Siga-nos!

Dicas para o Enem

E foi dada a largada para o Enem

Conheça o que interfere na vida de um aluno pré-vestibular e no que o Orientador Profissional pode auxiliar.

Publicado

em

Provão Paulista

“O ano, finalmente, começou… E agora? Por onde devo caminhar para garantir o ingresso na universidade que eu quero?”

Quando se fala, hoje em dia, em preparo para o vestibular ou pra o ENEM, não se fala apenas em conhecimento, mas também em preparo físico, emocional e, principalmente, em estar atualizado sobre o que acontece no mundo, procurando ter uma leitura crítica sobre os principais acontecimentos veiculados pela mídia. Nesse processo temos três participantes: o aluno, a família e a escola, cada um com suas vivências, desafios e conquistas, em que o mais importante é a sintonia e o foco no trabalho diferenciado do ano pré-vestibular.

Ao aluno, protagonista de todo esse processo, cabe a tarefa de enxergar com clareza suas facilidades – para potencializá-las e otimizar o tempo – bem como conhecer suas dificuldades – para saber exatamente onde precisa de ajuda. Outro item fundamental ao se preparar para o vestibular é a disciplina: organizar uma agenda de estudo, incluindo revisões e simulados, é de suma importância para qualificar o trabalho.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Até agora, tratamos somente dos aspectos práticos da vida do aluno pré-vestibular, mas devemos também tratar das questões emocionais e físicas. Um bom ambiente familiar e escolar auxilia e muito no equilíbrio emocional tão necessário para otimizar a concentração e a disciplina. Não se pode dar espaço para a ansiedade! Caso ela esteja num grau crescente, o aluno deve procurar conversar com a sua família, sinalizar a sua angústia, seus receios e dificuldades. Na maioria das vezes, uma boa conversa com a mãe ou o pai – ou um bom amigo – já ajuda, e muito, no seu controle.

A disciplina aparece aqui novamente: procurar abrir mão de baladas para zelar pelo sono é manter o foco no que se quer. Outra sugestão é tentar incluir na rotina da semana um momento para atividade física, sempre importante quando se atravessa um processo que envolve estresse.

À família, cabe prestar momentos de conversa sobre a vida futura para que o vestibulando possa fazer e refazer projeções. O apoio em momentos de cansaço, irritação e angústia que, com certeza, virão, também é outra atuação muito bem vinda, além de motivar, sempre!

À escola cabe qualificar os instrumentos que o aluno já tem: suas habilidades, competências, seu percurso, sua rotina. Aulas específicas de preparo para o vestibular, simulados frequentes, ajuda para sanar dúvidas, espaço para trocas… Um leque de ações que se expande à medida que a escola conhece seu aluno e sua família e, por isso, sabe reconhecer o que irá ajudá-los nesse processo complexo mas também muito enriquecedor, que é o pré-vestibular.

* Professora Ana Paula Ciriaco Camargo é supervisora educacional e a professora Márcia Chammas é Orientadora Educacional, ambas do Ensino Médio do Colégio Rio Branco.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Qual o jeito mais fácil de passar no vestibular?

Quem está buscando uma vaga na faculdade e pensa em encontrar uma fórmula mágica. Confira nossas dicas!

Publicado

em

por

Dicas para uma boa redação no Enem 2020 - Prova 17/01/2021

Quem está buscando uma vaga na faculdade e pensa em encontrar uma fórmula mágica pode desistir desde já. Infelizmente não há jeitinho para isso, mas existem estratégias e caminhos que podem ajudar.

Qual o jeito mais fácil de passar no vestibular?

1. Vestibular de Inverno

Veja se o existe a oferta de vagas do curso do seu interesse para ingresso no 2º semestre. Os vestibulares de inverno tendem a ter uma concorrência menor.

2. Verifique as formas de ingresso. 

Existem processos seletivos sem a realização de prova e que consideram o aproveitamento da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e/ou histórico escolar.

3. Processo Seletivo Seriado

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Neste formato você vai realizando avaliações ao longo do ensino médio e desta forma tira a pressão por conseguir o resultado em um único exame.

Escolher a estratégia que combina mais com seu perfil pode aumentar significativamente suas chances de sucesso no vestibular. Boa escolha e boa sorte!

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Como definir o que estudar para o vestibular?

Confira nossas dicas para saber qual o melhor caminho para se preparar para o vestibular e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Publicado

em

por

Como definir o que estudar para o vestibular?

Para definir o que estudar para o vestibular, é importante verificar o conteúdo programático exigido pelo exame. Isso pode ser feito consultando o edital da instituição de ensino para a qual você está se candidatando.

Também é importante considerar as matérias que você tem mais dificuldade ou menos interesse, para que você possa se dedicar mais a elas.

Além disso, também é recomendado se familiarizar com o formato da prova e o estilo de perguntas, para que você possa se preparar adequadamente. Para isso, recomendamos treinar com simulados online.

