Siga-nos!

Destaque

Seis pontos da guerra entre a Rússia e Ucrânia que podem ser temas de vestibulares e ENEM

Ataque russo acende alerta para vestibulandos se atualizarem sobre o contexto histórico e geográfico do conflito

Publicado

em

Seis pontos da guerra entre a Rússia e Ucrânia que podem ser temas de vestibulares e ENEM

Desde o dia 24 de fevereiro o mundo tem acompanhado os ataques militares da Rússia à Ucrânia, uma guerra que ameaça a economia e, sobretudo, alerta para uma possível Terceira Guerra Mundial. O fato é que os conflitos territoriais e ideológicos antes vistos nos livros e disciplinas de história e geografia passaram a ser uma realidade do presente. Portanto, para quem está de olho nos vestibulares e no próximo ENEM, esse já é o momento de entender o contexto histórico e geográfico do que vem assolando o território ucraniano como forma de se preparar para as atualidades que podem ser cobradas nas provas.

“Isso porque, se o conflito em si não for o ponto central das perguntas atribuídas à Ciências Humanas, possivelmente será exigido o conhecimento histórico da guerra”, ressalta Stefanie Pereira, professora de geografia do Colégio Augusto Laranja, Zona Sul de São Paulo. Ela ainda destacou seis questões ligadas ao contexto dos acontecimentos que precisam ser conhecidas pelos vestibulandos. Confira abaixo:

Saiba quem é a Otan e como ela tem se comportado nos últimos anos

De acordo com Stefanie, há uma série de questões a se considerar tanto em relação aos ataques, quanto sobre a crescente presença da Otan nos países do leste europeu.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

A Otan (Aliança militar do Atlântico Norte) foi formada por Estados Unidos e alguns países da Europa Ocidental no contexto da Guerra Fria. A intenção era a mútua proteção dos países em questão frente a uma possível ofensiva da União Soviética. Ocorre que, mesmo com o fim da Guerra Fria, a aliança continuou crescendo – deixando clara a intenção dos Estados Unidos e dos demais membros em continuar mantendo um escudo contra a potência nuclear russa. Esse é um dos principais argumentos de Vladmir Putin para avançar militarmente sobre a Ucrânia: a ameaça da proximidade do poderio militar do ocidente sobre seu território.

“É importante que o estudante entenda o contexto que gerou a formação dessa aliança e os rumos que ela tomou desde o fim da Guerra Fria”, pontua.

A Guerra Fria e a crise dos mísseis

Outro destaque interessante é a própria Guerra Fria e, em especial, o episódio da crise dos mísseis.

Até hoje os Estados Unidos e a Rússia (herdeira da União Soviética) são as maiores potências nucleares do mundo, fato que explica a permanente tensão entre ambos. A chamada ‘corrida armamentista’ teve seu ápice em 1962 com a manobra soviética de destinar mísseis nucleares à Cuba, voltados para seu inimigo Estados Unidos. Alguns especialistas, inclusive, usam esse episódio para tentar aproximar a decisão russa de invadir a Ucrânia com as ameaças dos Estados Unidos contra Cuba e a União Soviética em 1962.

O fornecimento de gás e petróleo russo para a Europa

A mútua dependência entre a Rússia e países da Europa Ocidental é uma das mais importantes marcas desse conflito.

Sendo assim, para a professora, o estudante deve aprofundar seus conhecimentos sobre a dependência econômica da Rússia frente ao fornecimento desses produtos para a Europa, assim como da dependência da Europa quanto ao gás e o petróleo fornecidos pelo agora rival.

“Uma curiosidade para despertar é sobre a recente aproximação entre Rússia e Alemanha por conta da construção do gasoduto Nord Stream 2 e o incômodo estadunidense frente a essa aproximação”, ressalta.

O funcionamento e os limites das instâncias da ONU

Outro ponto importante de destaque para o vestibulando é a análise do funcionamento da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), bem como do seu Conselho de Segurança. O poder de veto russo frente a decisões mais enfáticas por parte do órgão tem chamado a atenção e se liga à origem e à formação das Nações Unidas.

Movimentos nacionalistas ucranianos

Desde o recente tensionamento das relações entre Rússia e Ucrânia, o episódio das manifestações populares na Ucrânia entre 2013 e 2014 tem voltado às discussões, uma vez que as motivações para os levantes de anos se assemelham às condições do momento. Considerando-se que em 2014 foi deposto um presidente pró-Rússia e as manifestações na capital Kiev revelaram o desejo popular pelo ingresso na União Europeia, temos ainda os mesmos personagens.

Diante disso, o estudante deve ter clareza sobre os resultados das movimentações em 2014, em especial da tomada russa da península da Criméia sob alegação de que a sua população é majoritariamente russa. Há ainda uma questão polêmica, que diz respeito à história da luta ucraniana pela independência da União Soviética. Durante a Segunda Guerra mundial parte do movimento nacionalista ucraniano apoiou as tropas nazistas com a esperança de conquistar a independência com relação a União Soviética. Putin acusa os movimentos populares anti-Rússia de nazismo como referência a esse episódio.

