Siga-nos!

Profissões

Engenharia Florestal

O aluno de Engenharia Florestal pode se aprofundar na formação profissional em três áreas de concentração. Veja aqui quais são!

Publicado

em

O aluno de Engenharia Florestal pode se aprofundar na formação profissional em uma das três áreas de concentração:

– Manejo de florestas de produção;

– Conservação de Ecossistemas Florestais;

– Tecnologia de produtos florestais.

Engenharia Florestal

Sobre a profissão

O Curso habilita o Engenheiro Florestal para ter competência em:

– Planejar e executar estudos de caráter ecológico e programas de gestão florestal;

– Coordenar o planejamento e execução de atividades de conservação de ecossistemas florestais, visando à manutenção da biodiversidades;

– Administrar, operar e manter sistemas de produção florestal em florestas naturais e plantadas;

– Orientar o desenvolvimento de políticas públicas sobre a recuperação, conservação e uso de ecossistemas florestais;

– Atuar em entidades de defesa do meio-ambiente;

– Cooperar na elaboração e execução de projetos de desenvolvimento rural sustentável;

– Coordenar o desenvolvimento de planos de utilização de recursos florestais;

– Gerir sistemas de monitoramento ambiental em áreas florestais;

– Coordenar o planejamento e execução de projetos de extensão florestal e educação ambiental;

– Planejar e desenvolver projetos de abastecimento de indústrias e controle de qualidade de matéria-prima florestal;

– Administrar, operar e manter sistemas de processamento de matéria-prima florestal;

– Planejar e administrar sistemas de colheita e transporte florestal;

Campo de Atuação

O mercado de trabalho encontra-se também sujeito às restrições conjunturais da economia nacional e internacional. Todavia, o setor florestal brasileiro, ainda na fase inicial, encontra-se em franca expansão, sendo reconhecido como um dos mais prósperos no cenário mundial.

Na ESALQ são anualmente admitidos 40 alunos para o curso de Engenharia Florestal. Nos últimos três anos formaram-se em média 30 engenheiros florestais.

(Fonte: “A Universidade e as Profissões”, catálogo da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo)

Indicações

Profissões

Medicina

A mais concorrida carreira da área de Biológicas, a Medicina é a mais nobre das profissões: a arte de prevenir e curar doenças.

Publicado

em

por

A mais concorrida carreira da área de Biológicas, a Medicina é a mais nobre das profissões: a arte de prevenir e curar doenças.

Medicina

Sobre a profissão

O estudo das causas das enfermidades, a pesquisa dos meios para combate-las, a busca pela melhoria dos padrões de saúde da comunidade tornam o médico um profissional voltado à causa social que é a Saúde.

Através de exames, o médico pode prescrever ao paciente a medicação necessária ou submetê-lo a tratamentos mais intensos como as cirurgias.

O bom Médico não pára de estudar nunca. Vive em congressos, participa de pesquisas acadêmicas, escreve artigos científicos, faz cursos e leitura constante de revistas especializadas. Além do estudo e da especialização, é preciso ter o dom. Quem não tem mão, deve ficar longe dos bisturis. Quem acha que os exames resolvem tudo, talvez precise fazer um curso complementar de Psicologia, já que o bom Médico sabe interpretar o que ouve. Uma boa conversa pode valer mais do que um punhado de exames – de cada 10 diagnósticos, 08 podem ser resolvidos durante uma entrevista bem feita coisa que os recém formados só irão aprender com o tempo, pois o tempo faz o bom médico. Atualmente, com o aumento da expectativa devida, cresce a procura pelas especialidades relacionadas à velhice: Geriatria, Cardiologia, Oncologia, Ortopedia. Outras áreas em expansão são aquelas sob o domínio de alta tecnologia como Oftalmologia e alguns tipos de cirurgia.

O profissional desta área precisa ter perseverança, dedicação ao próximo, interesse pela melhoria dos padrões de saúde, presteza no trato para com os pacientes, habilidade manual e cirúrgica e sociabilidade acentuada.

Modalidades

Medicina do Trabalho (cuida de enfermidades próprias do ambiente de trabalho) Medicina Sanitária (trabalha em postos e Programas de Saúde junto ás populações de baixa renda), Medicina Legal, Medicina Esportiva, Medicina Preventiva e Bioengenharia.

Especializações

Ginecologia e Obstetrícia, Urologia, Nefrologia, Pediatria, Psiquiatria, Cardiologia, Pneumologia, Ortopedia e Traumatologia, Anatomia Patológica, Otorrino-Laririgologia, Endoscopia, Oftalmologia, Análises Clínicas, Radiologia (diagnóstico por imagem), Medicina Nuclear, Anestesia, Genética, Dermatologia, Clínica Cirúrgica, Cirurgia Plástica, Clínica Médica (Gastroenterologia, Proctologia, Neurologia, Geriatria, Oncologia, Endocrinologia)

Campos de atuação

Hospitais, Clínicas, Empresas Clubes, Escolas, Pesquisa.

Indicações

Continue lendo

Profissões

Gestão Ambiental

A Gestão Ambiental é área que trata de assuntos relacionados ao meio ambiente envolve um mercado de trabalho em crescimento.

Publicado

em

por

A Gestão Ambiental é área que trata de assuntos relacionados ao meio ambiente envolve um mercado de trabalho em crescimento.

Gestão Ambiental

Sobre a profissão

Muitas empresa, visando melhorar a competitividade pela busca da qualidade ambiental (através da certificação ISSO 14000 e do selo verde), procuram profissionais que, além de apresentar um bom desempenho nas atividades de administração, tenham conhecimentos que permitam gerenciar estudos sobre impactos ambientais e atender às responsabilidades sociais inerentes à moderna atividade empresarial.

Assim, tal profissional deve conhecer biologia, ecologia, sociologia, legislação ambiental, poluição, geoprocessamento, etc. atendendo essa demanda, o curso de Gestão Ambiental oferece uma formação que integra a função gerencial com as áreas da ciência ambiental. Na sua grade curricular, além das disciplinas básicas, há matérias de: economia, administração de recursos humanos, marketing, gestão turística, direito ambiental e também matérias relativas ao meio ambiente ( como: botânica, zoologia, ecologia, biodiversidade, geociência ambiental, controle de poluentes, tratamento de resíduos urbanos e agroindustriais e elaboração de relatórios de impactos ambientais).

Campo de atuação

O gestor ambiental poderá atuar como administrador no comércio, na indústria e em bancos, ou então exercer suas atividades em :

– departamentos de meio ambiente de empresas públicas ou particulares;

– prefeituras, ONGs, ou empresas hidroelétricas, petroquímicas ou de mineração, celulose ou de saneamento;

– consultorias

– estudos de impactos ambientais

– gestão de arques e reservas e

– recuperação de áreas degradadas

Atualmente, os profissionais que atuam na área de gestão ambiental são formados apenas através de cursos de especialização ou de pós graduação.

O curso de graduação em Gestão Ambiental será oferecido a partir do ano 2002, na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ, em Piracicaba, no período noturno.

(Fonte: “A Universidade e as Profissões”, catálogo da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo)

Indicações

Continue lendo

Profissões

Economia Agroindustrial

O curso de Economia Agroindustrial tem como meta a formação de um profissional de nível diferenciado e altamente qualificado, que possa atuar em novos nichos de mercado

Publicado

em

por

O curso de Economia Agroindustrial tem como meta a formação de um profissional de nível diferenciado e altamente qualificado, que possa atuar em novos nichos de mercado, que hoje representam cerca de 40% dos negócios brasileiros.

Economia Agroindustrial

Sobre a profissão

Esse novo mercado de trabalho, em forte expansão, está surgindo no contexto do agribusiness, da gestão de recursos naturais e do planejamento regional, tanto no Brasil como no âmbito do Mercosul. O curso incorpora uma visão fortemente aplicada da economia e administração de negócios e propicia uma sólida formação do aluno em métodos quantitativos e informática, em princípios de desenvolvimento sustentado e gestão de recursos naturais.

O curso de Economia forma profissionais em política econômica e o curso de Economia Agroindustrial forma economistas para as empresas. Estes irão competir com administradores, só que terão mais condições de agir em uma economia globalizada, já que terão formação básica em economia e, nos últimos semestres, ênfase nas áreas de agricultura, meio ambiente, agroindústria e desenvolvimento regional. Essas características inovadoras possibilitarão que o profissional formado em Economia Agroindustrial adicione capacidade gerencial e analítica, nos níveis operacionais e estratégicos, às organizações em que trabalhem. Espírito empreendedor e investigativo, habilidade matemática, boa capacidade de análise e avaliação, organização e liderança são requisitos da profissão.

Especializações

Analista de Mercados Agroindustriais, Analista de Estratégia e Política Internacional, Analista de projetos Agroindustriais, Especialista em Comercialização de Commodities, Especialista em Certificação de Atividades Agroindustriais, Especialista em Avaliação de Recursos Ambientais e Agroindustriais, Especialista em Planejamento Regional, Especialista em Planejamento Ambiental, Gerente/Diretor de Empresa Agroindustrial, Gerente de Administração de Riscos, Gerente/Diretor de Recursos Naturais e Ambientais, Gerente/Diretor de Logística Agroindustrial.

Campos de Atuação

Pequenas, médias e grandes empresas do complexo agroindustrial do comércio e exportação, de logística e transporte, de turismo rural e ecológico, bancos e instituições financeiras, seguradoras, níveis do governo federal e estadual.

Indicações

Continue lendo