DICAS NO SEU EMAIL

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

10 dicas para controlar a ansiedade às vésperas da prova do Enem 2021

Especialistas listaram dicas sobre o que fazer nos momentos em que a ansiedade fica incontrolável, até o que se deve fazer na véspera do Enem

Publicado

em

por

10 dicas para controlar a ansiedade às vésperas da prova do Enem 2021

Medo, sensação de que não sabe nada, que não estudou o suficiente … às vésperas do Enem, é natural que os candidatos fiquem inseguros. Mas o estresse exagerado pode prejudicar o desempenho nas provas, que, este ano, serão realizadas em meio à inesperada crise no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador do concurso. Nos últimos dias, 37 servidores do órgão ligado ao Ministério da Educação pediram exoneração, o que pode elevar ainda mais o nível de ansiedade dos candidatos.

– Em meio a um desafio grande, que é a escolha de carreira e a expectativa por um bom resultado, a crise no Inep acaba sendo mais um um fator que geral ansiedade – diz a psicóloga Talitha Nobre, especializada no atendimento a adolescentes e coordenadora do Centro de Apoio à Família do Grupo Prontobaby, no Rio de Janeiro.

Junto da médica Patrícia Rezende, também do Prontobaby, Talitha elaborou uma lista de atitudes que podem contribuir para dias mais tranquilos antes da primeira etapa de provas, nestes domingo. As profissionais listaram recomendações que vão desde o que fazer nos momentos em que a ansiedade fica incontrolável até o que se deve fazer, na véspera do Enem, para garantir energia. Confira:

10 dicas para controlar a ansiedade – Enem 2021

RESPIRAÇÃO

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Não adianta negar, é difícil encontrar candidatos que não se sintam ansiosos às vésperas do Enem. Para tentar amenizar o nervosismo, é possível usar uma técnica de respiração que costuma dar excelentes resultados. Talitha explica que basta inspirar pelo nariz profunda e lentamente, contraindo o corpo ao mesmo tempo. Em seguida, deve-se segurar o ar por alguns segundos e depois soltá-lo bem devagar pela boca, relaxando o corpo. O ritual deve ser repetido por alguns minutos para o candidato se organizar melhor, relaxar, e trabalhar a concentração.

ALIMENTAÇÃO

Nada de se entupir de guloseimas ou encarar uma feijoada ou fast food. Na véspera da prova e no dia do exame, não se deve ter uma alimentação rica em gordura. A refeição pesada faz com que o sangue seja desviado para o trato digestivo para fazer a digestão, o que provoca sonolência. Os candidatos devem apostar em uma alimentação balanceada. No domingo, não ignore os carboidratos no café da manhã, eles ajudam a garantir mais energia. Para o local do exame, não esqueça de levar água, um isotônico, barras de cereal ou chocolate para um lanche.

SONO

Todo mundo sabe que dormir oito horas diárias faz bem. O sono regula funções importantes do organismo, como aprendizagem, concentração, capacidade de raciocínio lógico e abstrato. Por isso, nos dias que antecedem as provas, nada de virar a noite estudando. Também evite o uso de telas uma hora antes de ir para a cama para ter mais facilidade para adormecer. Esse cuidado vai fazer com que você não sofra o impacto de uma noite mal dormida no dia da prova.

RELAXE

Na reta final para as provas, estude, mas sem exageros. É importante também encontrar momentos para relaxar. Pode ser lendo um livro que você goste, conferindo aquela série recém-lançada (mas nada de maratonar, virando a madrugada!) ou mesmo conversando com amigos.

MEXA-SE

Fazer atividades físicas ajuda a liberar endorfina, que provoca uma sensação de bem-estar. Por isso, investir em caminhadas leves ou esportes é uma boa ideia. Quem se exercita regularmente também tem ganhos na na concentração, na memória. Se a atividade for ao ar livre, melhor ainda.

MEDITAÇÃO E YOGA

As duas atividades ajudam não só na questão do foco, mas no controle da ansiedade. Hoje, é possível encontrar vários exercícios on-line. Dedique-se a eles.

NADA DE ÁLCOOL

Pode aparentar que relaxa, mas altera os ciclos do sono. Os candidatos que têm idade para consumir bebidas alcóolicas, devem evitá-las.

BUSQUE CONFORTO

Pense em tudo que pode causar desconforto no dia da prova, como fome, sede, frio, e se prepare. Leve casaco, água e uma fruta, por exemplo, para evitar situações que podem levar ao estresse, além da prova em si.

ORGANIZAÇÃO

Parece óbvio, mas não custa lembrar. Não deixe de levar a caneta preta, identidade e o comprovante de inscrição impresso. Deixe tudo separado junto das chaves de casa, assim não tem chances de esquecer. Se possível, também faça o trajeto até o local de prova na véspera para ter ideia de quanto tempo leva. E, contabilize no planejamento, eventuais percalços, como atraso do transporte público ou engarrafamentos. Melhor chegar cedo do que encontrar os portões fechados.

QUESTÕES MAIS FÁCEIS

É normal que o candidato se sinta inseguro no momento da prova. Caso ele se dedique primeiro às perguntas mais complicadas, poderá ficar mais ansioso. Por isso, começar pelas perguntas mais fáceis é uma boa alternativa para deixar o estudante mais seguro.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo