Siga-nos!

Destaque

Atentados de 11 de Setembro completam 20 anos: como o Enem pode abordar o tema?

Maior ataque terrorista aos EUA pode ser abordado em diferentes aspectos no Enem

Publicado

em

Atentados de 11 de Setembro completam 20 anos: como o Enem pode abordar o tema?

Todos os anos, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) atrai milhões de pessoas que pretendem entrar na universidade. Uma das formas de fazer uma avaliação com mais tranquilidade é antecipar temas que podem aparecer tanto nas perguntas quanto na redação, fundamental para conseguir uma boa pontuação. Em 2021, um desses temas pode ser o já longínquo 11 de Setembro de 2001.

11 de setembro no Enem

Muitos dos estudantes que vão prestar o Enem este ano não eram nascidos quando dois aviões atingiram as torres gêmeas do World Trade Center, no coração de Nova York, um terceiro colidiu contra o Pentágono e o último acabou caindo na Pensilvânia. Completando 20 anos daquele ataque, compreender seu contexto e consequências geopolíticas, militares e para a segurança da sociedade contemporânea pode ser um diferencial importante para os candidatos. O professor de História e coordenador editorial do Sistema Positivo de Ensino (SPE), Norton Nicolazzi Junior, aponta alguns aspectos aos quais será necessário prestar atenção sobre a data.

Contexto histórico

Como acontece com todo evento histórico, é preciso entender o cenário em que os fatos estão inseridos. Os atentados terroristas de 11 de Setembro de 2001 tiveram raízes, na verdade, em muitas décadas de relações entre os Estados Unidos e vários países do Oriente Médio, como o próprio Afeganistão, a Síria, Israel, Palestina, entre outros. “É importante nos colocarmos no lugar do outro quando se fala de terrorismo. Podemos considerar terrorismo o que o outro faz conosco, mas, por outro lado, talvez ele considere terrorismo aquilo que fazemos com ele”, destaca Nicolazzi. A maneira como os Estados Unidos estabeleceram aliados e inimigos naquela região é vista por muitos como uma maneira de terrorismo, também. Por isso, conhecer a história pré-11 de Setembro é uma dica valiosa.

Mudanças subsequentes

O episódio do ataque da al-Qaeda aos EUA não foi o primeiro ato de terrorismo visto no mundo -pelo contrário, o terror é uma ferramenta registrada ao longo de toda a história, mas foi o primeiro a ser transmitido ao vivo pela “Talvez, no futuro, historiadores podem vir a estabelecer aquele episódio como um marco que inaugura um novo período da história humana, assim como a Revolução Francesa inaugurou a Idade Contemporânea”, conjectura o historiador. Depois daquele dia, o medo de novos ataques tomou conta do mundo e é pauta até hoje do planejamento de segurança de quase todos os governos e também de grandes eventos.

Evolução e involução

Enquanto, ao longo do século XX, o mundo assistiu a um avanço de pautas como os direitos da mulher, dos negros e dos homossexuais, o 11 de Setembro foi o marco inicial de um período de regressão e ameaça a esses direitos e uma tentativa de justificar essa marcha a ré com argumentos calcados em inúmeros preconceitos. Nicolazzi lembra que “O século XX trouxe a ideia de liberdade para o cotidiano das pessoas, principalmente no mundo ocidental. O atentado de 11/09 estabelece uma ruptura com essa tendência e, nos últimos 20 anos, vemos o avanço da xenofobia, por exemplo, que culmina em posicionamentos extremistas não apenas por parte desses a quem chamamos terroristas, mas também de cidadãos do mundo ocidental”.

Reflexão sobre monumentos

Estendendo-se um pouco além do tema do 11/09, Nicolazzi propõe uma reflexão muito atual. Ele convida os candidatos ao Enem a pensar sobre a polêmica dos monumentos históricos rechaçados por parte da população. Hoje, um monumento que lembra os ataques aos EUA faz sentido e tem uma aparente coerência. No entanto, o passar do tempo pode fazer com que as pessoas já não se sintam representadas por ele, assim como vem acontecendo com uma série de monumentos ao redor do mundo que contam certas versões da história. “A derrubada de monumentos históricos demonstra que os atores históricos atuais não se identificam com o viés que esses marcos defendem. Refletir sobre isso e sobre de que forma isso poderia acontecer em relação ao 11/09 também é uma forma de se preparar para o Enem”, alerta.

RECOMENDAMOS

Destaque

Grupo UniEduK inscreve para o Vestibular de Medicina em Jaguariúna e Indaiatuba

Os cursos de Medicina da UniFAJ e UniMAX estão entre os 5% melhores cursos do Brasil de acordo com o Ministério da Educação

Publicado

em

por

Grupo UniEduK inscreve para o Vestibular de Medicina em Jaguariúna e Indaiatuba

O Grupo UniEduK está com inscrições abertas para o Vestibular do curso de Medicina do Centro Universitário de Jaguariúna – UniFAJ e Centro Universitário Max Planck – UniMAX, com prova online no dia 16 de outubro de 2021, das 9h às 13h. Os interessados poderão acessar o site, para obter mais informações e acessar o edital.

Autorizado pelo MEC com Nota Máxima (Nota 5), o Curso de Medicina do Grupo UniEduK oferece uma formação profissional diferenciada que alia ciência, tecnologia e humanização.

O Curso de Medicina vem se consolidando como um dos mais conceituados do Brasil, tanto pelo investimento na qualidade de ensino, corpo docente, infraestrutura, quanto nas experiências acadêmicas proporcionadas em sala de aula, ambientes simulados e campos reais de prática em unidades básicas de saúde, ambulatórios de especialidades médicas e hospital escola que não apenas enriquecem o potencial do aluno, mas que determinam uma formação sólida baseada na prática médica desde o primeiro ano.

Essa formação de alto nível, reconhecida pelo Ministério da Educação, por meio das notas máximas obtidas em todas os itens das dimensões de avaliação, coloca o Grupo UniEduK entre os 5% Melhores Cursos de Medicina do Brasil.

Ensino na prática

Com a missão de promover a educação socialmente responsável, com alto grau de qualidade, propiciando o desenvolvimento dos projetos de vida dos alunos, o Grupo UniEduK tem como foco transformar o futuro das pessoas, na prática.

Para tanto, o Grupo UniEduK possui convênio com as Prefeituras de Jaguariúna, Indaiatuba, Holambra, Santo Antônio de Posse, Pedreira, Amparo e com o Hospital Municipal de Jaguariúna e com o Hospital Augusto de Oliveira Camargo – HAOC em Indaiatuba. Além dos hospitais de Pedreira, Amparo (Santa Casa Anna Cintra e Beneficência Portuguesa), e o Hospital Samaritano, garantem o desenvolvimento das práticas no Sistema de Saúde.

A cooperação com o Hospital Sírio-Libanês responde pela qualificação do corpo docente e dos preceptores em metodologias ativas e em tecnologias inovadoras na assistência, gestão e educação na saúde. Núcleos de apoio aos docentes e estudantes e de gestão e avaliação curriculares garantem a qualidade e a atualização permanentes da formação.

“Para oferecer uma educação de qualidade que empregue pessoas, o Grupo UniEduK não mede esforços para investir em inovação, pessoas, infraestrutura e tecnologias que façam a diferença na formação profissional. Priorizamos na nossa metodologia de ensino o protagonismo dos estudantes e desta forma, entregamos para o mercado de trabalho profissionais solucionadores de problemas complexos, criativos, aptos para atuarem em diversas áreas dentro de sua formação”, afirma o reitor Ricardo Tannus.

Ensino orientado por competências

Para dar respostas às necessidades da formação médica no mundo contemporâneo, o currículo do Curso de Medicina do Grupo UniEduK é orientado por competência (Diretrizes Curriculares Nacionais de 2014), baseado em metodologias ativas de ensino-aprendizagem, integrado (básico-clínico; teoria-prática; simulação-realidade; ciência-arte), articulado (atividades curriculares obrigatórias, complementares, optativas e eletivas), desenvolvido em cenários reais do Sistema de Saúde e avaliado continuamente com foco no desenvolvimento de competência.

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Vestibular de Medicina Unifenas oferece 4 formas de ingresso

A Unifenas recebe inscrições abertas para o Vestibular 2022 para o curso de Medicina. São oferecidas 210 vagas, sendo 80 para o câmpus Alfenas e 130 para Belo Horizonte.

