Siga-nos!

Destaque

O que estudar para o Vestibular?

Com a abertura das inscrições para os vestibulares, chega também uma grande dúvida: o que estudar para o Vestibular?

Publicado

em

Com a abertura das inscrições para os vestibulares, chega também uma grande dúvida: o que estudar para o Vestibular?

Quem está fazendo vestibular pela primeira vez talvez nem saiba, mas existe um conteúdo indicado por cada instituição sobre quais matérias podem ser cobradas em seu processo seletivo. É o chamado conteúdo programático.

Para ser bem prático, separamos um exemplo com o Vestibular Fuvest 2019. Sugerimos que acesse aqui o Manual do Candidato e vá até a página 43. A partir dessa página você poderá ver o que é esperado pela organização.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Destacamos abaixo um trecho sobre o conteúdo indicado para a prova de Biologia:

O que estudar para o Vestibular?

Vestibular Fuvest 2019 – Conteúdo Programático

Biologia

O candidato deve ter conhecimentos fundamentais em Biologia que possibilitem compreender a vida como manifestação de sistemas organizados e integrados, em constante interação com o ambiente físico-químico; deve reconhecer que tais sistemas se perpetuam por meio da reprodução e se modificam no tempo em função de fatores evolutivos, originando a diversidade de organismos e as intrincadas relações de dependência entre eles. Espera-se que o candidato conheça os fundamentos básicos da investigação científica, reconheça a ciência como uma atividade humana em constante transformação, fruto da conjunção de fatores sociais, políticos, econômicos, culturais, religiosos e tecnológicos, compreenda e interprete impactos do desenvolvimento científico e tecnológico na sociedade e no ambiente.

O exame de Biologia avaliará a formação do candidato considerando o acima exposto e os conhecimentos específicos contidos no programa a seguir, sem valorizar a extensa memorização da terminologia biológica, nem detalhes dos processos bioquímicos.

Programa

I. BIOLOGIA CELULAR

I.1. Estrutura e fisiologia da célula
O candidato deve:

(a) reconhecer a célula como
unidade da vida, como um sistema
organizado em que ocorrem as
reações químicas vitais, catalisadas
por enzimas;

(b) reconhecer que esse sistema
está em constante interação com
o ambiente, realizando trocas controladas pela membrana celular,
transformando materiais e incorporando-os como seus principais
constituintes (proteínas, glicídios,
lipídios, ácidos nucleicos, vitaminas
e água);

(c) distinguir os dois tipos fundamentais de célula (procariótica e
eucariótica), reconhecendo a existência de organelas celulares com
funções específicas;

(d) reconhecer a existência de processos de manutenção/reprodução
da célula, compreendendo como o
material genético controla o funcionamento celular;

(e) reconhecer a mitose como um
processo fundamental para a correta distribuição do material genético
para as células-filhas e a importância
do citoesqueleto e da organização
cromossômica nesse processo.

Tópicos
-Estrutura e função das principais
substâncias orgânicas e inorgânicas
que compõem as células vivas:
proteínas, glicídios, lipídios, ácidos
nucleicos, vitaminas, água e
nutrientes minerais essenciais.
-Organização básica de células
procarióticas e eucarióticas.
-Fisiologia celular: transporte
através da membrana plasmática e
endocitose; funções das organelas
celulares; citoesqueleto e movimento
celular; núcleo e seu papel no
controle das atividades celulares.
-Ciclo de vida das células: interfase
e mitose.
– A h i p ó t e s e d a o r i g e m
endossimbiótica de mitocôndrias
e plastos.

Como estudar?

Agora que você já sabe onde buscar os conteúdos que poderão ser cobrados nas provas, o próximo passo é montar um plano de estudo, para que todo o conteúdo seja estudado até o dia da prova.

Outra dia é resolver questões de provas de anos anteriores e até resolver simulados online, como os que temos no sejabixo!.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Enem 2024 encerra inscrições nesta sexta-feira (14)

O prazo já havia sido flexibilizado para os candidatos do Rio Grande do Sul, em razão do desastre climático que atinge o estado, mas foi agora ampliado para todo o Brasil.

Publicado

em

por

Enem 2024

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até o dia 14 de junho. O prazo já havia sido flexibilizado para os candidatos do Rio Grande do Sul, em razão do desastre climático que atinge o estado, mas foi agora ampliado para todo o Brasil. Para se inscrever, os estudantes devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro na conta gov.br.

“Estudantes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever pela Página do Participante”, escreveu Santana. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

A taxa de inscrição, no valor de R$ 85, poderá ser paga até o dia 19 de junho pelos estudantes não isentos. O pagamento pode ser feito por pix, cartão de crédito, débito, em conta corrente ou poupança e por boleto, emitido na Página do Participante, onde também consta o QR Code.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Os moradores do Rio Grande do Sul têm isenção desse valor. Os concluintes do ensino médio em escola pública também não pagam taxa de inscrição.

O Ministério da Educação divulgou balanço segundo o qual cerca de 100% dos concluintes do ensino médio da rede pública estão inscritos no Enem em estados como como Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

No Rio Grande do Sul, embora a rede de ensino ainda esteja em recuperação das enchentes, mais de 70% dos formandos da rede pública estão inscritos, segundo o MEC. A pasta não divulgou o número parcial de inscritos.

Enem

Criado em 1998, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica e também é a principal porta de entrada para a educação superior no país.

Os resultados da avaliação podem ser usados para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ao Programa Universidade para Todos (ProUni) e também são aceitos em instituições privadas e de outros países de língua portuguesa que tenham acordo com o Brasil.

Os estudantes que não concluíram o ensino médio também podem participar na condição de treineiros, para autoavaliação nos anos anteriores ao término da educação básica.

Fonte: Agência Brasil

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Veja como pedir isenção da taxa de inscrição do 2º Exame de Qualificação do Vestibular Estadual da Uerj

O pedidos devem ser feitos até o dia 17 de junho.

Publicado

em

por

Vestibular Estadual Uerj 2022 tem data definida

Começa hoje. 13, o período para os candidatos realizarem os pedidos de isenção da taxa de inscrição do 2º Exame de Qualificação do Vestibular Estadual da Uerj.

Para solicitar isenção da taxa de inscrição, o candidato deverá:⁣⠀

a) atender à condição de carência socioeconômica definida como renda bruta média mensal familiar menor ou igual a 1 (um) salário mínimo nacional;⠀

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

b) ter concluído ou estar cursando o último ano do ensino médio.⠀

Os documentos comprobatórios, juntamente com o requerimento de isenção preenchido, deverão ser postados em envelope lacrado, em qualquer agência dos Correios, na modalidade carta registrada, e encaminhados ao Departamento de Seleção Acadêmica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – DSEA/UERJ, Caixa Postal 23780, rua Souza Valente, nº 15, São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20941-040, de 13 a 18/06/2024.

2º EXAME DE QUALIFICAÇÃO – Datas importantes:

  • Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 13 a 17/06/2024
  • Procedimentos de inscrição: 15/07 a 05/08/2024
  • Palestra do livro: 27/08/2024
  • Data da prova: 08/09/2024

Livro indicado para o 2º Exame de Qualificação (prova de Linguagens): Quincas Borba, de Machado de Assis.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Faça Relações Internacionais na Mauá e prepare-se para encarar os desafios globais!

Graduados em Relações Internacionais adquirem habilidades críticas em diplomacia, negociação, análise de políticas e resolução de conflitos, essenciais para enfrentar os desafios globais.

Publicado

em

por

Para quem está pensando em seguir carreira na área de Relações Internacionais, mas ainda tem algumas dúvidas sobre o que esperar, o Instituto Mauá de Tecnologia convida para uma sessão especial de bate-papo online com seus professores. Esta é uma oportunidade única para conhecer mais sobre os cursos, entender melhor o mercado de trabalho e esclarecer todas as suas dúvidas diretamente com quem entende do assunto!

Data: 19/06
Horário: 17h às 18H

As inscrições são gratuitas, basta acessar o site. As vagas são limitadas, então não deixe para última hora!

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

A graduação em Relações Internacionais é de extrema importância no mundo contemporâneo, onde as interações entre países e culturas são constantes e complexas. Esse curso proporciona aos estudantes uma compreensão abrangente das dinâmicas políticas, econômicas e sociais globais, capacitando-os a analisar e influenciar questões internacionais.

As oportunidades no mercado para esses profissionais são vastas e diversificadas. Eles podem atuar em organizações internacionais como a ONU e a OMC, contribuindo para a elaboração e implementação de políticas globais. No setor governamental, há demandas em embaixadas, consulados e ministérios das Relações Exteriores, onde desempenham papéis cruciais na diplomacia e no comércio exterior. Além disso, ONGs e instituições voltadas para direitos humanos, desenvolvimento sustentável e ajuda humanitária buscam especialistas em RI para gerir projetos e iniciativas internacionais.

O setor privado também oferece inúmeras oportunidades, especialmente em empresas multinacionais e consultorias que necessitam de profissionais capazes de navegar em mercados globais, realizar análises de risco político e desenvolver estratégias de internacionalização. Assim, a graduação em RI não só abre portas para uma carreira diversificada e estimulante, mas também capacita os profissionais a contribuírem significativamente para um mundo mais justo, pacífico e cooperativo.

O curso de Relações Internacionais do IMT foi desenvolvido para formar profissionais que não apenas compreendem a complexidade do cenário internacional contemporâneo, mas também estão preparados para assumir papéis de liderança como gestores estratégicos nas organizações que operam além das fronteiras nacionais. Essa formação é enriquecida pela sólida base de conhecimento já adquirido com a graduação em Administração.

Nosso curso vai além de questões teóricas; também se concentra em desenvolver habilidades práticas essenciais para a gestão eficaz. Você aprenderá a avaliar e antecipar tendências em nível internacional, identificar oportunidades de negócios em diferentes contextos culturais, negociar com sucesso em ambientes multiculturais e tomar decisões estratégicas que beneficiem a organização.

Seja Mauá: transforme-se no profissional que fará a diferença em um mundo cada vez mais interligado e complexo. Seu futuro como gestor de RI começa aqui!
maua.br/vestibular

Continue lendo