Na visão da professora, “é interessante que o estudante observe que ambos os lados se acusam de nazismo e que compreenda a raiz histórica dessa alegação.”

Características geográficas ucranianas

Por fim, as questões de geografia podem destacar uma característica importante da Ucrânia: seu solo. Stefanie ressalta que o solo da Ucrânia é muito rico em matéria orgânica, o que permite ampla exploração agrícola, importante para russos e europeus. Então, o que também não pode ficar de fora da jornada do conhecimento é o tchernozion (chernossolo), que demanda saber mais sobre as diferenças e tipos de solo.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Destaque

Vestibular PUC-SP Inverno 2024: inscrições abertas

São duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Publicado

em

por

Estão abertas, até 4/6, as inscrições para o Vestibular PUC-SP Inverno 2024. Serão duas modalidades de acesso: prova presencial e nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Vestibular PUC-SP Inverno 2024

A prova será no dia 16/6, e a primeira chamada ocorre em 2/7, às 18h.

A taxa de Inscrição:

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

• Prova Presencial – R$ 100,00 (cem reais)
• Enem – R$ 80,00 (oitenta reais)

Clique aqui para saber mais.

Continue lendo

Destaque

Vestibular Unesp Meio de Ano – Confira os locais de aplicação e horários

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) realizará em 26 de maio, domingo, a prova da primeira fase do Vestibular Meio de Ano 2024

Publicado

em

por

Lista de Aprovados - Vestibular Unesp 2023

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) realizará em 26 de maio, domingo, a prova da primeira fase do Vestibular Meio de Ano 2024, com 1.675 candidatos para 160 vagas nos cursos das engenharias agronômica (10 candidatos por vaga), civil (6,7), elétrica (5,5) e mecânica (6,8) de Ilha Solteira.

Vestibular Unesp Meio de Ano

Os candidatos podem consultar o local de prova no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), responsável pela seleção.

O exame será realizado em São Paulo (655 candidatos), Bauru (302), Ilha Solteira (318), São José do Rio Preto (322) e São José dos Campos (78). Todos os candidatos responderão a 90 questões de múltipla escolha das áreas de Linguagens e suas Tecnologias (elementos de Língua Portuguesa e Literatura, Língua Inglesa, Educação Física e Arte), Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (História, Geografia, Filosofia e Sociologia) Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Física e Química) e Matemática e suas Tecnologias. A prova poderá conter questões interdisciplinares.

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Os portões dos prédios de prova serão fechados às 14 horas. Os candidatos devem se apresentar a partir das 13 horas, portando o original de um dos seguintes documentos: RG, Carteira de Habilitação, Certificado Militar, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiros, Identidade expedida pelas Forças Armadas ou carteira de órgão ou conselho de classe.

Os materiais de prova a serem levados pelos candidatos são caneta esferográfica com tinta preta e régua transparente. O exame terá duração de cinco horas, com permissão para alimentação e hidratação durante sua realização.

O calendário do Vestibular Unesp Meio de Ano 2024 prevê publicação do resultado da primeira fase em 14 de junho, aplicação da segunda fase em 23 e 24 de junho e divulgação do resultado final em 12 de julho. O calendário completo está disponível no Manual do Candidato, acessível nos sites da Unesp (vestibular.unesp.br) e da Vunesp.

O Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública (SRVEBP) destina 50% das vagas de cada curso de graduação da Unesp para alunos que tenham feito todo o ensino médio em escola pública, sendo que 35% das vagas desse sistema são destinadas aos candidatos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas. Este sistema tem garantido maioria de ingressantes vindos de escolas públicas desde o Vestibular Unesp 2017.

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo

Destaque

Qual o jeito mais fácil de passar no vestibular?

Quem está buscando uma vaga na faculdade e pensa em encontrar uma fórmula mágica. Confira nossas dicas!

Publicado

em

por

Dicas para uma boa redação no Enem 2020 - Prova 17/01/2021

Quem está buscando uma vaga na faculdade e pensa em encontrar uma fórmula mágica pode desistir desde já. Infelizmente não há jeitinho para isso, mas existem estratégias e caminhos que podem ajudar.

Qual o jeito mais fácil de passar no vestibular?

1. Vestibular de Inverno

Veja se o existe a oferta de vagas do curso do seu interesse para ingresso no 2º semestre. Os vestibulares de inverno tendem a ter uma concorrência menor.

2. Verifique as formas de ingresso. 

Existem processos seletivos sem a realização de prova e que consideram o aproveitamento da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e/ou histórico escolar.

3. Processo Seletivo Seriado

Treine com simulados Online. Clique aqui e resolva agora!

Neste formato você vai realizando avaliações ao longo do ensino médio e desta forma tira a pressão por conseguir o resultado em um único exame.

Escolher a estratégia que combina mais com seu perfil pode aumentar significativamente suas chances de sucesso no vestibular. Boa escolha e boa sorte!

DICAS NO SEU EMAIL

Receba gratuitamente as últimas notícias dos vestibulares e dicas para o Enem no seu email! Clique aqui e cadastre-se!

RECOMENDAMOS

Continue lendo