Engenharia Agronômica

O Curso de Engenharia Agronômica tem duração de cinco anos (com carga horária aproximada de 4200 horas), subdividindo-se o currículo em dois ciclos de matérias: o Ciclo Fundamental e o Ciclo Profissionalizante.

Engenharia Agronômica

Sobre a profissão

Ao formado, o Engenheiro Agrônomo deve ter as competências e habilidades profissionais:

– Capacidade de juízo crítico sobre os aspectos ligados às atividades do setor agropecuário e do desenvolvimento rural brasileiro em seus aspectos técnicos e sócio-econômicos;

– Competência na execução de levantamentos, análise científica de projetos agropecuários e de caráter sócio-ambiental;

– espírito de liderança, iniciativa e comunicação para atuar no desenvolvimento de comunidades rurais difundindo inovações tecnológicas;

– Habilidade para o manejo e conservação do solo e dos recursos hídricos;

– Capacidade para executar o zoneamento ecológico de culturas agrícolas;

– Competência na área fitossanitária e no uso de defensivos agrícolas, observando os preceitos éticos e ecológicos

– Adequação do uso de máquinas e equipamentos para operar em áreas agrícolas e planejar, executar e supervisionar construções rurais;

– Competência para elaborar laudo de perícias e avaliações de engenharia na área rural, construir obras rurais e levantar e promover o parcelamento do sol;

– Habilidade no manejo de cultura agrícolas em seus diversos aspectos de implantação, tratos culturais, colheita e armazenamento e comercialização dos produtos;

– Gerenciamento da criação e exploração racional de animais de interesse econômico;

– Organização de processos e técnicas de conservação e transformação de matérias primas em produtos agroindustriais;

– Desenvolvimentos de processos e técnicas de biotecnologia agrícola;

– Conhecimento dos mercados de fatores de produção e de produtos agro´pecuários;

– Conservação e uso racional de recursos naturais renováveis.

Há a possibilidade de o aluno aprofundar, nos últimos semestres os seus conhecimentos optando por uma das áreas de Concentração: Produção Vegetal, Produção Animal, Engenharia Rural, manejo Ambiental, Economia e Administração Agroindustrial, Alimentos, Agroindústria e Nutrição, Biotecnologia.

Por ser o Brasil essencialmente produtor de alimentos e fibras, o mercado de trabalho para o agrônomo continua em expansão. Entretanto, nos últimos anos, está sujeito a restrições impostas pelas conjunturas nacional e internacional, obrigando o profissional a estar continuamente atualizado e atento a novos nichos do mercado.

Bolsa de Estudos

Clique aqui e confira no site do Quero Bolsa faculdades de todo o Brasil que oferecem este curso com Bolsa de Estudos.

Indicações

Recomendamos:

Leave a Reply