ou como complemento da prova obrigatória por essa, caso a instituição opte por realizar seu próprio vestibular. Este exame permite selecionar alunos para diversas vagas com uma única prova e seleciona, também, quem irá se beneficiar do ProUni (Programa Universidade para Todos) e do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) ou garantir uma vaga mediante o SISU (Sistema de Seleção Unificada).
Embora o Enem seja o mais falado de todos os vestibulares, existem inúmeros vestibulares no país, consoante a faculdade que o realiza.

Muitas faculdades adotam o vestibular tradicional, sendo esse o método mais usado pelas instituições brasileiras, públicas e privadas. No vestibular tradicional a avaliação visa os conteúdos ensinados no ensino médio, mediante questões objetivas ou discursivas. Esse vestibular pode ter uma única fase ou várias, sendo realizado no começo ou no final do ano.

O vestibular agendado é outra das hipóteses de ingressar no ensino superior, sendo que neste, o avaliado pode agendar a data e a hora da prova com a instituição. Esse vestibular pode ser eletrónico ou manuscrito, tendo uma estrutura variável de acordo com a instituição. Esse vestibular é mais usado para graduações à distância e se baseia sobre os conhecimentos do ensino médio, mas pode também abordar temas específicos do curso desejado.

Por fim, existe ainda um tipo menos conhecido de vestibular, como o vestibular em série. Esse vestibular é feito em três provas, num formato de processo seletivo. Cada uma das provas visa a série correspondente, sendo cada uma delas no final do respetivo ano. Esse vestibular acontece em instituições públicas ou privadas, e a inscrição deve ser feita no começo do primeiro ano do ensino médio.

2. Como se preparar para provas específicas de vestibulares?

Preparar-se para os vestibulares, como vimos, é muito importante para garantir o futuro que o estudante deseja. Por isso, a orientação do estudo para garantir bons resultados torna-se verdadeiramente fundamental.

Alguns apoios de estudo, tais como o reforço escolar, podem ajudar a orientar o estudante e garantir o seu sucesso nesse tipo de prova.

Mesmo sozinho, o estudante pode ir se preparando as provas de vestibular, tendo em mente alguns aspectos importantes para as provas específicas.

Para começar, é muito importante que o estudante considere que a metodologia específica é bem diferente das provas de múltipla escolha, pelo que as respostas devem ser treinadas em casa para desenvolver, na fase preparatória, a expressão escrita. Deve-se também dedicar um tempo para interpretar as imagens e os textos, trabalhando esta competência ao longo do ano escolar.

Outro aspecto muito importante de estudar para se preparar para as provas específicas é habituar-se a avaliar com atenção o que está sendo pedido nas perguntas colocadas. Para isto, pode habituar-se a sublinhar o verbo de comando da frase (por exemplo, “explique” ou “assinale”). Desta forma garantirá respostas mais corretas e assertivas.

Na preparação das matérias deve ainda garantir que, mais do que decorar os tópicos, os compreende na íntegra, para que possa ter uma maior capacidade dissertativa no momento da prova.

Treinar a clareza nas respostas, a sua exatidão e uma linha de raciocínio coerente é também muito importante para que a sua prova seja um sucesso, sendo esse outro aspecto que você deve treinar ao longo do ano, para garantir o melhor resultado no momento da avaliação.

Tags: