Simulado Online de Português – Vestibular Fuvest 2000 – 22 

As perguntas a seguir são de múltipla escolha e foram retiradas do vestibular Fuvest 2000.

1- (Fuvest/2000) – Sinha Vitória falou assim, mas Fabiano resmungou, franziu a testa, achando a frase extravagante. Aves matarem bois e cabras, que lembrança! Olhou a mulher, desconfiado, julgou que ela estivesse tresvariando. (Graciliano Ramos, Vidas secas)

Uma das características do estilo e Vidas secas é o uso do discurso indireto livre, que ocorre no trecho

  1. “Sinha Vitória falou assim”.
  2. “Fabiano resmungou”.
  3. “franziu a testa”.
  4. “que lembrança”.
  5. “olhou a mulher”.

2- (Fuvest/2000) – A explosão dos computadores pessoais, as “infovias”,as grandes redes – a Internet e World Wide Web -atropelaram o mundo. Tornaram as leis antiquadas, reformularam a economia, reordenaram prioridades, redefiniram os locais de trabalho, desafiaram constituições, mudaram o conceito de realidade e obrigaram as pessoas a ficar sentadas, durante longos períodos de tempo, diante de telas de computadores, enquanto o CD-Rom trabalha. Não há dúvida de que vivemos a revolução da informação e, diz o professor do MIT, Nicholas Negroponte, revoluções não são sutis. (Jornal do Brasil, 13/02/96)

No texto, a expressão que sintetiza os efeitos da revolução operada pela informática é

  1. “atropelaram o mundo”.
  2. “tornaram as leis antiquadas”.
  3. “reformularam a economia”.
  4. “redefiniram os locais de trabalho”.
  5. “desafiaram constituições”.

3- (Fuvest/2000) – Você pode dar um rolê de bike, lapidar o estilo a bordo de um skate, curtir o sol tropical, levar sua gata para surfar.

Considerando-se a variedade lingüística que se pretendeu reproduzir nesta frase, é correto afirmar que a expressão proveniente de variedade diversa é

  1. “dar um rolê de bike”.
  2. “lapidar o estilo”.
  3. “a bordo de um skate”.
  4. “curtir o sol tropical”.
  5. “levar sua gata para surfar”.

4- (Fuvest/2000) – Na planície avermelhada, os juazeiros alargavam duas manchas verdes. Os infelizes tinham caminhado o dia inteiro, estavam cansados e famintos. Ordinariamente andavam pouco, mas como haviam repousado bastante na areia do rio seco, a viagem progredira bem três léguas. Fazia horas que procuravam uma sombra. A folhagem dos juazeiros apareceu longe, através dos galhos pelados da caatinga rala. (Graciliano Ramos, Vidas secas)

Reestruturando-se o terceiro período do texto, mantém-se o sentido original apenas em:

  1. A viagem progredira bem três léguas, uma vez que haviam repousado bastante na areia do rio seco, dado que ordinariamente andavam pouco.
  2. Haviam repousado bastante na areia do rio seco; a viagem progredira bem três léguas porque ordinariamente andavam pouco.
  3. Porque haviam repousado bastante na areia do rio seco, ordinariamente andavam pouco, e a viagem progredira bem três léguas.
  4. Ainda que ordinariamente andassem pouco, a viagem progredira bem três léguas, pois haviam repousado bastante na areia do rio seco.
  5. Em virtude de andarem ordinariamente pouco e de haverem repousado bastante na areia do rio seco, a viagem progredira bem três léguas.

5- (Fuvest/2000) – As duas manas Lousadas! Secas, escuras e gárrulas como cigarras, desde longos anos, em Oliveira, eram elas as esquadrinhadoras de todas as vidas, as espalhadoras de todas as maledicências, as tecedeiras de todas as intrigas. E na desditosa cidade, não existia nódoa, pecha, bule rachado, coração dorido, algibeira arrasada, janela entreaberta, poeira a um canto, vulto a uma esquina, bolo encomendado nas Matildes, que seus olhinhos furantes de azeviche sujo não descortinassem e que sua solta língua, entre os dentes ralos, não comentasse com malícia estridente. (Eça de Queirós, A ilustre Casa de Ramires)

No texto, o emprego de artigos definidos e a omissão de artigos indefinidos têm como efeito, respectivamente,

  1. atribuir às personagens traços negativos de caráter; apontar Oliveira como cidade onde tudo acontece.
  2. acentuar a exclusividade docomportamento típico das personagens; marcar a generalidade das situações que são objeto de seus comentários.
  3. definir a conduta das duas irmãs como criticável; colocá-las como responsáveis pela maioria dos acontecimentos na cidade.
  4. particularizar a maneira de ser das manas Lousadas; situá-las numa cidade onde são famosas pela maledicência.
  5. associar as ações das duas irmãs; enfatizar seu livre acesso a qualquer ambiente na cidade.