Publicado

em

por

Vestibular de Medicina Unifenas 2022

A Unifenas recebe inscrições abertas para o Vestibular 2022 para o curso de Medicina. São oferecidas 210 vagas, sendo 80 para o câmpus Alfenas e 130 para Belo Horizonte.

Vestibular de Medicina Unifenas 2022

Os interessados encontram 4 opções de ingresso no Vestibular de Medicina Unifenas 2022:

1- Uso da Nota do Enem (2009 a 2020)

O candidato poderá se inscrever pelas notas do ENEM (2009 a 2020) para concorrer às vagas de Medicina nos câmpus de Alfenas e Belo Horizonte, caso faça uma inscrição para cada câmpus e efetue o pagamento dos respectivos boletos.

2- Prova Tradicional

O candidato poderá fazer uma inscrição para concorrer às vagas de Medicina no câmpus de Alfenas ou de Belo Horizonte.

As provas para os dois câmpus serão realizadas no mesmo dia e horário: 23 de outubro de 2021 (sábado), das 13 às 18h, nas cidades de Brasília/DF, Campinas/SP, Curitiba/PR, Goiânia/GO, Ribeirão Preto/SP, São Paulo/SP, Uberlândia/MG, Vitória/ES e nos câmpus da UNIFENAS em Minas Gerais: Alfenas, Belo Horizonte, Campo Belo, Divinópolis, Poços de Caldas e Varginha. O local escolhido para a realização das provas do vestibular independe da cidade em que o curso será ministrado.

3- Prova Tradicional + Enem (2009 a 2020)

O candidato poderá se inscrever em modalidades diferentes: PROVA TRADICIONAL E ENEM (2009 a 2020) para concorrer às vagas de Medicina nos câmpus de Alfenas e/ou Belo Horizonte. Nessa opção, concluídas as inscrições, ao final será gerado um único boleto para pagamento.

4- Prova Tradicional Unificada + Enem (2009 a 2020)

No ato da inscrição, o candidato irá optar na prova Tradicional, em ordem de preferência (1ª e 2ª opção), entre os cursos de Medicina oferecidos pelo câmpus de Alfenas e pelo câmpus de Belo Horizonte. A convocação, em 2ª opção, será realizada somente após as etapas que constam dos itens 6.41 e 6.45 do edital para classificação e convocação dos inscritos em 1ª opção. Pelas notas do ENEM (2009 a 2020), o candidato fará duas inscrições, sendo uma para cada câmpus. Nessa opção, concluídas as inscrições, ao final será gerado um único boleto para pagamento.

INSCRIÇÕES

As inscrições podem ser feitas no site: www.unifenas.br/vestibular, até o dia 15 de outubro de 2021.

Ao finalizar a inscrição, o candidato terá a opção de pagamento da taxa de inscrição por cartão de crédito ou boleto bancário.

Continue lendo

Destaque

Revisão para o Enem – 8ª fascículo – Ciências da Natureza

Está no ar o 8º material de revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. O tema desta semana é Ciências da Natureza.

Publicado

em

por

Revisão para o Enem 2021 - SAS Plataforma de Educação

Já está no ar o oitavo material de revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. O tema desta semana é Ciências da Natureza.

Chegou a hora de retomar o estudo da área de Ciências da Natureza. Assim como fizemos no primeiro, aqui também nos aprofundaremos nas abordagens em Biologia, Física e Química, seguindo o levantamento feito pelo Raio X do ENEM.

Em Biologia, as áreas de Histologia e fisiologia, juntas, contemplam 11,5% das questões dos últimos doze anos de ENEM. Em seguida, vem Fundamentos da ecologia, com 8,3%. Física traz Eletricidade Energia com destaque, 25,8%. E Química apresenta 26,8% de suas questões com situações-problema que abordam a Química Geral.

Clique aqui para baixar o fascículo (1,6 MB). Assista abaixo a videoaula com a resolução das questões.

Clique aqui para baixar gratuitamente os materiais anteriores.

Revisão Enem 2021

Serão publicados 17 fascículos e videoaulas com explicação de especialistas, sobre os temas que são mais cobrados no exame (e que poderão cair no Enem 2021).

O canal Revisão para o Enem 2021 é uma parceria do sejabixo! com o SAS Plataforma de Educação.

RECOMENDAMOS

Continue lendo